Imagem de fundo do header
Intel Centrino em dose dupla
Home  >  Review
REVIEW

Intel Centrino em dose dupla

Rocky M1 Express Dual é um dos primeiros portáteis a usar o novo processador móvel dual-core

Mario Nagano

Foto:

A LG saiu na frente e foi uma das primeiras empresas a ostentar um computador portátil com a nova plataforma Centrino Duo, que a Intel vai lançar em março. PC WORLD analisou um dos primeiros exemplares da linha Rocky, mais exatamente o M1 Express Dual. O modelo é equipado com chip Core Duo T2300 com 1.024 MB de memória SDRAM DDR2 667 MHz, disco SATA de 100 GB, tela LCD de 15 polegadas SXGA+, gravador de DVD, porta de rede Gigabit Ethernet e interfaces Bluetooth e Wi-Fi a/b/g. O equipamento veio ainda com aceleradora GeForce Go 7400, que pode alocar até 512 MB da RAM para gráficos.

Como todo portátil com tela de 15 polegadas, o Rocky M1 Express Dual não prima pelas dimensões enxutas (32,9 x 27,4 x 3 centímetros) nem pela leveza (2,6 kg com a bateria de seis células). Mas tem desenho limpo e suas portas de entrada e saída estão onde se espera que estejam – a unidade de CD fica na lateral direita, as entradas para cartões (flash e PCMCIA) estão mais à frente e à esquerda e a maioria das portas de comunicação na parte de trás. Como nos Think- Pads, da Lenovo, as antenas de rádio da interface Wi-Fi ficam posicionadas nas laterais da tela e há um leitor biométrico que trabalha em conjunto com um chip de segurança para proteger o acesso e os dados contidos no HD. Se o computador for roubado ou perdido, as informações ficam criptografadas, e a unidade de disco desaparece do sistema, de modo que não possa ser formatada nem o sistema operacional, reinstalado.

O Rocky M1 Express Dual obteve 91,3 pontos no PC WorldBench 5 e 4.954 pontos no PCMark’04. Para um portátil, o desempenho em gráficos chama a atenção: 7.936 pontos no 3- DMark 2001 SE e 1.649 pontos no 3-DMark’05. Todos esses números são muito próximos dos obtidos pelo Dimension 5150, da Dell, um desktop topo de linha com processador Pentium 4 de 3,4 GHz (leia análise na página 38). No teste de bateria com o MobileMark 2002, o equipamento resistiu a 2h12min de trabalho. Esse tempo pode não parecer grande coisa, mas vale a pena lembrar que muitos dos recursos de economia de energia entram em ação quando o portátil não está ativo, e o teste de bateria não leva em conta esses recursos.

O QUE É O CENTRINO DUO 
O Centrino Duo (codinome Napa) é a terceira geração de uma linhagem iniciada em 2003. A nova plantaforma é formada pelo chipset 945 GM/PM e a placa Pro Wireless 3945 a/b/g. O processador em si, o Core Duo, trabalha com barramento frontal de 667 MHz e terá duas linhas principais: a T, voltada para notebooks convencionais, e a L, de baixo consumo, mais dedicada a computadores ultraleves. A primeira linha começa com o T2300 de 1,66 GHz e vai até o T2600 de 2,16 GHz. A L terá duas versões iniciais: o L2300 de 1,5 GHz e o L2400 de 1,66 GHz. Todos os novos chips virão com 2 MB de cache L2 e um novo gerenciador de energia capaz de desligar um dos núcleos durante a execução de trabalhos leves, aumentando a autonomia da bateria. A impressão inicial da plataforma Centrino Duo é bastante positiva. Nos testes com o notebook Rocky M1 Express Dual, o chip teve boa performance para uma unidade de 1,6 GHz – os resultados podem ainda ser melhores com os processadores mais avançados da família, como o Core Duo T2600.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site