Imagem de fundo do header
Ubuntu: um Linux sem segredos
Home  >  Review
REVIEW

Ubuntu: um Linux sem segredos

Testamos a versão 7.04 do sistema operacional, que está ainda mais fácil de usar

Por Redação de PC WORLD (EUA)

ubuntuelinux_70.jpg
Foto:

ubuntulinux_tabAtualizada em 24/10/07, às 11h00.

O Ubuntu Linux foi considerado um dos melhores produtos do ano pela PC WORLD americana por dois anos consecutivos. Por quê? Ele é totalmente gratuito, se instala facilmente e tem como foco o conforto do usuário. Analisamos a  versão (7.04) e constamos que possui poucas grandes novidades, mas se destaca no quesito facilidade de uso, especialmente para os iniciantes no mundo dos sistemas operacionais de código aberto. Quem quiser, pode baixar a versão mais recente do software, a 7.10 (conhecida por Gutsy Gibbon).

Quando você coloca o disco no drive, o CD de instalação não inicializa um programa de configuração, mas um ambiente completo de funcionalidades do Ubuntu. Essa é a oportunidade de se certificar de que o áudio, vídeo e rede estão OK, além de checar se os seus periféricos foram devidamente reconhecidos.

Ao clicar no ícone de instalação na área de trabalho, o usuário permite que o Ubuntu “encolha” sua partição Windows, para obter espaço para si. Um assistente de migração prepara a partição, reunindo suas configurações de browser e favoritos, documentos, arquivos de imagem e música, e até papéis de parede, copiando tudo para uma nova partição Linux.

Leia também:

Depois de reiniciar o computador, basta selecionar o Ubuntu a partir de um novo menu de boot, e logo você estará utilizando a interface Gnome.

Quer aplicativos para o escritório e uso na internet? O OpenOffice.org 2.2 está pronto e à espera, assim como o Firefox e o e-mail Evolution, entre outros. Outras distribuições Linux não oferecem um leque tão rico de software.

Um atributo experimental, o Desktop Effects adiciona um efeito de interface que deve chamar a atenção de quem usa o Vista e o OS X. Alguns usuários do Windows podem preferir a KDE, que é mais parecida com a do sistema operacional da Microsoft.

A variante Kubuntu substitui o Gnome 2.18 pelo KDE 3.5.8 como interface padrão. Nos últimos anos, muito tem se falado sobre a adoção do Linux nos desktops. A nova versão do Ubuntu, mais amigável , tem tudo para facilitar esse processo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site