Imagem de fundo do header
Mais armas contra os espiões
Home  >  Review
REVIEW

Mais armas contra os espiões

As ferramentas contra spywares evoluíram, mas ainda há terreno a ser recuperado nesta guerra

Luís Fernando Tinoco

Foto:

Norton Internet Security 2005 anti-spyware telaUma pesquisa recente da Webroot estimou os índices de infecção por spyware e adwares em cerca de 50% no segmento doméstico e até 33% no mundo corporativo. Softwares espiões capazes de roubar informações e de atrapalhar a vida de internautas ao consumir recursos do computador ou exibir popups de propaganda não solicitada, estas novas pragas virtuais multiplicamse, em geral, embutidas em sites e programas gratuitos e populares. Sem opção, os fabricantes de soluções de segurança mergulharam nesta batalha e o número de anti-spywares também aumenta rapidamente.

Testamos duas soluções pagas lançadas recentemente – o Anti-Spyware 3.0, da Trend Micro, e a edição Anti- Spyware do Norton Internet Security 2005, da Symantec – e as comparamos com o gratuito Spybot Search & Destroy, de Patrick M. Kolla, que apresentou o melhor desempenho no teste de ferramentas anti-spyware publicado na edição de março deste ano de PC WORLD. A análise indica que a performance deste tipo de ferramenta vem melhorando, mas há ainda muito terreno a ser conquistado nesta batalha.

Prova do desequilíbrio – em favor dos bandidos, não dos mocinhos – é a disparidade entre os resultados do teste, sinal de que algo vai mal. Submetidos ao mesmo sistema contaminado por um punhado de spywares conhecidos, instalados pela versão gratuita do programa de troca de arquivos Grokster, as três ferramentas apresentaram diagnósticos bastante diferentes. Após uma dupla verificação, a solução da Trend Micro encontrou 16 pragas, contra 19 do Spybot Search & Destroy e apenas três do Norton Internet Security (veja tabela abaixo).

Trend Anti-spywareParte do desequilíbrio é explicada pelo comportamento das ferramentas em relação aos cookies, arquivos facilmente detectáveis e removíveis pelos navegadores de internet, que servem para registrar hábitos de navegação dos internautas e, em geral, orientar a exibição de publicidade nos sites. Amplamente usados, os cookies nem sempre ameaçam a privacidade do internauta e classificá-los como spyware ou não é uma questão de interpretação que já causou diversas brigas jurídicas pelo mundo. Nos testes, a solução da Trend eliminou oito cookies, contra sete do Spybot e nenhum do Norton. Descontados tais arquivos, portanto, as pragas identificadas pelo Anti-Sypware seriam oito, contra 12 do Spybot e as mesmas três do Norton.

Como os spywares usualmente funcionam espalhando informações por arquivos e pelas chaves do Registro do Windows, buscando dissimularem-se como componentes do próprio sistema operacional ou do Internet Explorer, o detalhamento das detecções mostrou uma disparidade ainda maior. Os dispositivos espiões encontrados pelo antispyware da Trend Micro apresentavam 286 pontos de infecção. Os do Spybot tinham apenas 138 itens suspeitos e os do Norton, 73.

Nos três casos, todas as limpezas sugeridas foram realizadas e, após o sistema ser reiniciado e concluída nova verificação, ainda restavam sinais de algumas das pragas iniciais. Como o Grokster só funciona mediante a presença de adwares – tipos de pragas dedicadas à exibição de propaganda – que o acompanham, as faxinas o tornaram inoperante.

Quanto à facilidade de uso, os três produtos também são bastante diferentes. A função anti-spyware é apenas uma pequena parte do pacote de segurança na internet da Symantec, portanto a solução tem a instalação e a verificação mais demoradas, mas traz a vantagem de funcionar de forma conjunta com o antivírus, o firewall pessoal, o controle de privacidade e o anti-spam.

Spybot telaJá a solução da Trend Micro, por ser específica, mostra maior velocidade e facilidade de uso e se dá ao luxo de exibir informações mais detalhadas sobre as pragas detectadas. O mecanismo SpySleuth permite ainda, em alguns casos, a detecção da fonte de algumas pragas. Gratuito e também ágil, o Spybot é uma ferramenta poderosa mas, embora fácil de ser usada, às vezes é pouco explicativa e exige algum conhecimento mais técnico.

