Imagem de fundo do header
Disco agora também reproduz
Home  >  Review
REVIEW

Disco agora também reproduz

Quando ligado a uma TV, o ScreenPlay exibe fotos, músicas e vídeos armazenados

Foto:

A Iomega sabe, e não é de hoje, que o avanço do entretenimento digital exige soluções de armazenamento criativas. A empresa demonstrou isso quando lançou o HipZip, uma combinação de player de MP3 com o meio de armazenamento Zip Clik!, e o Super DVD QuikTouch, um gravador de DVD com sistema de captura de vídeo.

Mais recentemente, a Iomega demonstrou que continua firme nesse propósito ao apresentar o ScreenPlay Multimedia Drive, um disco rígido USB externo capaz de reproduzir sons, imagens e vídeos diretamente em aparelhos de TV. O único problema é que o ScreenPlay já tem um concorrente direto – o Silver Screen, da LaCie (leia teste em www.pcworld.com.br/silverscreen) – e outro indireto – o iPod Vídeo, da Apple, capaz de exibir os mesmos conteúdos sem depender de outros equipamentos.

Quem quer um produto com as características do ScreenPlay? A resposta é qualquer pessoa que deseje transportar arquivos multimídia e apreciálos sem dificuldade. Mas é bom que se saiba que, apesar de cômodo, o ScreenPlay é limitado em relação aos tipos de arquivo que reproduz. Basicamente, aceita os formatos mais comuns como MP3, JPEG, VOB e MPEG. Windows Media e TIFF, por exemplo, não são suportados.

O ScreenPlay é ligeiramente maior do que uma fita cassete e tem por base um disco rígido de 60 GB de 2,5 polegadas e 4.200 rpm da Seagate. Como dispositivo plug-and-play, é reconhecido imediatamente pelo Windows 2000 e XP como uma unidade de armazenamento externa. O processo de transferência dos dados para o disco é simples: basta ligá-lo à tomada com o uso do adaptador e conectá-lo a uma saída USB 2.0 do computador, selecionar os arquivos desejados e arrastá-los com o uso do mouse para uma das quatro pastas predefinidas no disco (File, Music, Movie e Photo).

Para reproduzir os arquivos na TV, é preciso usar um cabo especial que se conecta ao disco de um lado e, do outro, às saídas de áudio e vídeo padrão RCA e S-Video do televisor. Um pequeno painel de controle na parte superior do disco facilita sua operação. Outro jeito é comandá-lo a distância por controle remoto. As informações são apresentadas em caracteres grandes para facilitar a leitura, com a opção das mensagens em português.

O disco da Iomega apresentou taxa de leitura de 20,8 MBps (megabytes por segundo) e de acesso de 17,1 milissegundos.  O tempo médio para copiar um volume de 100 MB não compactado do computador para o disco foi de 6,6 segundos – o caminho inverso levou 8,5 segundos. O concorrente Silver Screen de 40 GB, da LaCie, apresentou taxa de transferência de 26,8 MBps, tempo de acesso de 17,7 ms e gastou 10,5 segundos e 14,3 segundos, respectivamente, na transferência de dados do PC para o disco e vice-versa.

Dois outros produtos da Iomega – o Portable Hard Drive Hi-Speed USB 2.0 e o External Hard Drive Hi-Speed USB 2.0 – levaram de 3 a 4 segundos para fazer o mesmo serviço. A comparação desses dados mostra que o forte do ScreenPlay não é o desempenho, mas sim a comodidade – afinal, a unidade armazena 60 GB e cabe facilmente em um bolso de camisa.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site