Imagem de fundo do header
HD externo tem design da Pininfarina
Home  >  Review
REVIEW

HD externo tem design da Pininfarina

Disco tem medidor de capacidade e botão para acionar operação de backup

Por René Ribeiro, da PC WORLD

Foto:

Disco tem medidor de capacidade e botão para acionar operação de backup

Quando o assunto é armazenamento, o que se espera dizer é tempo médio de acesso, taxa de transferência máxima da interface para o sistema operacional (burst rate) e taxa de transferência média.

No caso de discos rígidos externos, as aparências mudam pouco de um disco para outro, mas o que importa mesmo é a velocidade em que os dados trafegam. No entanto, o fabricante SimpleTech inovou sua linha de HDs externos, onde o design leva o nome da Pininfarina.

hd_pininfarina200Testamos o modelo de mesa de 160 GB, chamado apenas de External Hard Drive by Pininfarina. O gabinete é vermelho com as laterais em preto e a frente é curvada como se fosse um capô de um carro. Na parte de cima um led em formato oval informa, por meio de uma luz azul, o quanto o HD está preenchido.

Bem no centro onde este led circunda, há um botão, mas que é imperceptível, pois faz parte do gabinete. E tem a interessante função de acionar a operação de backup apenas com um toque.

O software que acompanha o HD tem versão para PC e Mac. Também tem opção para backup total ou incremental e pode ser programado nas datas em que o usuário desejar. Também é possível escolher quais arquivos se deseja fazer backup.

Desempenho – O drive tem conexão USB e acompanha o cabo de dados. Também uma fonte de alimentação pequena vem com o produto. Basta conectar e o drive já é reconhecido. Rodamos três softwares de benchmark, O HD Tach 3.0, O HD Tune e o Sysoft Sandra. Com o primeiro o drive obteve uma taxa de 29MB/s e 15 milissegundos de tempo médio de acesso. O HD Tune mostrou essa taxa um pouco menor: 27MB/s e  15 milissegundos. Já o Sysoft Sandra obteve do drive 30MB/s e 14,1 milissegundos de tempo de acesso.

Mais que isso não podia ser esperado, devido a uma limitação da interface USB. A taxa máxima de transferência dela é de teóricos 60MB/s, mas devido a ter que dar espaço para bits de controle de erro e reconhecimento, na prática nunca passa de 30 MB/s.

HD levou três minutos e 32 segundos para gravar 4,7 GB, que é a capacidade máxima de um disco de DVD-R.

Conclusão: o HD da SimpleTech atingiu uma média boa, um pouco a mais que outros HDs externos USB alcançam. O Software de backup é simples de usar, e a idéia de acionar a operação por um botão é eficiente. Também pode ser interessante usá-lo como transporte de dados.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site