Imagem de fundo do header
Filmar em vez de clicar
Home  >  Review
REVIEW

Filmar em vez de clicar

Powershot TX1 é uma câmera fotográfica digital da Canon com função de filmadora em alta resolução

Por Caio Terreran, especial para PC World

Foto:

Powershot TX1 é uma câmera fotográfica digital da Canon com função de filmadora em alta resolução

Os sites de conteúdo colaborativo colocam em prática um dos pilares da tão falada Web 2.0: a participação mais incisiva do internauta.

O sucesso dessas páginas, e em especial das que utilizam vídeos, é inegável e só cresce. No Brasil, o YouTube (sem dúvidas, o mais famoso dos sistes de vídeo) teve audiência de 5 milhões de visitantes únicos no último mês de março – o dobro do registrado em agosto de 2006.

Com tanta popularidade - e uploads de vídeos sendo realizados constantemente pelos próprios usuários -, era de se esperar que começassem a pipocar no mercado equipamentos que facilitam a integração do usuário com estes sites.

A Canon, numa sacada esperta, percebeu que era hora de lançar uma câmera fotográfica digital com facilidades e jeitão de filmadora. A convergência da Powershot TX1 é tamanha que o design não lembra em nada o resto da linha disponibilizada pela marca.

tx1review1A empunhadura é totalmente diferente do resto das câmeras compactas Canon e, mesmo em tamanho compacto (9 cm x 3 cm x 6 cm - LxAxP), o equipamento permite um zoom óptico considerável, de 10 vezes.

Complementam a TX1 uma resolução de 7,1 megapixels, estabilizador de imagem, um bom conjunto de lentes (nenhuma surpresa tratando-se de uma Canon) e o novo processador Digic III.

Apresentado em abril e incluído em toda a linha 2007 da companhia, o chip permite ao equipamento operações mais velozes, além de função de reconhecimento facial (detecta rostos na hora de bater retratos e balanceia a exposição ideal para a fotografia) e sensibilidade de ISO que chega a 1600. Usado em ambientes com pouca iluminação, resultou em fotos mais granuladas do que o esperado.

Filmes
Entre suas facilidades para o uso de vídeo, a TX1 possui saída componente (inclui cabo respectivo na caixa) e permite que sejam realizadas filmagens com som estéreo e resolução de 720 linhas - acima da média encontrada em câmeras fotográficas digitais.

A taxa pode ser considerada de alta definição, apesar de ser o mais baixo nível enquadrado nesse padrão, que chega às 1.080 linhas de resolução.

O LCD de 2,5 polegadas, apesar de pequeno em relação aos de outras câmeras compactas atuais, é giratório e confirma a vocação para filmagens.

Entretanto, mesmo com todas estas promessas, no uso prático e, especialmente, para fins fotográficos, a câmera peca na ergonomia.

A empunhadura não dá muita segurança e firmeza nas mãos e, se não fosse pelo estabilizador de imagens, produziria fotos borradas com freqüência. Já para filmar, não há problemas.

Além disso, ao segurar com uma mão a TX1 (é o que a forma da máquina indica ser a melhor posição), não é difícil colocar os dedos na frente da lente.

O manuseio do joystick que controla suas funções e ajustes também contribui para a sensação de pouca firmeza na hora de clicar. A impressão é que a câmera foi idealizada mais para filmagens do que para fotografia.

Os aspirantes a videomaker que forem utilizar a TX1 devem, também, se munir de um cartão de memória mais potente do que o MMC Plus de 32 megabytes que ela traz incluso. Com ele, na mais alta resolução permitida só foi possível filmar 15 segundos de imagem.

Mesmo assim, a câmera reserva algumas possibilidades divertidas. No modo manual, é possível alternar para vídeo sem perder a configuração estabelecida ao bater fotos.

tx1_reDessa forma, pode-se filmar com efeitos antes reservados apenas à função fotográfica das câmeras, como troca de cores (o usuário escolhe uma cor para aparecer na imagem, o restante surge em preto-e-branco) e os diversos modos de cena ajustados (a TX1, tal qual a SD 1000, avaliada recentemente por PC WORLD, traz até modo aquário e folhagem).

Ao preço de 2.399 reais, entretanto, a TX1 é posta num patamar de custo muito alto mesmo em relação à câmeras mais bem avaliadas da linha Powershot.

O comprador deve levar em conta se o que procura é uma máquina fotográfica que quebre um galho na hora de filmar ou uma filmadora mais completa (cujos preços não são cotados a cifras muito acima deste valor).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site