Imagem de fundo do header
Na medida para pequenas empresas
Home  >  Review
REVIEW

Na medida para pequenas empresas

Lenovo 3000 J105 já inclui ferramentas de backup e recuperação, além de atualização automática de drivers

Mário Nagano

Foto:

Lenovo 3000 J105 já inclui ferramentas de backup e recuperação, além de atualização automática de drivers

Lenovo J105 - 150x117As pequenas e médias empresas são cobiçadas por nove entre dez fornecedores de soluções de informática. A Lenovo também está nessa disputa. Quase um ano depois de sua chegada ao Brasil, a empresa apresentou novos modelos de notebooks e desktops com marca própria indicados especificamente para o segmento. A nova família Lenovo 3000 é formada por duas linhas principais: os portáteis da série C100 e os desktops da série J100. Como grande atrativo para pequenos e médios negócios, os equipamentos da família 3000 têm custo bastante acessível. 

Para quem está interessado em computadores de mesa, o PC World Test Center avaliou o J105 equipado com processador AMD Sempron 2800+ (1,6 GHz), 256 MB de SDRAM DDR400 expansível até 2 GB, disco rígido SATA de 80 GB e 7.200 rpm, CD-ROM de 48x e sistema operacional Windows XP Professional. Nesta configuração, sem monitor de vídeo, o equipamento sai por 1.439 reais. A Lenovo oferece outras duas versões do desktop: o mesmo J105 com processador Athlon 64 3200+ de 2,0 GHz e o J100 com processador Pentium 4 516 de 2,93 GHz.

A placa-mãe do desktop J105 é um modelo Lenovo K8M800-M3 mini ATX, baseado no chipset Via K8M800. È uma motherboard com desenho convencional, apesar de incorporar algumas tecnologias novas, como portas SATA com suporte para RAID 0, 1 e 0+1. A placa inclui três slots PCI, um AGP 8x, duas portas IDE, espaço para dois pentes de memória DDR (uma livre), rede Fast Ethernet, seis portas USB, portas serial, paralela e SVGA e saídas de som tanto na frente quanto na parte de trás do gabinete. A aceleradora gráfica é a S3 UniChrome Pro IGP com 64 MB de vídeo compartilhado com a memória principal.

Nos testes, o J105 obteve 70 pontos no PC WorldBench 5, 125 pontos no Sysmark 2004, 2.638 pontos no PCMark 2004 e 1.074 pontos no 3DMark 2001SE. Esses resultados são semelhantes aos obtidos pelo Business Desktop dx2025, da HP, avaliado na edição de janeiro de 2006. Ambos, portanto, podem disputar o mesmo mercado de pequenos e médios negócios que necessitem de um equipamento simples e confiável para aplicações de escritório, automação comercial ou mesmo terminais de atendimento. Como sua aceleradora não suporta os recursos avançados do DirectX 9.0, não foi possível executar os testes com o 3Dmark’05

Apesar da nova marca, o estilo IBM, empresa da qual a Lenovo adquiriu a linha de computadores pessoais, ainda é muito evidente no J105. O gabinete minitorre segue o padrão ATX e lembra muito o dos modelos da antiga série Aptiva, com o inconfundível painel frontal com “testa alta”, que também funciona como alça de transporte. Outra herança – esta muito mais interessante – é o chamado Lenovo Care, uma versão reduzida, porém mais amigável, das ferramentas ThinkVantage. Entre os destaques do Lenovo Care estão as funções Rescue and Recovery, que realiza backup incremental com recuperação do sistema mesmo com o Windows fora do ar, e a Software Installer, que mantém os drivers e aplicativos da Lenovo atualizados automaticamente pela web. A configuração do J105 inclui ainda licença de 90 dias do Norton Internet Security 2006, o pacote Corel Word Perfect, o editor e organizador de imagens Corel Photo Album Delux e o utilitário PC Doctor Diagnostics.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site