Imagem de fundo do header
Pinnacle adota software próprio para edição de vídeo
Home  >  Review
REVIEW

Pinnacle adota software próprio para edição de vídeo

Apesar de continuar trabalhando com soluções que incluem ferramentas de terceiros, a Pinnacle uniu esforços e coloca no mercado um produto para usuários avançados que leva a sua marca.

Kelli Gonçalves

Foto:

Características
Resumo:

  • Requisitos de sistema: Processador de 600 MHz simples ou dual, 128 MB de RAM, Windows 2000 ou XP, placa de vídeo e monitor SVGA com resolução de 1.024 por 768 pontos e cores de 32 bits, unidade de disco rígido classe AV, taxa de transferência de dados mínima de 4 MB/s.
  • Preço:

  • R$ 2,7 mil
  • A Pinnacle Systems causou certa surpresa no mercado ao anunciar o Edition DV, solução para vídeo digital. O espanto foi gerado porque até então a empresa comercializava com suas soluções de hardware ferramentas de terceiros, principalmente da Adobe (Premiere) e passou a oferecer um software próprio.

    "O Edition DV é um marco para nós, porque representa nossa primeira solução própria e, com certeza, uma alternativa para o usuário que quer ir além do que tinha disponível no mercado", comenta Jaime Paez, diretor executivo da Pinnacle para América Latina.

    A solução Edition DV é formada por uma placa de vídeo Firewire e um software para edição de vídeo desenvolvido pela recém-adquirida empresa alemã Fast Multimedia, além de ferramentas da própria Pinnacle. O produto - por enquanto não disponível em português - é indicado para uma parcela intermediária do mercado, entre a faixa dos usuários domésticos, que necessitam de poucos recursos e estão satisfeitos com as opções do mercado - algumas delas oferecidas pelo própria Pinnacle - e a dos profissionais que trabalham em emissoras de TV ou grandes produtoras de filme. Falamos de videomakers, agências, pequenas produtoras, profissionais liberais, empresas que queiram organizar treinamentos, entre outros segmentos de usuários.


    A interface do software, que traz botões semelhantes aos editores de vídeo tradicionais, mantém um tom cinza escuro para destacar o vídeo.


    Características
    Ao abrir o programa do Edition DV, o usuário percebe várias semelhanças em relação às ferramentas tradicionais de edição de vídeo. A interface é baseada em botões e permite a personalização dos atalhos, que podem também incluir o teclado. O usuário pode estabelecer, por exemplo, que a barra de espaço corresponda ao botão Play ou à tecla F5. O tom cinza escuro de menus, painéis e telas faz com que o vídeo, o elemento principal de todo o processo de edição, fique em evidência.

    O Edition DV oferece número ilimitado de trilhas de áudio e vídeo e aceita trabalhar com múltiplas linhas do tempo, possibilitando que o usuário tenha várias montagens de vídeo em um único projeto. O sistema permite ainda que se escolha entre diversas formas de interface do software para editar, sendo possível até mesmo escolher para cada área do software uma configuração diferente do teclado para botões de controle.

    Segurança e agilidade
    Dois recursos importantes do Edition DV agem em pontos delicados de quem trabalha com edição de vídeo. Um deles é a questão da segurança. Já imaginou horas de trabalho indo para o espaço porque o usuário não se lembrou de gravar as últimas alterações, a máquina travou ou acabou a energia elétrica de repente? Nesse caso, a tecnologia Instant Save contida no sistema pode evitar situações estressantes e retrabalho, gravando constantemente cada alteração realizada no projeto durante a edição. "Ao sair do software e desligar o computador, o usuário não precisa se preocupar em salvar o trabalho, o programa faz isso de forma automática", explica Emerson Jordão, gerente de tecnologia da Pinnacle Systems no Brasil.

    A agilidade do Edition DV é garantida pelo recurso Background Processing, que permite ao usuário continuar trabalhando no projeto enquanto o software, nos bastidores, faz o rendering dos efeitos ou qualquer outro tipo de processamento. "O usuário não precisa parar de editar ou produzir enquanto Edition DV trabalha, tudo é feito simultaneamente e em tempo real", afirma Jordão.

    Outro recurso que agiliza a tarefa dos usuários do Edition DV é o que permite fazer a gravação para DVDs e SVCDs (Super Video CD, padrão que possui mais qualidade que o Vídeo CD e pode ser lido por muitos DVDs Players do mercado) de maneira simplificada diretamente da linha do tempo.

    Detalhes técnicos
    Além de conseguir usar simultaneamente a potência total dos dois processadores, o software apresenta correção de cores no padrão RGB, exporta arquivos no formato MPEG-2 e importa arquivos nos formatos AVI, WAV e MP3, entre outros.

    O Edition DV trabalha com um modo de processamento chamado Sub-Pixel Processing. Segundo Jordão é ele que, "por meio de um processo matemático, garante a qualidade do vídeo finalizado, mesmo que forem observados detalhes muitas vezes desprezados em outras ocasiões".

    A parte de animação também tem destaque no sistema. Os ajustes podem ser realizados passo a passo, com maior ou menor velocidade. O recurso Dynamic Slow-Motion oferece várias opções de câmera lenta, como a Progressiva, em que o vídeo vai variando sua velocidade quadro a quadro. O usuário do Edition DV também conta com recursos de áudio oferecido por meio do Voice-Over, que permite a sobreposição de gravação de voz diretamente na edição, além do ajuste do nível de áudio durante a captura e do ajuste global do áudio.

    Pinnacle Systems : (11)3154-0330 - http://www.pinnaclesysla.com

    Tags

    Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
    Vai um cookie?

    A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

    Este anúncio desaparecerá em:

    Ir para o site