Imagem de fundo do header
Dois é bom e três não é demais
Home  >  Review
REVIEW

Dois é bom e três não é demais

Com dois transmissores e três antenas, linha SRX da Linksys, com roteador e cartão PC Card, permite maior alcance de sinal na rede wireless

Mário Nagano

Foto:

Roteador Linksys WRT54GXQuando o que se quer é apenas transferir dados ou navegar na web, não importa muito a sopa de letrinhas adotada para distinguir a tecnologia de rede sem fio: seja 802.11a, b ou g, a conexão é suficiente para essas tarefas. As diferenças ficam evidentes quando fatores como distância e obstáculos entram em ação, minando a qualidade da conexão em aplicações sensíveis à velocidade da rede, como transmissões de vídeo. Engasgos ou até a interrupção da transferência são comuns nesses casos.

A solução pode estar no MIMO, abreviação de Multiple Input, Multiple Output (múltiplas entradas, múltiplas saídas), tecnologia que se vale de um fenômeno conhecido como efeito de propagação por múltiplos caminhos, que ocorre quando a onda de rádio refletida em obstáculos segue em várias direções até chegar ao seu destino, gerando problemas na recepção. Pesquisadores descobriram que é possível tirar proveito desse fenômeno utilizando vários transmissores e diferentes antenas, que fazem a recuperação da informação digital.

Inicialmente, a MIMO seria adotada nas redes 802.11n, padrão ainda em desenvolvimento, apontado como substituto do 802.11g. Mas algumas empresas se anteciparam e já colocaram no mercado produtos 802.11g com a nova tecnologia. O PC World Test Center avaliou os primeiros produtos da Linksys baseados na MIMO, batizados de SRX (Speed and Range eXpansion): o Wireless-G Router with SRX (WRT54GX), um ponto de acesso Wi-Fi com roteador internet, e o cartão PCMCIA Wireless-G PC Card with SRX (WPC54GX). A linha SRX utiliza dois transmissores e três antenas para ampliar o alcance do ponto de acesso, assim como sua taxa de transmissão.

Para avaliar esse recurso, isolamos um desktop com Windows XP da rede e o conectamos ao roteador WRT54GX via cabo Ethernet. Também utilizamos um notebook com cartão Wi-Fi Intel 2200GB (padrão na plataforma Centrino), que foi conectado ao PC para a transferência de arquivos. Realizamos duas medições: uma ao lado do ponto de acesso e outra num local afastado dez metros, com divisórias pelo caminho. Em ambos os casos, o mesmo volume de dados foi baixado do desktop e retornado para ele.

Cartão Linksys WPC54GXCom interface convencional, a curta distância, esperamos 68,4 segundos para baixar os dados e 90,7 segundos para mandá-los de volta. Na posição mais afastada, esse tempo subiu para 120,4 segundos e 171,1 segundos, respectivamente. Em seguida, instalamos o cartão WPC54GX no portátil e os resultados foram de 64,6 segundos para baixar os arquivos e 60,2 segundos para reenviá-los nos testes com a localização próxima. De longe, a operação levou 67,6 segundos e 103,95 segundos, respectivamente. Esses números mostram que a tecnologia MIMO melhora – e muito – o alcance e o sinal do ponto de acesso. Apesar de ser compatível com as atuais interfaces 802.11g, o desempenho mostrou-se melhor com o cartão PCMCIA com tecnologia SRX da Linksys. Ou seja, se você quer tirar todo o proveito dela, terá um gasto adicional. Se considerar que interfaces Wi-Fi são itens de série em muitos dos novos notebooks, gastar mais 922 reais não é nada atraente.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site