Imagem de fundo do header
Notebook versão econômica
Home  >  Review
REVIEW

Notebook versão econômica

Vai comprar seu primeiro notebook? Testamos quatro modelos cotados entre 3 mil e 5 mil reais, para quem quer gastar o mínimo possível

Renato Rodrigues, com Mário Nagano

Foto:

Notebook Lynx V.1Principal
empecilho para muitos que pensam em comprar um notebook, o preço não é
mais uma barreira intransponível. Com até 3 mil reais já é possível
levar para casa um computador móvel. Esse tipo de equipamento,
geralmente o primeiro laptop de um consumidor muito sensível a preço,
busca o equilíbrio entre custo e recursos, com desempenho razoável – o
suficiente para dar conta das tarefas do dia-a-dia.

PC WORLD
avaliou quatro modelos cotados abaixo de 5 mil reais: Dell Latitude
110L, HP Pavillion ze2220, Lenovo ThinkPad R50e e o ez-GO Lynx V.1.
Pelo perfil dessa categoria, levamos mais em conta as características
técnicas e físicas – em relação ao custo – do que os números dos testes
de desempenho.

Apesar de não ser o modelo mais barato, o
equipamento Lynx V.1 (4,7 mil reais) se destaca por oferecer um ótimo
pacote de recursos, o que colaborou para a escolha do produto como Best
Buy da categoria. Para começar, traz o mais veloz processador entre as
máquinas avaliadas, o Pentium M de 1,8 GHz, enquanto o modelo da HP
utiliza o processador Pentium M de 1,7 GHz e as outras duas máquinas
vêm com Celeron M. Tela não é problema: 15 polegadas (a maior entre os
laptops deste comparativo). Ao lado do Pavillion, apresentou o disco
rígido de maior capacidade (60 GB, contra 30 GB do HD do modelo da Dell
e 40 GB do produto da Lenovo). Teclado em português, rede Wi-Fi de
fábrica, webcam e microfone embutidos e leitor de cartões de memória SD
e MS completam o conjunto.

Veja uma tabela comparativa dos modelos avaliados

Nos
testes de desempenho, o Lynx ficou em segundo, mas muito próximo do
ThinkPad, que teve o melhor resultado. O produto da Lenovo também foi o
melhor em matéria de bateria, superando o produto da ez-GO – 251
minutos, contra 161 minutos, trabalhando a todo vapor. No entanto, o
Lynx aceita bateria estendida. O R50e, não. O ThinkPad mostrou um
projeto simples e robusto. Entre seus recursos, inclui porta serial, um
padrão de comunicação jurássico ainda usado por equipamentos de
automação comercial e industrial, e a ThinkLight, uma pequena lâmpada
que ilumina o teclado em ambientes escuros. Em tempos de mobilidade, o
R50 peca por não trazer rede Wi-Fi integrada e também por não oferecer
o sistema touchpad, apenas o trackpoint (desenvolvido pela própria IBM).

Máquina
mais barata do teste, o Dell 110L não fez feio em matéria de
desempenho. Ele utiliza a plataforma Sonoma – o segundo degrau da
tecnologia Intel Centrino, enquanto que seus concorrentes usam a
geração anterior, chamada de Banias. Apesar disso, por 3.039 reais o
usuário leva para casa um modelo espartano. O acabamento em plástico
preto, sem qualquer requinte, lembra o de um carro 1.0 básico. O
processador Celeron M de 1,3 GHz é o mais lento, e o HD de 30 GB, o
menor da categoria. Também é a única máquina sem unidade combo
(gravador de CD/leitor de DVD).

Mais caro entre os modelos da
categoria baixo custo, o HP Pavillion ze2220 (4.999 reais) tem bom
espaço em disco, conexão sem fio e 512 MB de memória, mas apresentou
fraco desempenho em gráficos e ficou em penúltimo lugar no quesito
duração da bateria (148 minutos, contra 251 do Lenovo, o melhor neste
item).

Leia também
> Info center Notebooks
> Comparativo: notebooks compactos
> Galeria de fotos: equipe seu notebook

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site