Imagem de fundo do header
iPhone: Dungeon Hunter 2 tem ótimos gráficos e jogabilidade
Home  >  Review
REVIEW

iPhone: Dungeon Hunter 2 tem ótimos gráficos e jogabilidade

Sequência da Gameloft é um RPG de primeira; pontos fracos são inteligência artificial e sistema de som

Macworld / EUA

dungeonhunter150x100.jpg
Foto:

O game Dungeon Hunter 2 tinha um grande desafio pela frente – já que seu antecessor estabeleceu um nível muito alto para jogos de RPG de fantasia nos aparelhos iOS – mas essa sequência da produtora Gameloft não decepciona.

Você assume o papel de um príncipe cujo irmão Edward tomou o reino do pai, e não fez um trabalho muito bom. Como resultado desse governo ruim, todos os tipos de malvados, desde monstros até magos, passam a dominar o local. E a sua missão é limpar as coisas e restaurar a glória do Rei Imortal, tudo isso enquanto despacha o velho Ed para longe e reassume o controle do reino.

Apesar de uma história de fundo que não é das mais originais, “Dungeon Hunter 2” não é um jogo qualquer. Seus gráficos destacados pela Tela Retina (do iPhone 4) são lindamente desenhados e possuem um grande nível de detalhamento. Mas a estrela principal desse game é a sua jogabilidade: os desenvolvedores da Gameloft conseguiram manter as coisas simples e intuitivas sem comprometer a profundidade da personalidade e das habilidades do personagem.

Em outras palavras, se você é um jogador casual que só gosta de cortar os inimigos, assim que passa a chance inicial de escolher uma das três classes, poderá curtir o jogo sem ficar pensando muito sobre as suas habilidades, a não ser por um power-up ocasional. Enquanto isso, os mais aficionados por RPG ainda podem acessar todas as habilidades e classificações de seus personagens com um nível razoável de detalhes.

As capacidades multiplayer do jogo também são bem desenvolvidas e te dão habilidade para jogar cooperativamente com até três amigos em tempo real na Internet ou por meio de uma conexão Bluetooth ou Wi-Fi local, apesar de esse recurso só estar disponível com os aparelhos iOS mais novos (a partir do iPhone 3GS).

dungeonhunter201.jpg

Sequência de RPG da Gameloft capricha nos gráficos e jogabilidade

No entanto, é bom lembrar que Dungeon Hunter 2 não é perfeito. A inteligência artificial (IA) do jogo algumas vezes não é tão “inteligente” quanto o esperado de um jogo moderno. Por exemplo, muitas vezes você poderá acertar monstros com uma arma de longo alcance sem que eles reajam de qualquer maneira. Além disso, o sistema de som parece ser afetado por uma variedade de problemas que não o deixam funcionar corretamente para muitas pessoas – a música deu alguns "soluços" e os efeitos sonoros pareciam um pouco fora de sincronia, mas nada que realmente atrapalhasse a diversão do jogo.

Apesar desses pequenos problemas, “Dungeon Hunter 2” vale a pena tanto para os fãs de RPG quanto para jogadores casuais buscando um game bem balanceado, que combine gráficos impressionantes com uma ótima jogabilidade.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site