Imagem de fundo do header
Photoshop CS3: mais espaço para se organizar
Home  >  Review
REVIEW

Photoshop CS3: mais espaço para se organizar

Novo software da Adobe economiza espaço na tela e cliques desnecessários

Por Alan Stafford, PC World (EUA)

Photoshop_CS_70x84.jpg
Foto:

Novo software da Adobe economiza espaço na tela e cliques desnecessários

Photoshop_CS_100x120Por trazer tantas ferramentas de edição de imagens, o grande desafio do usuário ao utilizar o Photoshop pode ser onde trabalhar cada uma delas.

A mais recente versão do software, o Photoshop CS3, vem com mais ferramentas e funções e facilita a vida do editor ao simplificar a organização das paletas.

Testamos a versão beta do software (os usuários do Photoshop CS2 podem fazer o download no site da Adobe). Compatível com o Windows Vista, o Photoshop CS3 irá integrar um pacote da desenvolvedora, esperado para este ano. Avulso, deverá custar por volta de 649 dólares.

A nova versão do editor traz uma importante melhoria em sua interface: botões redimensionáveis para as paletas com capacidades de interagir com outros aplicativos da Adobe.

Tanto usuários de um único monitor, quanto aqueles acostumados a trabalhar em display duplo, poderão se beneficiar da novidade.

É possível reduzir os botões a um tamanho minúsculo ou fragmentar a paleta e distribuí-la em partes pela tela, como já permitiam outras versões do Photoshop. O usuário pode arrumar os botões em uma ou duas colunas e escolher apenas as paletas que deseja.

No menor tamanho possível, os botões são mais estreitos que a paleta de ferramentas (que também pode ser redimensionada para caber em uma ou duas colunas).

Redesenhado, o ajuste do software torna o uso das paletas mais fácil. Para trocar de camadas, por exemplo, apenas clique sobre o ícone da paleta e ela abrirá. Clique na camada que você deseja acessar e, depois, clique de volta na imagem: a paleta se fecha automaticamente.

A ferramenta Quick Selection, do Photoshop CS3, simplifica também a escolha do pedaço da imagem em que se deseja trabalhar. Com ela, acabou a história de ter de segurar a tecla Shift pressionada para selecionar a área.

Agora, basta clicar a área de seleção e pronto – ideal para quem está com as mãos ocupadas e precisa fazer uma seleção mais sofisticada.

Consideramos que a ferramenta trabalha muito bem com imagens nítidas e contrastadas, funcionando de forma rápida e inteligente como a varinha mágica.

Entretanto, ao contrário da varinha, a Quick Selection poderia ter um ajuste de tolerância – sem isso, muitas vezes selecionou a imagem inteira.

Melhor impressão causou a ferramenta Refine Edge. Após selecionar um pedaço da imagem, você pode ajustar raio, contraste e suavidade usando a ferramenta. O Refine Edge é ótimo para ajustes em áreas como bordas e suavização de pixels estourados.

Já a função Auto-Align Layers permite que se combine múltiplas imagens e que se use outras ferramentas para escolher quais áreas das imagens serão trabalhadas.

Todo ano, o Photoshop ganha novas ferramentas e funções. A melhoria mais notável desta vez é o novo tratamento das paletas. As ferramentas funcionam melhor quando há mais espaço para trabalhar com elas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site