Imagem de fundo do header
Pequeno, mas bem equipado
Home  >  Review
REVIEW

Pequeno, mas bem equipado

EzBook pesa menos de 1,5 quilo, tem leitor de DVD e tela LCD wide

Por Mário Nagano

Foto:

EzBook pesa menos de 1,5 quilo, tem leitor de DVD e tela LCD wide

note ezNão se engane com as dimensões reduzidas e o peso do EzBook. O equipamento compacto consegue reunir os principais recursos de notebook em um corpo que mede apenas 26,5 centímetros de largura por 20,4 de altura e 3,7 cm de profundidade, e pesa 1,47 quilo. Ótimo companheiro de viagem, faz praticamente tudo o que se espera de um PC de mesa em uma embalagem não muito maior que um caderno universitário. Entre seus recursos, destaque para a unidade de CD-RW/DVD Combo, recurso incomum em equipamentos desse porte. Ele também conta com tela LCD wide de 10,6 polegadas, com ótima resolução nativa de 1.280 por 768 pixels.

Enquanto concorrentes como o Latitude X1 e o D420, da Dell, ou os Think-Pad série X, da Lenovo, abrem mão de recursos básicos como leitor de CD/DVD, o EzBook traz a unidade Combo e até leitor de cartões de memória SD/MMC e Sony Memory Stick. Outras conexões disponíveis são duas portas USB, SVGA, rede Fast Ethernet, modem, porta FireWire, som e slots para cartões PCMCIA.

Nos testes realizados por PC WORLD, o EzBook atingiu 54 pontos no PC WorldBench 5, 89 pontos no Sysmark 2004 e 2.023 pontos no PCMark 2005. No Mobilemark 2002, o portátil foi capaz de trabalhar a todo vapor por 235 minutos (3horas e 55 minutos), tempo muito próximo às quatro horas anunciadas pelo fabricante. Os números mostram que o desempenho do Ez-Book não compromete o uso, mas também não salta aos olhos. A configuração, porém, não esconde o foco inequívoco do produto: mais mobilidade que produtividade.

Ao contrário de outros portáteis, o gabinete do EzBook não oferece fácil acesso ao disco rígido e aos pentes de memória. A única peça removível é sua bateria de íons de lítio de 11,1 V e 4,0 Ah. A tela wide de 10,6 polegadas traz uma resolução nativa impressionante para esse porte, mas, devido à alta  concentração de pontos numa área tão pequena, existe uma tendência natural de as imagens – ou mais exatamente dos caracteres do Windows – ficarem pequenas, a ponto de cansar a vista de alguns usuários. Uma solução é ampliar o tamanho-padrão dos caracteres do sistema operacional de 96 para 120 dpi.

Fechado, o EzBook lembra vagamente os portáteis da LG, com exterior na cor prata e tampa superior em azulmarinho. Aberto, o tom predominante é o branco, tanto no teclado quanto no touchpad.

Tabela EzBookA configuração analisada pelo PC World Test Center combina tecnologias da plataforma Centrino de primeira (Banias) e segunda (Sonoma) geração. A placa-mãe, por exemplo, utiliza chipset Intel 855 GME, usado na plataforma mais antiga, enquanto a placa Wi-Fi é uma Intel PRO 2200BG, introduzida na época da adoção da tecnologia Sonoma. O processador é um Pentium M 733 ULV de 1,1GHz, também usado na Sonoma. O sufixo ULV vem de Ultra Low Voltage e identifica os modelos Pentium-M de baixíssimo consumo de energia. O chip do EzBook gasta cerca de 5 watts de energia, contra os 21 Watts de um Pentium M 715 de 1,5 GHz. Completa o sistema um disco rígido Toshiba de 80 GB e 512 MB de memória RAM DDR (expansível até 2 GB).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site