Imagem de fundo do header
Vocação para fotografia
Home  >  Review
REVIEW

Vocação para fotografia

Epson Stylus CX5900 gera imagens com cores precisas e ótimo nível de brilho

Por Mário Nagano, PC World

Foto:

Epson Stylus CX5900 gera imagens com cores precisas e ótimo nível de brilho

epsonstylus.jpgSe você procura um equipamento polivalente para digitalizar, imprimir ou copiar fotografias e documentos, o novo multifuncional Stylus CX5900 é uma opção a considerar.

Em nossos testes de reprodução de fotos, o equipamento obteve ótimo desempenho, com cores precisas e ótimo nível de brilho.

O CX5900 conta com tela LCD de 2 polegadas, entrada para cartões de memória (SD/MMC, Memory Stick Pro, xD e Compact Flash) e porta PictBridge. Pena que seu scanner de mesa não aceite acessório para digitalizar slides e negativos de filmes.

Um dos recursos mais interessantes é o que permite ler as imagens contidas no cartão de memória e imprimi-las na folha de índice. Cada quadro vem com um campo a ser preenchido com caneta ou lápis pelo usuário, que informa desse modo quais delas deverão ser impressas e em que quantidade (até três de cada).

Feito isso, basta retornar essa página para o scanner que o CX5900 se encarrega de “ler o pedido” e imprimir as fotos desejadas. A idéia não é nova (é adotada há muito tempo pela HP), mas não deixa de ser prática.

O equipamento também imprime com o uso da tecnologia PictBridge (pela qual a câmera controla todo o processo de impressão) ou com a seleção das imagens diretamente na tela LCD.

Segundo o fabricante, o CX5900 é capaz de imprimir até 27 ppm (páginas por minuto), tanto em cores quanto em preto, com resolução máxima de 5.760 por 1.440 ppp (pontos por polegada) em quatro cores. O scanner de mesa oferece resolução óptica de 1.200 por 2.400
pontos por polegada, mas é capaz de chegar a 9.600 por 9.600 ppp por meio de interpolação.

Nos testes realizados, imprimiu a 2,4 ppm (páginas por minuto) em preto no modo normal e 9,4 ppm no modo rascunho. Em cores, o desempenho caiu para 1,8 ppm. Para imprimir uma página de gráficos no Corel Draw, o tempo foi de 56 segundos.

Para copiar um documento em cores, o multifuncional levou em média 60,15 segundos, e 49,49 segundos para fazer o mesmo serviço em mono. Um pouco lento, quando comparado com uma copiadora comercial, mas nada que mate o usuário de tédio.

A tecnologia de impressão é uma versão melhorada da DuraBrite Ultra, com o uso apenas de tintas pigmentadas, o que proporciona características únicas como impermeabilidade à água e maior resistência aos efeitos dos raios ultravioleta, que costumam descolorar as imagens expostas à luz direta do sol por muito tempo.

A estratégia de suprimentos da Epson mantém-se fiel ao sistema com quatro cartuchos independentes, cotados a 29,90 reais (cada). Os consumíveis da série 73, da Epson, utilizados no equipamento, imprimem em torno de 245 páginas em preto e 350 páginas em
cores, o que leva a um custo estimado de 12 centavos de real por página em preto e 26 centavos de real para colorida.

O desempenho do scanner a 600 ppp ficou dentro do esperado para um multifuncional desse porte: 406 lpp (linhas por polegada). A performance do CX5900 ficou ligeiramente acima da obtida pelo CX7700 (analisado na edição de fevereiro de 2006).

Mas o que chama a atenção é o seu suporte para fotografia digital, um recurso cada vez mais valorizado pelo usuário final.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site