Imagem de fundo do header
Ilha de edição caseira
Home  >  Review
REVIEW

Ilha de edição caseira

Fácil de usar, o Premiere Elements 2.0, da Adobe, está repleto de recursos que tornam filmes amadores muito mais interessantes

Alan Stafford – PCW/EUA

Foto:

Fácil de usar, o Premiere Elements 2.0, da Adobe, está repleto de recursos que tornam filmes amadores muito mais interessantes

Premiere elementsExibidos diretamente da filmadora, os vídeos costumam ser um tédio só – meros clipes dos filhos olhando fixamente a tampa da lente pendurada ou paisagens repetitivas da última viagem de férias. Com a ajuda do novo software de edição de vídeo Premiere Elements 2.0, da Adobe, é possível convencer até o mais exausto dos convidados a assistir seus filmes caseiros – e sem cochilar!

Quase todas as filmadoras Mini DV empregam FireWire para transferir vídeo para um computador, mas o Premiere Elements 2 também é capaz de importar filmes de determinadas unidades compatíveis com conexão USB 2.0. Em nossos testes, as transferências com uma filmadora Canon Optura 60 funcionaram perfeitamente em ambas as conexões.
 
Filmadoras DVD gravam imagens em disco como arquivos MPEG, o que a maioria dos aplicativos de edição de vídeo não faz. Para facilitar a vida dos amantes do vídeo, o Premiere Elements 2.0 tem um novo codificador/decodificador MPEG embutido. Embora o aplicativo tenha levado alguns minutos para preparar um clipe de cinco minutos para edição, é um preço que vale pagar pelo recurso.

O acréscimo de suporte ao formato MPEG também aumenta os requisitos do sistema para executar o Premiere Elements 2.0. A Adobe especifica 256 MB de RAM como mínimo, embora admita que a margem de conforto com esse volume de memória agora é bem menor. Ao rodar o software em um sistema Pentium 4 de 2,4 GHz com 1 GB de RAM, freqüentemente o programa mostrou um consumo de memória de 500 MB, ponto em que algumas operações ficaram um pouco mais lentas. Apesar disso, não travou, como aconteceu com alguns outros pacotes de edição de vídeo avaliados anteriormente.

O novo espaço de trabalho auto-ajustável do aplicativo da Adobe também é muito bom. Quando você redimensiona uma janela – amplia a área do monitor para ter uma visão melhor de um clipe, por exemplo – todas as outras janelas e paletas encolhem ou expandem ao mesmo tempo. Seria muito bom se outros aplicativos da empresa pudessem fazer o mesmo.

Outros aprimoramentos à interface também são bem-vindos. Você pode, por exemplo, aplicar Fade In ou Fade Out a uma faixa de áudio ou vídeo ao clicar em um botão na nova janela Properties. Antes disso, era preciso acrescentar uma transição ou ajustar manualmente a linha do tempo. Para remover parte de um clipe com o Elements 2.0, basta ir até um ponto da linha de tempo, pressionar o novo botão Split Clip (localizado no alto da linha de tempo), clicar na metragem em excesso e pressionar a tecla Delete.

O programa vem com 71 modelos de menu de DVD e agora permite acrescentar movimento aos botões. Também é possível modificar fundos de menus com o simples arrastar de suas próprias imagens ou até mesmo vídeos. O interessante é que o aplicativo mantém designações de botões e estilos de texto (e permite que você os ajuste depois).

Com o elegante e poderoso editor de vídeo Premiere Elements 2.0, quem vê um trabalho feito por um amador até acha que ele entende muito do assunto.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site