Imagem de fundo do header
Leve e poderoso
Home  >  Review
REVIEW

Leve e poderoso

ThinkPad X60 é um notebook compacto, rico em recursos e que oferece ótimo desempenho

Mário Nagano

Foto:

ThinkPad X60 é um notebook compacto, rico em recursos e que oferece ótimo desempenho
 
Lenovo X60Muita produtividade em dimensões reduzidas. É o que oferece o ThinkPad X60, novo notebook da IBM destinado ao mercado corporativo, que chega para substituir o ultracompacto X41. Já equipado com a nova plataforma Centrino Duo de terceira geração, o notebook pesa 1,4 quilo e tem apenas 26,8 centímetros de largura por 3,5 de altura e 21,1 cm de profundidade.
 
Para desenvolvê-lo, a Lenovo não seguiu a tendência dos outros fabricantes de notebooks ultraportáteis de escolher processadores de baixa voltagem, que consomem menos bateria. Em vez disso, optou por chips Intel Core Duo T2400 de 1,86 GHz, que permitiram ao X60 atingir 88 pontos no PC WorldBench 5, deixando para trás concorrentes como o PyXis V.5F, da ez-GO, ou o T1 Express Dual, da LG. Também registrou 198 pontos no Sysmark 2004 e 4.696 pontos no PCMark 2004 (ambos testes de desempenho), resultados impressionantes para um equipamento deste porte.
 
O PC World Test Center avaliou o modelo equipado com 512 MB de SDRAM DDR2 667 MHz (mais um slot livre para memória adicional), disco rígido MK6032GSX de 60 GB da Toshiba e aceleradora gráfica GMA 950, parte integrante do chipset Intel 945G. Sua interface Wi-Fi já segue o padrão 802.11a/b/g.
 
O novo modelo mantém alguns detalhes de projeto do X41, como a frente rebaixada (1,5 cm a menos que a parte de trás), que produz uma leve inclinação do teclado e torna o uso mais confortável.
 
Por isso, a bateria migrou para a parte de trás e todas as interfaces
tiveram de passar para as laterais do equipamento. São duas portas USB 2.0, Firewire, IrDA, modem e som do lado direito e uma USB 2.0, SVGA, rede Gigabit Ethernet, slots PCMCIA e SD Card do lado esquerdo.
 
Ao contrário de outras linhas da Lenovo, o X60 dispõe apenas de um tipo de tela LCD: um modelo de 12 polegadas com resolução nativa de 1.024 por 768 pixels e acabamento anti-reflexivo. A tela pode parecer antiquada se comparada com a concorrência, mas esse formato tem lá suas vantagens, como a economia de espaço. Ele também não vem com dispositivo apontador tipo touchpad, apenas o tradicional PointStick.
 
Como já ocorreu com o X41, a Lenovo optou por trabalhar no Brasil apenas com a bateria de alta capacidade do X60 (oito células e 5,2 Ah). Com ela, o modelo obteve a impressionante marca de 6h52min nos testes de autonomia com o MobileMark 2002, apenas 56 minutos a menos que o Dell D420 equipado com um Core Solo U1400 de 1,2 GHz. O preço a pagar por essa energia extra é um ressalto de quase 2 centímetros na parte de trás do X60.
 
Infelizmente, o X60 mantém o hábito de seus antecessores e não vem com leitor de CD/DVD integrado. O usuário fica obrigado a investir em uma base de acoplamento (702 reais) que se encaixa sob o portátil e oferece novas entradas e saídas adicionais, como porta paralela, serial, quatro USBs, um par de alto-falantes estéreo e um slot para dispositivos UltraBay Slim, como o CD-RW/DVD combo drive, que também deve ser adquirido à parte (mais 334 reais).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site