Imagem de fundo do header
Portáteis com dois pesos e duas medidas
Home  >  Review
REVIEW

Portáteis com dois pesos e duas medidas

Testamos duas novidades em notebook - o LW40, da LG, e o Lynx v.10, da ez-Go

Mario Nagano

Foto:

Testamos duas novidades em notebook - o LW40, da LG, e o Lynx v.10, da ez-Go

Lynx v.10, da ez-Go

Lynx v.10, da ez-Go, tem desenho sóbrio e não prima pela portabilidade – pesa 3 quilos e mede 35,7 centímetros de largura por 4,1 de altura e 27,3 de profundidade. Mas para quem está mais interessado em desempenho e recursos, é uma excelente pedida. O equipamento, baseado no notebook M7V, da ASUS, está disponível em várias configurações. O PC World Test Center avaliou o modelo equipado com o veloz processador Pentium-M 780 de 2,28 MHz, com 2 MB de cache L2 e barramento frontal de 533 MHz. 

Os outros componentes também surpreendem: 2.048 MB de SDRAM DDR2; disco SATA de 75 GB e 7.200 rpm; gravador de DVD dual layer; interfaces Wi-Fi 802.11 a/b/g e Bluetooth; cinco portas USB 2.0; placa de rede; modem; porta FireWire; e entrada para cartões SD/MMC. Ao contrário de outros modelos que oferecem slot PCMCIA ou slot para Express Card, o v.10 vem com os dois. O sistema gráfico fica por conta da aceleradora GeForce Go 6600,da NVidia, com 128 MB de memória de vídeo, o que garante desempenho gráfico bem superior ao do GMA 900, da Intel.

Essa configuração de peso contribuiu para que o Lynx v.10 tivesse uma performance surpreendente, mostrando-se um dos notebooks mais rápidos que já passaram por nosso laboratório de testes. O equipamento marcou 109 pontos no PC WorldBench 5, 176 pontos no Sysmark 2004, 4.379 pontos no PCMark 2004 e 1.663 pontos no 3DMark 05. Mas, nos testes com MobileMark 2002, a bateria do v.10 resistiu por apenas 150 minutos, o que mostra que o notebook da ez-GO não gosta de ficar muito tempo longe da tomada.

Como a maioria dos notebooks mais avantajados, o Lynx v.10 proporciona muito conforto. Há, por exemplo, espaço de sobra para repousar as mãos durante o uso do teclado. Além disso, a generosa tela de 15,5 polegadas no formato wide, com resolução nativa de 1.280 por 800 pontos, não fica nada a dever à maioria dos monitores de desktop.

Como nos Thinkpads, da Lenovo, a unidade de DVD pode ser removida e dar lugar a outros dispositivos opcionais, como adaptador para um segundo disco IDE ou mesmo uma bateria extra. A única  desvantagem desse sistema é que não é possível utilizar mais de um desses recursos ao mesmo tempo.

tabela Lynx

LW40, da LG

Nem tão espaçoso e sofisticado quanto o LW70 nem tão leve e compacto quanto o LW20. O LW40, o novo integrante da família de notebooks da LG, pesa 2,5 quilos, mede 33,5 centímetros de largura por 3,2 de altura e 23,7 de profundidade e reúne recursos que devem atrair tanto usuários domésticos quanto corporativos. Baseado na plataforma Centrino de segunda geração, o LW40 usa processador Pentium-M 740 de 1,73 GHz, e apresenta 512 MB de memória SDRAM DDR2, disco rígido de 100 GB e gravador de DVD dual layer.
 
Entradas e saídas não são problema. O portátil conta com três portas USB 3.0, FireWire, VGA, S-Video, Fast Ethernet, modem, leitor para cartões XD, SD/MMC e MS e slot para Express Card. A tela larga de 14 polegadas apresenta resolução nativa de 1.280 por 768 pontos e acabamento brilhante (Fine Bright). O recurso vale a pena? Depende do gosto – ao mesmo tempo em que reproduz imagens com maior contraste, o Fine Bright gera reflexos.

Como todos os projetos com o chipset móvel 815G, a aceleradora gráfica do LW40 é a GMA 900 e o sistema de som é o HDA com codificação Dolby Digital de 5.1 canais. Para tirar maior proveito do recurso, o portátil possui um terceiro alto-falante montado na base para atuar como subwoofer. O sistema de comunicação sem fio é o Intel PRO Wireless 2200BG (802.11 b/g) com tecnologia de antena Dual HexaBand. Para comunicação sem fio, oferece também interface Bluetooth.

Em termos de desempenho, o portátil não decepcionou nem surpreendeu. Pontuou 79 no PC Word-Bench 5, 140 no Sysmark 2004, 3.083 no PCMark 2004 e 284 no 3DMark 05. Nos testes de bateria, o equipamento saiu-se melhor, trabalhando por pouco mais de 3 horas (186 minutos) com todos os recursos de economia de energia desativados. Todos esses resultados ficaram muito próximos dos obtidos pelo nc8230, da HP, e pelo Latitude D610, da Dell, avaliados na edição de novembro de 2005 (leia review em www.- pcworld.com.br/substitutosdodesktop). Na verdade, estes dois notebooks foram melhores em desempenho gráfico, mas o LW40 oferece algumas vantagens – disco de 100 GB e gravador de DVD dual layer – – por um preço bem acessível (7.299 reais).

Tabela LWw40

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site