Imagem de fundo do header
ViewSonic made in Brasil
Home  >  Review
REVIEW

ViewSonic made in Brasil

Fabricante inicia a produção de quatro modelos de monitor – PC World avaliou o VX715, opção de cristal líquido de 17 polegadas

Mário Nagano

Foto:

ViewsonicViewSonic é nome tradicional no mercado internacional de monitores. No Brasil, a marca esteve apagada nos últimos anos, mas agora volta à ativa com o início da produção local de equipamentos em parceira com a Envision, dona da marca AOC. Inicialmente, serão montados no País quatro modelos – três com tecnologia CRT e um LCD, todos de 17 polegadas.

O PC World Test Center avaliou o LCD VX715, um equipamento de desenho simples, funcional e muito elegante. Além de estável, seu pedestal de base vazada passa a impressão de tomar menos espaço do que realmente ocupa – 38,8 centímetros de largura por 43,8 de altura e 17,6 de profundidade. O peso está na faixa dos 5 quilos. A distância da tela em relação à base é de aproximadamente 11 centímetros. Essa medida faz com que o topo do monitor fique ligeiramente abaixo da linha de visão da maioria dos usuários, o que torna o uso do equipamento bastante confortável.

O principal senão do produto é seu painel de controle pouco intuitivo. Apesar de simples, ele esconde algumas funções não claras à primeira vista. Existem, por exemplo, dois botões marcados com os números 1 e 2. Pode-se intuir que eles sirvam para a seleção de uma das duas entradas de vídeo disponíveis (SVGA e DVI). Mas não é bem isso. O botão 1, na verdade, também dá acesso ao menu de configurações do monitor e o 2 confirma as opções.

Assim como outros modelos de 17 polegadas, a resolução nativa do VX715 é de 1.280 por 1.024 pontos a 85 Hz (10 Hz a mais do que a concorrência) e a relação de contraste é de 450:1 (contra 600:1 dos modelos da Sony e da Samsung). O consumo de energia é de 35 watts quando ligado, o que o posiciona o produto da Viewsonic como um dos modelos de 17 mais econômicos já analisados por PC WORLD, perdendo apenas para o 170S5FS, da Philips, que consome 18 W. O tempo de resposta da tela é de 16 milissegundos. Apesar de não ser nada excepcional para os dias de hoje, esse valor está dentro do esperado para uso confortável em aplicações multimídia, como jogos e reprodução de vídeos.

Nos testes, o VX715 apresentou média de brilho de 14,8 candelas por metro quadrado (cd/m²), índice de uniformidade de brilho de 1,25 e média de contraste de 140,5. Trocando em miúdos, um resultado bom, mas nada excepcional. Com o preço sugerido de 1.449 reais, o VX715 é um pouco mais caro que modelos de entrada da concorrência. Mas, se levarmos em consideração a segunda entrada de vídeo, o visual elegante, o baixo consumo de energia e o conforto de uso, o produto da ViewSonic pode ser uma opção atraente para quem procura um monitor simples e honesto por um preço camarada.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site