Imagem de fundo do header
Pista simples ou dupla?
Home  >  Review
REVIEW

Pista simples ou dupla?

Qual a diferença de desempenho entre as tecnologias dual-channel e single-channel

Mário Nagano

Foto:

A idéia é bastante engenhosa: utilizar dois canais de comunicação entre o processador e os bancos de memória. Dessa forma, enquanto um canal realiza uma operação de leitura ou gravação de dados, o outro retorna uma informação previamente solicitada pela CPU, diminuindo o tempo de espera (ou latência) inerente do sistema de memória e, em última instância, proporcionando uma melhora no desempenho.

Em linhas gerais, é assim que funciona a tecnologia dual-channel, comumente
vista como superior ao sistema baseado em apenas uma via de dados (single-channel). Mas será mesmo? Para tirar essa dúvida, PC WORLD realizou uma medição com apenas um pente de memória de 512 MB em single-channel e comparou seus resultados com a mesma quantidade de memória em dual-channel (256 MB + 256 MB). Para surpresa, o ganho em dual-channel foi de apenas 2% nos testes com o PC WorldBench 5 – 74 pontos contra 72,5 em single-channel.

No geral, parece mesmo pouco. Mas, quando analisamos os resultados parciais,
notamos que a economia de tempo variou de 0,21% no Office XP a 7,4% no 3D
Mark no modo DirectX. Moral da história? O ganho de desempenho com o dual channel não salta aos olhos, mas pode ser importante para quem precisa tirar até o último recurso da máquina. Em uma corrida de Fórmula 1, por exemplo, 2% pode ser a diferença entre a vitória e a segunda colocação. 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site