Imagem de fundo do header
Comparamos os principais mecanismos de busca
Home  >  Review
REVIEW

Comparamos os principais mecanismos de busca

Ao procurar algo na internet, muitos utilizam o Google. Saiba, porém, que existem outros bons motores de busca. Vale a pena conhecê-los

Por Jeff Bertolucci, por PC WORLD (EUA)

mecanismos_busca_70.jpg
Foto:

Ao procurar algo na internet, muitos utilizam o Google. Saiba, porém, que existem outros bons motores de busca. Vale a pena conhecê-los

mecanismos_busca150Poucas marcas têm o dom de se tornarem verbos. “Googlar”, na área de tecnologia, é uma delas.

Segundo estudo da Nielsen/NetRatins, em janeiro de 2007, mais da metade das buscas realizadas nos Estados Unidos se deram pelo Google. O segundo colocado na pesquisa, o Yahoo Search, ficou com menos da metade da participação do líder.

Isso nos leva a refletir: o Google realmente merece todo esse tráfico ou apenas vive de sua reputação? Será que as pessoas o utilizam porque desconhecem outras ferramentas de busca, potencialmente superiores?

Para tentar responder essa questão, confrontamos o Google com seus principais adversários – Yahoo Search e Microsoft Live Search –, e também contra alguns mecanismos menos utilizados, como AlltheWeb, Alta Vista e Ask.com, além de alguns serviços de busca especializados como o Blogdigger, Picsearch e o TubeSurf.

O resultado: o Google oferece, de fato, o melhor motor de buscas, embora outros dois buscadores se deram melhor no quesito “busca por texto”.

O índice do Google provou ser mais exato, abrangente e atualizado. Ele também se sobressai sobre os chamados serviços de busca especializados, incluindo a identificação de informações locais (nos Estados Unidos) a partir de dispositivos móveis.

Melhorias recentes introduzidas no Microsoft Live Search para buscas a partir de celulares e handhelds colocaram este serviço em destaque neste quesito, apesar de o usuário ter de navegar manualmente pelo site otimizado.

A batalha é dura e ao que tudo indica o Google terá dificuldades para manter sua supremacia. Os desafiantes estão implementando ferramentas inovadoras e fazendo melhorias em suas interfaces (nesse sentido, o Ask.com se destaca).

Tudo em nome de tornar a experiência do usuário mais fácil e entregar resultados mais relevantes em vez de apenas um amontoado de links.

Se você utiliza o Google e está feliz com ele, então não há motivo para trocar de ferramenta.

O buscador, de fato, ficou no topo da maior parte dos testes que realizamos. Embora outras ferramentas tenham se destacado em um ou outro quesito, o Google, na média, obteve resultados melhores.++++
mecanismos_busca150Busca de texto
Em nossos testes relacionados à busca de texto, a variação entre os quatro primeiros colocados foi mínima. Nosso método de avaliação consistia em estabelecer uma pontuação média com base em três etapas de teste.

Na primeira, fizemos dez pesquisas, demos um ponto se um link para a resposta alvo – ou a resposta em si – estivesse incluído na primeira página de resultados.

Na segunda e terceira etapas, demos três pontos quando a resposta alvo estava aparecia no primeiro resultado; dois pontos se o alvo estava na segunda ou terceira resposta; e um ponto se a resposta estava listada em alguma outra parte da primeira página de resultados.

Os dois primeiros colocados pertencem ao Yahoo. O AlltheWeb ficou em primeiro lugar com 24 pontos e por sua combinação de índice de busca e interface fácil. O AltaVista também se mostrou excelente para pesquisa e ficou em segundo, com 23 pontos.

O Google Search, o gigante das buscas, marcou 21 pontos e justificou sua popularidade. Em quarto aparece o Yahoo Search, também com 21 pontos e seus montes de propaganda.

Um pouco abaixo desses quatro primeiros colocados temos o Microsoft Live Search (com 16 pontos), um mecanismo sólido, mas que pode ser melhor integrado com outros serviços Live.

A seguir, com 14 pontos, está o Ask.com e que apresentou alguns resultados não tão precisos quanto os de seus concorrentes. Contudo, sua interface experimental Act X se mostra promissora.

Pesquisa
Nas categorias a seguir usamos a seguinte metodologia de avaliação: fizemos uma média final entre a pontuação obtida em três etapas.

