Imagem de fundo do header
HP tem desktop com Linux
Home  >  Review
REVIEW

HP tem desktop com Linux

Com aplicativos para escritório, editor de imagens e player de DVD, o a6010br dá conta do recado para trabalho e alguma diversão

Por René Ribeiro, da PC WORLD

Foto:

HP_desktop_a6010br_200Grandes fabricantes de computadores estão começando a apostar no Linux também para o marcado doméstico. É o caso da HP com o Desktop a6010br, que vem com distribuição Mandriva do Linux.

Essa estratégia por si só, já torna o preço da máquina muito menor - a licença do Linux não é cobrada. Mas não é só isso.

Como este sistema operacional não é faminto por hardware, os PCs podem ser entregues com menos memória e com processadores não necessariamente topo de linha.

O a6010br testado por PC WORLD vem com processador Intel Celeron de 3,3 GHz, 256 MB de memória RAM DDR2, 80GB de disco rígido padrão SATA e chip de vídeo onboard ATI Radeon x200.

Além disso, quatro portas USB e um gravador de DVD com LightScribe estão disponívies, placa de som onboard com saídas frontal e traseira, interface de rede Ethernet 10/100 e modem para linha discada completam o hardware, que tem preço sugerido, sem monitor, de 799 reais.

Software
Um PC com Linux pode ser um problema, já que baixar e instalar aplicativos nessa plataforma, em geral, não é fácil. Para minimizar esse impacto, a HP entrega o a6010br com vários aplicativos já instalados que o tornam muito funcional.

O equipamento vem com o pacote OpenOffice, que inclui softwares compatíveis com oa suíte de escritório da Microsoft. Até mesmo o banco de dados é muito semelhante ao Access. Para garantir interoperabilidade, basta salvar os trabalhos com as extensões do Office.

Quem quiser trabalhar com imagens poderá usar o Gimp, o mais famoso programa gráfico de código aberto. Ele não tem as mesmas características de um Photoshop CS3, mas funciona bem. E para uma máquina com 256 MB de RAM, o software se comportou muito bem.

Ainda no campo das imagens, o a6010br vem com o Digikam, para gerenciar e criar álbuns de fotos. Instalar uma câmera na porta USB foi muito simples - o Linux reconheceu o hardware sem nenhuma complicação. O mesmo aconteceu com um pendrive e scanner.

Até o acesso à internet é fácil, com conexões pré-instaladas tanto para acesso por ADSL quanto por linha discada.

Não foram esquecidos softwares para gravar CD e DVD, além de player para reproduzir filmes em DVD e outros formatos baixados da internet. DVDs gravados no desktop puderem ser lidos em outra máquina com Windows sem problemas.

Suporte e desempenho
Sistemas com Linux têm a fama de carecer de um bom suporte técnico. O manual que acompanha o equipamento traz um número de telefone para suporte, que resolvemos testar.

Simulamos uma dúvida simples, de como alterar a resolução da tela. O analista rapidamente nos passou os procedimentos e a resolução foi alterada. A única burocracia encontrada foi a necessidade de informar o número de série da máquina.

Nos testes de desempenho, o sistema suportou a abertura simultânea de vários aplicativos, derrapando apenas na hora de alternar entre os diversos softwares em uso. Mas nada que possa atrapalhar muito.

Talvez um processador um pouco mais possante resolveria a questão. Instalamos o Windows XP no equipamento - o que exigiu uma visita ao site da HP para encontrar drivers das placas de som e vídeo. Resolvido o problema, os testes com o Office não decepcionaram.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site