Imagem de fundo do header
Cada disco em seu lugar
Home  >  Review
REVIEW

Cada disco em seu lugar

Disqueteira da Imation automatiza a tarefa de arquivar, localizar e recuperar discos ópticos

Mário Nagano

Foto:

Disqueteira Imation StakkaGuardar – e depois ser capaz de localizar com facilidade – CDs e DVDs com arquivos de dados e imagens, além de filmes e jogos, pode se tornar uma tarefa ingrata quando o volume de mídias ultrapassa algumas dezenas. Para esse público, que precisa manter sob controle grandes coleções de CDs ou DVDs seja em casa ou no escritório, a Imation oferece o sistema Disc Stakka. Trata-se de uma disqueteira automatizada que facilita o trabalho de arquivar, proteger e recuperar mídias e arquivos de qualquer tipo, sejam dados, imagens ou até mesmo jogos.

Seu funcionamento interno lembra muito os velhos projetores de slide de carrossel, onde um grande magazine circular para 100 CDs ou DVDs gira em torno do seu eixo, posicionando a mídia no slot de entrada e saída do equipamento. Tanto o movimento do carrosel quanto do mecanismo de colocação e retirada da mídia é controlado pelo PC via porta USB e um software que acompanha o produto, chamado de Opdi Tracker.

O software é responsável por controlar o arquivamento, armazenamento e localização do CD ou de um arquivo que esteja armazenado em uma das mídias. O Disc Stakka aparece na janela do Meu Computador como uma unidade externa que contém duas pastas: uma que guarda dados de todos os CDs que estão dentro da disqueteira e outra que relaciona todos os CDs que foram retirados da mesma, facilitando assim a tarefa de rastrear as mídias que estão fora do equipamento e providenciar o seu retorno.

Relativamente volumoso (34 x 17,2 x 35 cm – LxAxP), o equipamento pesa entre 1,8 quilo (vazio) até 4 quilos com sua carga completa de mídias. Seu gabinete é totalmente selado, o que, além de oferecer segurança, ajuda a conservar as mídias num local fresco e seco. Outra característica que ajuda os colecionadores de CDs e DVDs é que o sistema foi projetado para crescer de acordo com o aumento da necessidade. Ou seja, se for preciso ampliar a capacidade de armazenamento, basta adicionar um segundo Disc Stakka sobre o primeiro e assim por diante. Caso seja necessário acrescentar mais unidades (num total de 500), o manual recomenda o uso de um hub USB com fonte de alimentação externa.

Uma das grandes sacadas do produto é que o mesmo possui conexões elétricas tanto na base quanto no topo, de modo que, ao se colocar uma nova unidade sobre a anterior, esta se conecta automaticamente com a de baixo (e assim sucessivamente) sem o uso de cabos, permitindo que até cinco módulos tenham conexão elétrica e se comuniquem com o computador usando apenas um cabo USB.

No entanto, vale observar que, como o Disc Stakka não lê discos, ele não confere se a mídia que está sendo colocada na disqueteira bate com o nome dado. Por causa disso, é preciso ter cuidado para não trocar as mídias ao devolvê-las, o que pode causar alguma confusão na hora de recuperar a mesma. Sob esse ponto de vista, o Disc Stakka é, basicamente, uma solução que ajuda a organizar mídias, mas ainda depende do usuário para ser totalmente à prova de falhas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site