O comparativo mostra que uma solução sozinha não oferece proteção total. O uso de um firewall e de outros utilitários de segurança e privacidade ajuda bastante na tarefa. Infelizmente, comprar a briga contra os spywares pode virar uma tarefa quase tão trabalhosa quanto conviver com eles. Como alteram o Registro do Windows, os trabalhos de limpeza às vezes provocam danos no sistema operacional, o que levou as soluções anti-spyware a criar mecanismos de backup para dar ao usuário a opção de voltar atrás na faxina. Não à toa, um estudo da Pew Internet & American Life Project mostrou que 90% dos internautas americanos alteraram hábitos de navegação para fugir das pragas.

Batalha sem trégua

 PROGRAMA

ANTI-SPYWARE 3.0 

 NORTON INTERNET SECURITY 2005 ANTISPYWARE EDITION

 SPYBOT SEARCH & DESTROY

 Desenvolvedor

 Trend Micro

 Symantec

 Patrick M. Kolla

 Preço (R$) (1)

 69

 129

 gratuito

 Onde encontrar

 www.trendmicro.
com.br

 (11) 5189-6230
www.symantec.
com.br

 www.spybot.info

 Avaliação técnica final*

 8

 6

 7

 Pontos fortes

 bom trabalho de detecção; esclarece bem sobre as pragas encontradas

 trabalha em conjunto com outras ferramentas de segurança

 eficiente na detecção

 Pontos fracos

 não removeu todos os itens encontrados

 desempenho na detecção deixou a desejar

 exige grau de conhecimento mais elevado

 Desempenho

 7

 5

 7

 

 detectou bom número de pragas e de itens infectados

 encontrou só adwares mais comuns; não deu opção de remoção de cookies

 também achou número bom, mas falhou ao fazer a limpeza completa

 Tempo da verificação (min)

 2

 16 (inclui antivírus)

 2

 Arquivos verificados

 15.199

 30.062

 não informa

 Problemas detectados

 16

 3

 19

 Itens suspeitos

 286

 73

 138

 Backup do Registro

 sim

 sim

 sim

 Remoção de cookies

 sim

 não

 sim

 Facilidade de uso

 9

 8

 8

 

 instalação rápida; interface simples, mas em inglês (2); dados detalhados

 instalação longa por causa do pacote de segurança; interface integrada

 simples de usar; requer conhecimento técnico na leitura de resultados

 Recursos adicionais

 8

 9

 8

 

 verificação personalizada e recurso para busca de fontes das pragas

 antivírus, firewall, controle de privacidade e anti-spam

inclui o TeaTimer, poderoso recurso de monitoramento de riscos

* Média ponderada considerando os seguintes itens e pesos: desempenho (60%); facilidade de uso (20%) e recursos adicionais (20%)
Notas: (1) preços sugeridos pelos desenvolvedores; (2) a versão em português está prevista para 2006

Indústria unida para conter pragas
Anti-Spyware Coalition busca uma definição comum para o termo spyware

Afinal, o que é e o que não é spyware? Qual é a melhor prática de combate a essa praga virtual? Para discutir estas e outras questões, 27 empresas e organizações uniram-se na Anti-Spyware Coalition (ASC). Entre seus membros, há corporações como HP, Microsoft, AOL, Panda e Yahoo!. Os trabalhos do grupo tiveram início em abril. Em julho, a ASC apresentou o esboço de um documento dedicado a estabelecer uma definição comum para os programas espiões.

Segundo o texto, pode ser classificada como spyware toda tecnologia que prejudica o controle do usuário, sem o seu consentimento, sobre três itens: as modificações materiais que afetam a segurança, a privacidade ou o uso de seus sistemas; a utilização de recursos do sistema e quais programas são instalados no computador; a coleta, o uso e a distribuição de informações pessoais. Disponível em www.antispywarecoalition.org, o documento da Anti-Spyware Coalition traz ainda um glossário, uma lista de subcategorias de spyware e dicas de proteção para os usuários.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site