Imagem de fundo do header
Desktops: Penryn leva o prêmio de mais potente
Home  >  Review
REVIEW

Desktops: Penryn leva o prêmio de mais potente

O primeiro desktop que nós testamos com o novo chip da Intel lidera ranking da PC WORLD (EUA)

por Richard Jantz, da PC World/EUA

Penryn_PC_150.jpg
Foto:

Penryn_PC_150O primeiro computador testado por nós que traz o Penryn, e um bem projetado small-form-factor PC da HP são os destaques  de nosso teste deste mês com sistemas potentes. O Power Infinity Pro (CyberPower), que encabeça o nosso top 5 de Desktops, é equipado com o novo chip da Intel de 3 GHz QX9650 Core 2 Extreme, nome oficial do Penryn.

Diferentemente dos atuais chips de 2 núcleos que a companhia produz usando o processo de fabricação de 65 nanômetros (nm), o Penryn utiliza tecnologia de 45 nm permitindo empacotar mais transistores na mesma quantidade de espaço de chip. O resultado, na prática, é um maior poder de processamento.

Nós confrontamos o Power Infinity Pro com outros desktops top de linha equipados com o então processador high-end da Intel, o Core 2 Extreme QX6850, de 3 GHz; são eles: Blackbird 002 LCi (HP); CyberPower Infinity Pro (que ficou em terceiro lugar); P3503-3DT (Polywell); e o M1 Elite (War Machine). Veja tabela comparativa completa (em inglês) no final dessa matéria.

Aplicando nosso teste WorldBench 6 Beta 2, além de outros testes gráficos, comparamos a pontuação do Power Infinity Pro com os resultados que estes outros conseguiram em visualização de imagens, renderização em 3D, codificação de vídeo e performance com jogos.

Os resultados mostraram um ganho de desempenho médio de apenas 8,5% em visualização de imagem, 12,5% em renderização em 3D, 8,5% em codificação de vídeo e 12,5% em performance com jogos. Apesar de esses não serem exatamente os percentuais que a Intel alega, mostram definitivamente um avanço de desempenho.

Nossa possível explicação para estes resultados é que os aplicativos do nosso conjunto de testes WorldBench ainda não estão otimizados para tirar proveito da nova configuração de instruções do Penryn, o SSE4, que pode agilizar incrivelmente tarefas como algumas operações de codificação de vídeo em um aplicativo equipado capaz de lidar com essas instruções.++++
Penryn_PC_150
Potência sem o Penryn
Como nosso ranking demonstra, você não precisa de um PC quad-core Penryn para ter um desktop com desempenho muito bom. As notas mais altas do Xi MTower PCIe para sua performance e design gerais, somadas a seu preço razoável, ajudaram-no a alcançar o segundo lugar.

Usando um Core 2 Duo E6850 de 3 GHz (um dual core com memória cache L2 menor e um preço mais baixo do que o de um quad-core da série QX) o Xi MTower PCIe mereceu uma marca de 121 no WorldBench 6 Beta 2.

Essa pontuação está um ponto acima da marca de 120 do Power Infinity Pro QX9650 – diferença que se deve aos inexplicáveis resultados nada brilhantes nos nossos testes com o Nero e o WinZip. Mas graças à sua excelente performance com gráficos, o Power Infinity Pro se saiu bem o suficiente no geral para se tornar nosso Best Buy.

Mais antigo, o CyberPower Infinity Pro QX6850, teve pontuação de 124, que continua a mais alta que nós já vimos até hoje. Este resultado e seus pontos excelentes na parte gráfica o colocaram em terceiro lugar na lista. No entanto, seu preço exagerado (4.999 dólares) – custa mais até do que o novíssimo Power Infinity Pro (4.299 dólares) – impediu que ele subisse mais no ranking.

Três novos sistemas com QX6850 – o HP Blackbird 002 LCi, o Polywell Poly P3503-3DT e o War Machine M1 Elite – se firmam como PCs potentes que valem a pena, mas não entraram na lista.

O elegantíssimo Blackbird 002 LCi é uma criação da butique de PC para games VoodooPC (adquirida pela HP em 2006). Sua pontuação no teste WorldBench 6 Beta 2 foi 123, a segunda melhor do grupo. Mas, o modelo ficou fora do Top 5 por causa de seu alto preço (5.900 dólares).

O Poly P3503-3DT ficou com marcas altas no nosso teste gráfico, mas seu design simples e seu preço exorbitante foram suficientes para tirá-lo do ranking. O M1 Elite recebeu notas altas pela sua performance geral e sua considerável capacidade de expansão, mas ele não é tão bem equipado como outros modelos (tem apenas um drive óptico e nenhum leitor de cartão, por exemplo) – incluindo algumas máquinas que custam menos.++++
Penryn_PC_150
Media Centers da Gateway e da HP que não custam caro
Dois PCs media centers de marcas de renome entraram na nossa lista, e apesar de eles não poderem bater a performance dos outros modelos do ranking, ambos são bem baratos se comparados com os PCs focados em desepenho que nós testamos nessa categoria.

O estiloso e compacto HP Pavilion Slimline s3200t (1.599 dólares) foi projetado para espaços pequenos, quem sabe o PC ideal para uma sala de estar. A máquina testada incluía um sintonizador de TV, controle remoto e um drive combinado de Blu-ray/HD DVD (leitor) e gravador de CD/DVD dual-layer. O monitor HP w2207 incluso – modelo LCD  widescreen de 22 polegadas e nosso atual Best Buy – oferece boas imagens em cores, tem capacidade pivotante (ou seja, ajusta a imagem na vertical/horizontal dependendo da posição do monitor) e ajuste duplo de hinge.

O Gateway GM5632E é um minitorre com especificações justificadamente impressionantes e opções de expansão. Vem com gravador de DVD, sintonizador de TV, e um terabyte de espaço em disco rígido para gravar centenas de horas de vídeo.

E o melhor de tudo, o preço da configuração (1.800 dólares) que testamos inclui o LCD wide screen LP2407 de 24 polegadas, próprio da Gateway, que fornece uma imagem deslumbrante e texto nítido.

À parte a utilização como sistemas básicos de multimídia (ou PCs para sala), nem o Slimline s3200t nem o Gateway GM5632E se encaixam bem para games de ação; a placa de vídeo nVidia GeForce 8500GT de 256 MB que ambos usam ficou com uma avaliação comparativamente menor devido às suas baixas taxas de frame nos nossos testes gráficos. Mas se você quer um PC para entretenimento que seja fácil de configurar e usar, os dois continuam como boas escolhas.

Observação: os preços dos equipamentos é nos Estados Unidos e foram obtidos no início de novembro de 2007.

tab_super_desktops

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site