Imagem de fundo do header
Premiere Pro CS3 aumenta seu alcance e é compatível com Vista e Mac
Home  >  Review
REVIEW

Premiere Pro CS3 aumenta seu alcance e é compatível com Vista e Mac

Editor de vídeo inclui aplicativo para criação de DVD de última geração

Por Redação da PC World (EUA)

premiera_pro_cs3_150.jpg
Foto:

premiera_pro_cs3_150A maior novidade no editor de vídeo Adobe Premiere Pro CS3 é que ele agora é compatível com Vista e, pela primeira vez em anos, com Mac. Contudo, essas atualizações aparentemente usaram todos os esforços da Adobe, já que identificamos alguns atributos que, ou estão faltando ou não estão completamente desenvolvidos.

O Premiere Pro, por exemplo, aceita HDV (da sigla em inglês para vídeo de alta definição), assim como nas versões anteriores, mas ainda não trabalha com a AVCHD (codec avançado de vídeo de alta definição) – enquanto que alguns editores de vídeo mais baratos já trabalham com o formato. A Adobe afirma que pretende adicionar suporte AVCHD.

Por outro lado, agora a Adobe coloca no mesmo pacote seu programa de criação de DVD Encore e o aplicativo OnLocation para configurar tomadas de vídeo (determinar luz, níveis de som, etc.). O Encore vem com suporte para Flash e criação de discos Blu-ray, mas não HD DVD.

O Dynamic Link, um grande atributo adicionado ao pacote Production Studio, do ano passado, permite ao usuário enviar projetos do Premiere Pro para o Adobe After Effects, ou vice-versa, sem precisar renderizar antes – o que economiza um bom tempo.

O Premiere Pro possui um novo atributo, o Export to Encore, mas é preciso ainda renderizar sua edição antes de poder trabalhá-la no Encore. Ou seja, esse atributo não é tão útil assim. Uma nova função Time Remapping permite a você implementar slow motion ou fast motion, diretamente na linha do tempo do aplicativo com um simples comando de arrastar da linha no clipe. Apesar de tornar a tarefa mais fácil, é preciso clicar com o botão direito e navegar no menu para informar o que você quer que a linha faça (ela também serve como ferramenta de ajuste para outros efeitos).

Seria ainda melhor se você pudesse reproduzir seu clipe e ajustar a velocidade de reprodução em tempo real. Do jeito que está, é preciso fazer o ajuste e depois reproduzir o clipe (e em máquinas mais lentas, será necessário pré-renderizar antes de reproduzi-lo), e se as coisas não saírem da forma esperada, você terá que executar todo o processo novamente.

É possível agora criar e abrir várias caixas (janelas) de arquivos fontes de vídeo, áudio e imagens estáticas. Abra uma caixa e poderá arrastar e fixar arquivos na ordem que quiser e depois selecionar quais deles vai inserir numa nova seqüência de vídeo,
com transições padrão automaticamente inseridas. E mais, agora você pode substituir clipes numa linha do tempo sem precisar reimplementar as transições e efeitos existentes.

O Premiere Pro continua como um editor de vídeo de alto padrão, e gostamos da idéia da Adobe de colocar dois aplicativos nele, em vez de fazer o usuário comprar um pacote caro para obter tudo. Mas outros elementos desta edição – como o Soundbooth (aplicativo de áudio) – são mais compensadores do que o Premiere Pro em si.

premiera_pro_cs3_580

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site