Concedemos três pontos se o primeiro link nos resultados direcionava para a resposta ou site desejado (ou se a resposta em si aparecia no topo da página de resultados ou dentro do primeiro resultado).

Um link para o resultado correto em segundo ou terceiro tópico valia dois pontos, e um link correto em qualquer um dos outros dez primeiros resultados valia um ponto.

Se a resposta desejada não aparecia na primeira página, não havia pontuação obtida.++++
mecanismos_busca150Blogosfera
Na categoria de busca em e por blogs, em primeiro lugar ficou o Google Blog Search, que se mostrou muito bem atualizado e exibia o horário do último post de cada blog na página de resultados.

Em segundo veio o Sphere, bem projetado e com links para facilitar uma pesquisa mais especifica.

O Blogdigger ficou em terceiro, embora algumas vezes não tenha sido capaz de localizar posts do dia corrente.

A seguir vem o Bloglines (Ask), que apesar de oferecer novas ferramentas para blogs e feeds, e exibir uma pequena janela de busca no canto superior direito, pareceu mostrar uma falta de preocupação com o atributo. Em quinto temos o IceRocket, cuja página mostra títulos de blogs, artigos e horário dos posts.

Vídeos
Os serviços de busca que se especializaram em encontrar vídeos na internet ainda não são rivais para as indexações do Google.

Apesar de ser ter comprado o YouTube, o Google manteve seu serviço Google Vídeo, que obteve o primeiro lugar em nossa avaliação de buscas; seu mecanismo oferece miniaturas dos clipes na páginas de resultado e a URL fonte sem deixar a aparência confusa.

Em segundo lugar temos a surpresa, o AOL Video Search, com um mecanismo inteligente que mostra os resultados com possibilidade de acesso rápido às categorias mais procuradas.

O TubeSurf ficou em terceiro, apesar se suas ferramentas de busca serem um pouco mais avançadas e precisas, o mecanismo carece de imagens, miniaturas e uma janela de preview.

O gigante dos sites de vídeo, o YouTube, ficou com o quarto lugar; com o maior acervo de vídeos da internet, a página de resultados do YouTube ajuda na navegação.

O quinto colocado foi o Blinkx, que mesmo sendo um mecanismo sólido, ainda precisa acrescentar algumas coisas (como o tempo de duração dos vídeos na página de resultados).

O Yahoo Video fecha a lista com a sexta posição e a sensação de que o outro gigante das buscas poderia fazer melhor.++++
mecanismos_busca150Imagens
Para essa categoria, dentro do método de avaliação já explicado, concedemos um ponto quando a imagem desejada aparecia na primeira página, já que eram exibidos mais de 10 imagens na página de resultados por vez.

Em primeiro lugar, novamente, ficou o Google com o Google Image Search e sua atenção aos detalhes da imagem (abaixo de cada uma há a resolução, tamanho e o domínio onde ela se encontra).

O Ask Images vem em segundo e se mostra uma boa alternativa ao Google, com resultados precisos e uma página de resultados bem elaborada.

A seguir temos o não tão famoso Lycos Image Search, serviço que  usa indexação de imagem do Ask.com, se mostra tão preciso quanto, mas preferimos a aparência geral do Ask.

O Live Search Images da Microsoft surge em quarto lugar e tem como diferencial o atributo “Smart Scroll” que carrega automaticamente novas imagens na página de resultados (sem necessidade de ir para a ‘próxima’ página).

Em quinto temos um pequeno mecanismo que se provou capaz de competir com os gigantes, o Picsearch. A sexta posição foi para o quase desconhecido Ixquick Metasearch, que possui bom desempenho mas não tão bom quanto os primeiros colocados.

O AltaVista aparece em sétimo, com uma interface simples, mas o mecanismo poderia ser mais preciso. Para fechar a lista, temos o Yahoo, uma surpresa negativa para quem obteve boa colocação na busca de texto.

Notícias
Novamente, o Google se mostra imbatível. Na área de notícias ele apresenta uma página de resultados com a listagem das noticias e suas fontes, além de imagens e miniaturizações para os acontecimentos mais recentes.

O Yahoo vem logo em seguida, com um pouco menos de imagens relacionadas. Em terceiro temos o Live Search da Microsoft, que mostrou uma boa página de resultados, porém esparsa demais e sem nenhuma imagem ou miniaturização para ajudar.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site