Imagem de fundo do header
Muito além do escritório
Home  >  Review
REVIEW

Muito além do escritório

Outlook remodelado e uso do XML são as principais melhorias do novo Office 2003, previsto para sair até o final do ano. Avaliamos uma versão beta do produto.

PC World

Foto:

Previsto para chegar ao mercado em meados deste ano, o Office 2003 (o nome oficial do pacote para escritório da Microsoft, cujo codinome era Office 11), trará algumas mudanças que poderão ser bastante úteis tanto para os usuários domésticos quanto para as empresas. Apesar disso, a versão em beta teste que o PC World Test Center pegou para rodar permite de antemão dar um parecer suscinto: exceto pela grande modificação no Outlook, a atualização se parece muito, à primeira vista, com o atual pacote do software. Mesmo assim, numa avaliação mais a fundo, é possível verificar que o novo suíte – que requer o Windows XP ou o 2000 para rodar –, apresenta uma série de recursos valiosos que devem ser considerados por todos os usuários da versão atual.

A maior inovação do Office 2003 fica por conta da compatibilidade à linguagem XML (Extensible Markup Language), um padrão aberto para dados e formatação. No início, isso irá beneficiar usuários que atualmente precisam transferir informações de aplicações pesadas não-Office, como bancos de dados Oracle e SAP, para seus documentos Office manualmente e vice-versa. Com a nova versão será possível, por exemplo, vincular campos de uma planilha do Excel com qualquer banco de dados que utilize a interface XML, que cada vez mais vem se tornando bastante comum.


OPÇÃO VERTICAL: Por definição, o novo Outlook abre em três colunas e permite atribuir marcadores coloridos às mensagens para posterior identificação


Daqui a alguns anos, até mesmo os usuários não corporativos acharão o suporte a XML útil, pois qualquer tipo de empresa irá gerar formulários on-line baseados nessa linguagem, segundo o analista da Forrester Research, Frank Gillett. Esses formulários serão alternativas bem mais práticas do que os cansativas formulários Web. O usuário poderá também fazer download de uma aplicação de cartão de crédito em Word ou Excel compatível com XML, preenchê-lo e enviá-lo clicando em um botão incluído no formulário, ou usar um navegador (parecido com os que o usuário hoje faz upload de fotos para álbuns on-line). Como o arquivo fica no ar, ele poderá posteriormente corrigir algo no respectivo banco de dados, um endereço ou telefone, quem sabe, simplesmente fazendo a alteração e enviando novamente o documento. Tente fazer isso hoje na Web.

Os usuários do Office 2003 notarão rapidamente o Outlook remodelado. A janelas da caixa de entrada e de visualização, em vez de ficarem dispostas horizontalmente, já vêm dispostas lado a lado, o que aumenta a área de visualização, embora mas esprema um pouco as linhas de assunto e outros dados da caixa de entrada.

É possível atribuir marcadores coloridos para marcar mensagens para posterior encaminhamento (esse recurso, entretanto, infelizmente não funciona quando você utiliza o Outlook para ler o MSN ou Hotmail da própria Microsoft). O usuário pode salvar parâmetros de busca para uma pasta para que a pesquisa seja feita em todas as mensagens recebidas e para que os resultados atualizados estejam sempre disponíveis naquela pasta.

O novo Outlook também possibilita visualização rápida das mensagens recebidas, mesmo que a aplicação esteja minimizada, por intermédio de uma janela semitransparente que surge, identificando o remetente, a linha de assunto e parte do texto, e depois desaparece, como que por encanto.

A nova aparência azul, bege e mostarda do pacote parece inspirada no Mac OS X. A maior integração com o SharePoint Team Services (o serviço de colaboração on-line da Microsoft) facilita o trabalho de várias pessoas simultaneamente em um único documento, sem o perigo de sobrescrever inadvertidamente alguma revisão feita.

A Microsoft ainda não divulgou o preço do Office 2003, mas as pessoas que utilizam o programa basicamente para redigir correspondências e trabalhar com planilhas não irão achar a nova versão tão atraente. A única coisa muito provável é que a tecnologia que está por trás poderá significar um grande investimento para qualquer usuário.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site