Imagem de fundo do header
Portáteis por menos de R$ 3.000
Home  >  Review
REVIEW

Portáteis por menos de R$ 3.000

Já é possível encontrar notebooks de 2.399 reais. Confira o teste com sete notebooks com preços bem reduzidos

Mário Nagano

Foto:

Já é possível encontrar notebooks de 2.399 reais. Confira o teste com sete notebooks com preços bem reduzidos

Objeto do desejo dos amantes de tecnologia, o notebook está cada vez mais próximo do bolso do consumidor comum. PC WORLD pôde comprovar o ritmo dessa tendência em dois testes. Em novembro do ano passado, reunimos quatro máquinas de baixo custo para uma comparação e apenas uma delas tinha preço em torno de 3 mil reais – as outras ficavam entre 4.399 reais e 4.999 reais. Seis meses depois, decidimos repetir o teste e conseguimos juntar sete portáteis que custam menos de 3 mil reais – um dos modelos sai por apenas 2.399 reais. Esses preços em conta devem-se ao dólar em baixa e aos incentivos oferecidos pela chamada MP do Bem, editada pelo governo, que isenta os fabricantes de computadores portáteis baratos de impostos como PIS e Cofins.

Veja também
Tabela completa de características dos sete notebooks baratos

lenovo3000C100 - 250x237Com o cenário favorável, que tal realizar o velho sonho de adquirir o primeiro computador portátil? Para ajudá-lo nessa escolha, confrontamos os equipamentos 3000 C100 (0761-22P) (à esquerda), da Lenovo; AO 256 Lci, da Avensis, distribuído pela Metrocomm; Infoway Note w7620, da Itautec; Latitude 120L, da Dell; Linx V.5, da ez-Go; N9850, da Novadata; e Pavilion ze2410, da HP. Feitas as contas, o notebook barato que apresentou a melhor relação entre custo e benefício e ficou com o título de Best Buy foi um estreante na categoria, o recém-lançado 3000 C100, da Lenovo, vendido por 2.799 reais. O equipamento pode não ter o mesmo charme de um ThinkPad, outra linha da marca, mas preserva algumas características de destaque, como teclado confortável e o pacote de utilitários Lenovo Care, uma versão menos sofisticada  e mais amigável das ferramentas ThinkVantage.

avensisAO256lci - 250x232Apesar da aparência simples, a máquina acompanha as tendências do mercado, com portas de rede Wi-Fi 802.11abg, leitor de cartões de memória Flash e gravador de CD-RW/DVD combo de fábrica. Foi, de longe, o equipamento com melhor autonomia do teste. Sua bateria durou 5h44min, contra 3h40min do equipamento Avensis AO 256 Lci (acima), o segundo colocado no quesito (veja gráfico Mais tempo de trabalho sobre automomia das baterias). O ponto fraco do 3000 C100 em relação à concorrência é a tela LCD de 15 polegadas, com 1.024 por 768 pontos, que ainda segue o padrão 4:3, enquanto vários de seus competidores têm o formato wide.

novadatan9850 - 250x228Para quem está disposto a investir um pouco mais para ter um equipamento widescreen, a sugestão é o N9850 (ao lado), equipado com visor de 1.280 por 800 pontos. Este equipamento da Novadata de 2.999 reais também traz disco um pouco maior (60 GB contra 40 GB do 3000 C100). Outra máquina que merece destaque é o Infoway Note w7620 (abaixo) (também cotado a 2.999 reais), da Itautec. Este notebook possui um LCD ainda melhor (1.280 por 1.024 pontos), porém limitado a 1.024 por 768 pontos por conta da decisão da empresa de equipar o sistema com o Windows Starter Edition – medida tomada pela necessidade de permanecer em uma faixa de preço competitiva. itautecInfowaynoteW7620 - 250x234E a Itautec não foi a única a fazer sacrifícios para manter seu produto abaixo dos 3 mil reais. A Metrocomm adotou uma solução ainda mais radical: simplesmente vende o notebook Avensis AO 256 Lci (2.976 reais) sem sistema operacional, deixando esse custo por conta do usuário. Quem se contentar com o Windows XP Home Edition precisa arcar com mais 400 reais, aproximadamente, para pôr o portátil para funcionar. Para compensar, o Avensis AO 256 Lci foi a única máquina do comparativo equipada com processador Pentium-M 725 de 1,6 GHz, o que a ajudou a obter os melhores números de desempenho .

hppavilionze2410 - 250x247Com exceção do AO 256Lci e do Pavilion ze2410 (à esquerda), da HP, todos os notebooks avaliados apresentam configurações semelhantes: processador Celeron M 360 (1,4 GHz) ou 370 (1,5 GHz), 256 MB de memória SDRAM DDR2 e 40 GB de disco rígido (com exceção, neste caso, do modelo da Novadata, como já mencionado).  Seis dos sete produtos analisados têm como base a plataforma Centrino de segunda geração (Sonoma), que deixou de ser topo de linha com a chegada do Centrino Duo ao mercado (veja teste de notebooks com Centrino Duo na página seguinte). ez_golinxv5 - 250x224Em termos de desempenho na execução de aplicativos, o Avensis foi seguido pelas máquinas Linx V.5 (à direita), da ez-Go e N9850, da Novadata, ambas com a mesma pontuação, Lenovo e Dell. Os produtos da Itautec e da HP ficaram, respectivamente, na penúltima e na última colocação nesse item.

latitudedell120L - 250x246A HP foi a única a participar do comparativo com um equipamento baseado na plataforma AMD, com chip Sempron 3000+ (1,8 GHz) e chipset Radeon Xpress 200, da ATI. Apesar de o Sempron não ter sido o melhor em termos de desempenho, sua aceleradora gráfica apresentou bons resultados em DirectX 9. O 120L (à esquerda), da Dell, foi o portátil mais em conta do teste (2.399 reais), mas também o único que não veio equipado com gravador de CD ou interface Wi-Fi – itens que, obviamente, podem ser adicionados na hora da compra, mas que acarretam um aumento no preço final do equipamento

notebook3mil_grafico - 310x305

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site