Imagem de fundo do header
A semi-profissional Nikon D300 por dentro
Home  >  Review
REVIEW

A semi-profissional Nikon D300 por dentro

O modelo tem 12.3 megapixels, um display LCD brilhante VGA de três polegadas e várias semelhanças com a D3, a câmera digital profissional da marca

Por Melissa Perenson, da PC WORLD (EUA)

Foto:

O modelo tem 12.3 megapixels, um display LCD brilhante VGA de três polegadas e várias semelhanças com a D3, a câmera digital profissional da marca

Na semana passada, alardeou-se sobre o lançamento da Nikon D3, a nova câmera SLR profissional da fabricante japonesa. Porém, no mesmo dia, também foi lançada a semi-profissional, a D-300, que não deixa nada a desejar.

nikon_d300_400O modelo tem 12.3 megapixels, um display LCD brilhante VGA de três polegadas e algumas das características da D3, como processador interno, Expeed Image Processing System (que, segundo a Nikon, é parecido com o processador Digic III, da Canon). Outra semelhança é o sistema de foco automático de 51 pontos com a nova funcionalidade 3D Focus Tracking.

A câmera segue a tendência, iniciada pela Olympus, de ter uma SLR digital que permite a exibição do preview da imagem na tela LCD. Além disso, tem dois modos LiveView: um para capturar imagens no modo manual padrão e outro para usar com tripé.

Exatamente como a D3, a D300 também conta com um novo Sistema de Reconhecimento de Cena para facilitar o ajuste de foco, exposição e balanço de branco das fotos; inclui seu Sistema de Controle de Imagem para Ajustes; e o Active D-Lightingm, para providenciar correções em tempo real do primeiro e do segundo plano.

Ambas contam ainda com um recurso que pode ser considerado o mais notável para aqueles que odeiam a miserável poeira no sensor de imagem: um sistema de redução de poeira, composto por uma opção mecânica (um leve tremor que sacode o pó) e uma redução na eletricidade estática dos componentes de dentro da câmera.

Diferenças entre D300 e D3
Há, no entanto, algumas diferenças entre a D300 e a potente D3, de 12.1 megapixels. Os fãs de alta definição irão adorar a porta HDMI integrada ao equipamento e a D3 inaugura o sensdor “full frame” da Nikon, o qual é equivalente ao EOS 5D da Canon.

Dependendo do tamanho do sensor, uma digital SLR pode ter o que normalmente é referido como um crop factor (zoom de câmera full frame). O crop permite um efeito de aumento nas imagens quando usam lentes de 35 milímetros; a Nikon D300 tem um crop de 1.6 vezes, por exemplo.

Por contraste, a D3 marca a inauguração do novo sensor de imagens CMOS de formato FX, que mede 2,39 centímetros por 3,6 cm. A D3 tem cobertura de 100% de cobertura de frame e um zoom de sete vezes. Este formato de câmera suporta novas lentes específicas FX (lentes Dx também irão trabalhar nesse modelo).

Uma nova característica, muito bem elaborada, que certamente será apreciada pelos fotógrafos mais exigentes: a inclusão de dois slots para CompactFlash para uma variedade de cenários de captura de imagem, inclusive compartilhamento automático com o segundo cartão quando o primeiro estiver cheio e copiar imagens entre os dois cartões.

Curiosidade interessante: a D3 será lançada oito anos após a chegada da inovadora SLR profissional digital, a D1. Em 1999, uma época em que a fotografia digital estava em sua infância, a Nikon D1 custava 18 mil dólares.

Quando a D3 chegar no final deste ano, o preço deverá ser de 4995 dólares. A D300 também deve ser lançada em novembro, e o custo será de 1800 dólares. Segundo a T.Tanaka, distribuidora exclusiva dos equipamentos da Nikon no Brasil, o aparelho deve chegar aqui em janeiro de 2008.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site