Imagem de fundo do header
Impressora a laser também trabalha em casa
Home  >  Review
REVIEW

Impressora a laser também trabalha em casa

Há opções de equipamento para uso pessoal que custam menos de 800 reais

Mário Nagano

Foto:

Há opções de equipamento para uso pessoal que custam menos de 800 reais

As impressoras a jato de tinta estão no topo da preferência para uso pessoal. Segundo dados do Gartner Dataquest, os modelos com essa tecnologia responderam por 41,6% das unidades vendidas no mercado brasileiro no terceiro trimestre de 2005, contra apenas 9% das opções a laser – os multifuncionais a jato de tinta corresponderam a 43,2% das vendas e os multifuncionais a laser, a 2,3%. A principal explicação para esse sucesso pode estar na necessidade do uso de cor e no custo de aquisição mais acessível. Mas, mesmo em casas e escritórios domésticos, a tecnologia a laser começa a conquistar mais espaço, principalmente em situações em que o volume de produção de documentos simples, como textos, planilhas e recibos, é muito alto.

A boa notícia é que as impressoras a laser estão com preços bem mais em conta. PC WORLD avaliou, por exemplo, seis produtos que custam menos de 800 reais. São os equipamentos LaserJet 1020, da HP; PagePro 1350W, da Konica Minolta; E120, da Lexmark; Okipage B4100, da  Oki Printing Solutions; ML-1610, da Samsung; e Phaser 3116, da Xerox. Do grupo, a Okipage B4100 levou o título de Best Buy. O produto da Oki não foi o mais rápido nem o que apresentem tou os impressos de melhor qualidade – no primeiro quesito, o destaque ficou com a E120, da Lexmark, e, no segundo, com a Laserjt 1020. Mas a Okipage B4100 garante custo por cópia de apenas 0,09 real, enquanto os impressos da E120 saem por 0,14 real e os da Laserjet 1020 custam 0,13 real. Na média, as impressoras mais dedicadas ao uso pessoal oferecem custo por cópia de 0,12 real.

Além do fato de ser econômica, a Okipage B4100 vem de fábrica com um segundo toner, o que aumenta sua autonomia inicial de 3 mil para 6 mil impressos. Se o custo inicial de aquisição for um fator relevante, a escolha pode recair na PagePro 1350W, da Konica Minolta, de 621 reais, ou na Phaser 3116, da Xerox, de 645 reais. Todos os demais equipamentos avaliados desta categoria custam 799 reais.

O ciclo de trabalho diz muito sobre a robustez dos equipamentos. Tanto a Okipage B4100 quanto a impressora PagePro 1350W e a Phaser 3116 suportam volume mensal de 15 mil páginas. O produto da Lexmark, por sua vez, foi projetado para um ciclo mensal de até 8 mil páginas, enquanto a LaserJet 1020, da HP, e a ML-1610, da Samsung, podem produzir somente 5 mil páginas por mês.

Na média, os modelos trabalham na velocidade de 11 páginas por minuto. A LaserJet 1020 foi o equipamento que se saiu pior no teste de desempenho, com 5,7 ppm. Já a E120 foi a mais rápida, produzindo 15,1 ppm. Todos os modelos adotam o padrão GDI do Windows.

Em outras palavras, não são compatíveis com computadores da linha Macintosh. Os produtos da Samsung e da Xerox, no entanto, oferecem suporte para o sistema operacional Linux. A interface USB é padrão em todos os modelos da categoria. 

Confira
Veja a tabela completa de características das impressoras a laser para uso pessoal. Clique aqui

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site