Imagem de fundo do header
iPad Keyboard Dock é confortável, mas pesado
Home  >  Review
REVIEW

iPad Keyboard Dock é confortável, mas pesado

Periférico reúne teclado e base de sincronização, pesa mais de 600 gramas e torna a digitação no tablet muito mais fácil

Macworld/EUA

keyboard.jpg
Foto:

Sim, o iPad tem seu próprio teclado virtual. Ele serve para escrever um e-mail, por exemplo, mas não é
indicado para a digitação de longos textos. Para isso, você vai precisar de um teclado externo. E o iPad Keyboard Dock é uma ótima opção, apesar de seu peso.

O Keyboard Dock  é basicamente o teclado wireless da Apple, com algumas teclas diferentes e um conector dock acoplado em sua estrutura.

A vantagem do produto é que, ao mesmo tempo, enquanto o
usuário digita algum texto no tablet, ele pode ser carregado (com alimentação
externa), sincronizado com o computador ou ligado em alto-falantes externos. Com ele também é possível controlar o brilho da tela,
volume de áudio, fazer buscas, exibir fotos e voltar para a tela inicial do
iPad.

A sensação de digitar no teclado dock para iPad é
praticamente a mesma que a que se tem no teclado dos atuais MacBooks. E
isso é bom. Uma almofada
antiderrapante na parte inferior o torna mais estável e seu peso (606
gramas) cria
um equilíbrio perfeito para não deixar o iPad tombar. Por outro lado, é
quase o dobro do peso de um teclado normal sem fio e pouco menos que o
próprio iPad. Ou seja, se você pretende levá-lo com você com frequência é
um peso extra.

463547_g1.jpg

Teclado para iPad é quase duas vezes mais pesado que um modelo padrão sem fio

 

A posição inclinada que o
iPad fica, quando conectado ao teclado, está em um ângulo ideal para uma
visualização confortável. Vários atalhos padrões do Mac (incluindo Command+A,
Command+Z, Command+C e Command+V) funcionam no teclado e nos aplicativos
do iPad com o iWork. Outros atalhos (Command+B e Command+I), infelizmente não.

Além disso, você pode inserir caracteres especiais usando a tecla Option.
Alguns botões,  como a barra de espaço e as setas direcionais, ganharam funções
especiais para serem usadas no portátil, podendo abrir aplicativos.

Além do peso, outro ponto negativo no periférico é o fato de não conseguir realizar todos os comandos necessários. Algumas vezes é necessário parar a digitação para escolher uma função na tela do iPad.

Apesar desses problemas, o periférico é uma ótima opção para quem precisa digitar muito no tablet da Apple.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site