Imagem de fundo do header
Como gente grande
Home  >  Review
REVIEW

Como gente grande

Mesmo no sistema "aponte-e-dispare", a simples F10 traz resultados de luz e qualidade de imagem surpreendentes

Foto:

Além de sofisticada, o corpo de aluminio escovado da FinePix F10, da FujiFilm, lhe dá uma cara corporativa. Não só isso, a excelente qualidade de suas imagens fala por si só, desafiando câmera mais poderosas e caras que ela.

Assim como testado pelo PC World Test Center, a qualidade da imagem da F10 alcançou a pontuação máxima entre outras câmeras "aponte-e-dispare" testadas recenemtente. Mais notável ainda, a falta de distorções em suas fotos aproximou a F10 a uma câmera de lentes reflex semi-profissional - a Canon Rebel XT, no caso. Isso é elogiável para uma pequena câmera com 6,3 megapixel com lentes embutidas de 3x. Também, a F10 atingiu pontuação maior pela sua exatidão maior de cor e exposição do que qualquer outra câmera simples testada, se aproximando por pouco da Canon Rebel XT.

Sua performance sob luz baixa é também impressionante. A maioria das câmeras desse tamanho oferecem uma sensibilidade que atinge, no máximo, ISO 400, mas a F10 chegou a ISO 1600. Isso é bastante útil se você tira muitas fotos em um encontro social à noite, quando a luz é escassa e não é a melhor ocasião para se usar o flash. A qualidade de imagem da F10 foi bastante convincente em ISO 400 e 800; nesses ajustes, percebi nas fotos granulação muito menor do que a maiorias das câmeras similares trazem no modo ISO 400. No entanto, com ajuste ISO 1600, a F10 criou imagens com muitos falhas, que aumentaram com os tempos de exposição maiores. A sensibilidade facilita a realização de retratos sem que se apele ao flash. Mas, se você usa o flash, se encantará com os resultados: assim como em outras categorias, a qualidade das imagens tiradas com o flash foi melhor que a média para câmeras "aponte-e-dispare".

O modo automático da F10 é bom suficiente para que você não precisa de alternar inúmeros modos de cena para que a qualidade se mantenha na praia ou na floresta, por exemplo. Em adição aos onipresentes modos Retrato, Paisagem e Esportes, a F10 toma vantagem da sua sensibilidade apurada com dois modos que não usam flash: o Luz Natural, ótimo para pontos onde fotografias com flash são proibidas, como museus e igrejas; e o Noite, que usa exposições longas e é melhor usado com um tripé.

Magra, a F10 cabe em qualquer bolso ou bolsa e traz um LCD de 2,5 polegadas para compor e mostrar as fotos para seus amigos. O display domina a parte posterior da câmera e empurra os controles da F10 para um estreito painel no canto direito da tela. COm um pouco de prática, os comandos tornam-se fáceis de serem operados com os dedos. O botão "F" permite que você ajuste os modos de fotografia mais comuns, mas muitos dos itens são acessados por um menu de acesso mais difícil. Existe uma demora na reprodução das fotos tiradas no display mas, ao não ser que você tente registrar objetos rápidos e sequenciais, isso não deve ser um problema tão grande.

Uma única recarga na bateria de lítium aguentou mais de 500 fotografias no teste de bateria. Uma única porta mantém o corpo da câmera "limpo", mas significa que será difícil usar as interface de vídeo, USB e de energia ao mesmo tempo. Os três cabos, inclusos, são pequenos o suficiente para levá-los na bolsa quando se viaja, mas as configurações são complicada demais para se definir a cada vez de que se fotografa.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site