Imagem de fundo do header
Processadores turbinados
Home  >  Review
REVIEW

Processadores turbinados

Computadores com tecnologia de chip dual core oferecem melhor desempenho. Avaliamos três modelos disponíveis

Por Mário Nagano

Foto:

Computadores com tecnologia de chip dual core oferecem melhor desempenho. Avaliamos três modelos disponíveis

semgargalos_100x120.jpgDois quase sempre é melhor do que um: dois pedaços de pizza no jantar, dois dias de folga na praia, dois monitores no trabalho, e, por que não, dois núcleos de processamento no seu PC.

A idéia por trás dos chips dual core é oferecer um melhor desempenho a partir da distribuição da carga de trabalho em mais de um processador, em vez de simplesmente acelerar um núcleo, estratégia que não estava mostrando-se efi caz para a indústria de computadores.

Há dois anos, quando apresentou, meio a toque de caixa, o Pentium D – que nada mais é do que um processador com dois núcleos Pentium 4 em um mesmo encapsulamento –, a Intel deparou com a AMD e seu Athlon 64 X2, uma solução similar e mais rápida.

Este cenário se inverteu com a entrada do Core 2 Duo no ano passado. Os novos chips derrubaram drasticamente o preço dos sistemas equipados com processadores Pentium D.

Para verificar a performance desses sistemas e apontar uma boa opção disponível no mercado, avaliamos três máquinas com tecnologia de dois núcleos, com preços entre 2 mil reais e 3 mil reais.

O PC World Test Center testou os modelos Dimension E521, fabricado pela Dell (com Athlon 64 X2 3800+ de 2 GHz); o DT 5000, da Accept (com Core 2 Duo E6400 de 2,2 GHz); e o computador Infoway ST 4150, produzido pela Itautec (com Core 2 Duo 6300 de 1,86 GHz).

Como já era esperado, os sistemas que trazem o processador Core 2 Duo da Intel (Accept e Itautec) apresentaram melhor desempenho. Destes, o modelo DT 5000 revelou a melhor relação custobenefício (2.649 reais) e recebe o prêmio Best Buy desta categoria.

Nos testes de desempenho com o PC WorldBench 5, as máquinas Core 2 Duo (Accept e Itautec) tiveram desempenho superior ao sistema da Dell, equipado com o processador Athlon 64 X2 3800 (que até então liderava com folga sobre os chips da Intel).

Neste quesito, o DT 5000 obteve índice 114 (20% acima do registrado pela máquina da Dell, com índice 95). O Infoway ST 4150, que traz um chip com velocidade de clock de 1,86 GHz, ainda assim se saiu melhor do que o Dimension E521, registrando índice de 100,5.

Se compararmos o desempenho do DT 5000 com o do Dimension C521, de processamento simples (o PC que obteve o melhor desempenho entre as máquinas até 2 mil reais, com índice 76,5), o ganho de performance é ainda mais visível, ou 49% mais rápido.

Assim como o DT 4000L, o DT 5000 não é dos mais bonitos nem exagera em recursos – não possui unidade floppy nem gravador de CD, por exemplo –, mas sua plataforma é muito boa e poderosa, ultrapassando seus competidores em praticamente todos os testes de desempenho a que foi submetida. E ainda apresenta uma boa capacidade de expansão.

Fora isso, ele oferece um recurso de hardware para recuperação de ambiente de trabalho, em caso de erro de software. A solução, composta por uma placa PCI e um utilitário, permite que o sistema seja restaurado rapidamente à configuração original, por exemplo, caso uma instalação de aplicativo tenha sido malsucedida ou o sistema sofra um ataque por vírus.

Mas atenção: esta não é uma solução de segurança e sua destinação é mais indicada para equipamentos de uso público (escolas, Lan houses, telecentros etc.) do que para o usuário doméstico.

Apesar de não oferecer o mesmo desempenho, o equipamento da Itautec (cotado a 2,5 mil reais) traz um bom equilíbrio entre performance e recursos. Além do processador Core 2 Duo, ele oferece gravador de DVDs e leitor de cartões de memória montados em um gabinete compacto e atraente.

Para os fãs da plataforma AMD, o Dimension E521, da Dell (2,415 reais), pode ser uma oferta interessante. Trata-se de um equipamento moderno, bem construído e cheio de recursos. Porém, com desempenho inferior ao dos modelos citados anteriormente neste comparativo.

Clique aqui para conferir tabela com os modelos testados


Para ler mais testes de desktops (foram 16 máquinas avaliadas, junto com estas daqui) leia a edição de número 177 de PCWORLD, nas bancas a partir de abril. Além das avaliações, confira dicas úteis na hora de escolher seu PC e acessórios que vão incrementar sua máquina!

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site