Imagem de fundo do header
Trabalho rápido e eficiente
Home  >  Review
REVIEW

Trabalho rápido e eficiente

Apesar da simplicidade, laser monocromática ML-1610 produz bons impressos, não demora para executar o trabalho e é econômica

Mário Nagano

Foto:

ML-1610 - 200xNem todo mundo almeja ter uma impressora a janto de tinta ao lado do computador. Quem não faz questão de imprimir em cor normalmente prefere os modelos a laser, notadamente mais econômicos. A contenção de gastos com a ML-1610, da Samsung, por exemplo, começa já na aquisição – o equipamento com resolução de 600 por 600 pontos e 17 páginas por minuto custa 845 reais. Durante o uso, o produto também não decepciona. Segundo informações da Samsung, o custo da página impressa no modo rascunho fica em torno de 0,09 real. No modo normal, o valor sobe um pouco e chega a 0,13 real.

Custo reduzido com a ML-1610 não significa baixa qualidade nem lentidão. O produto da Samsung apresentou ótimo desempenho nos testes, imprimindo textos a 14,4 páginas por minuto. Nos testes de impressão de gráficos com o Corel Draw, o tempo de impressão de uma folha ficou em torno de 13,4 segundos, também um bom resultado.

A qualidade dos textos impressos foi boa tanto no modo normal, com resolução de 600 pontos por polegada, quanto no rascunho a 300 ppp. É possível observar os pixels que compõem as letras apenas com o uso de uma lupa. As reproduções fotográficas apresentaram nível de detalhamento adequado e mudanças suaves de tons. Por ser formada basicamente por pontos com maior ou menor intensidade de preto, notamos alguns efeitos de dithering (pontilhado), formando faixas horizontais por toda a imagem. O problema, no entanto, é comum nesse tipo de equipamento.

Apesar dos vários pontos positivos, a ML-1610 tem algumas limitações: a memória de apenas 2 MB, por exemplo, não pode ser expandida e a comunicação com o computador é feita por meio da uma antiquada porta USB 1.1. Nada de porta paralela, interface para conexão em rede local ou modo de impressão frente e verso (manual ou automático), nem mesmo como acessórios opcionais. Do mesmo modo, não existe suporte para PCL ou PostScript – o equipamento da Samsung usa linguagem de impressão própria, denominada SPL (Samsung Printer Language).

O driver de impressão é simples e direto – ou seja, tem poucos recursos adicionais, incluindo apenas configuração de página, impressão de mais de uma página por folha, modo pôster (imagem ampliada e dividida em várias folhas), marca d’água, qualidade (modo normal e rascunho) e economia de toner. Entre as opções de idioma está o Português Standard, uma combinação da língua falada no Brasil e em Portugal.

A impressora pesa 5,5 quilos e mede 45,9 centímetros de largura por 41,5 de altura e 32,7 de profundidade. Não ocupa, portanto, muito espaço na mesa de trabalho. A única entrada de papel fica na frente, característica que facilita a inserção das mídias de impressão. Apesar da grande abertura frontal, o alimentador de papel suporta apenas 150 folhas e a saída aceita um número ainda menor – 50 folhas, com a face impressa voltada para baixo. Como nas impressoras a laser da HP, o cartucho de toner (ML-1610D2, 250 reais) já vem com cilindro de imagem integrado e sua autonomia estimada é de 2 mil páginas com cobertura de 5%.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site