Imagem de fundo do header
Keynote’09: vale o pacote iWork completo
Home  >  Review
REVIEW

Keynote’09: vale o pacote iWork completo

Software de apresentações inclui diversas mudanças bem-vindas, como animações automáticas, transições e novos temas ainda mais bonitos para os slideshows.

Franklin N. Tessler, Macworld/EUA

Foto:

Depois de seis anos e milhares de slides, não consigo mais viver sem o Keynote. Seu rival, o Microsoft PowerPoint, progrediu em sua versão para Mac, mas ainda não consegue competir com a elegância e facilidade de uso do Keynote. A versão 2009, presente no pacote iWork’09, é uma atualização evolucionária que amplia ainda mais a diferença.

Transições mágicas

O repertório de animações do Keynote inclui diversas mudanças bem-vindas. Um recurso chamado Magic Move traz uma forma de “tweening”, que muda a versão de um objeto para outro automaticamente. Por exemplo, você quer fazer com que uma foto da Terra simule a visão de uma espaçonave se aproximando. Para fazer isso, você cria um slide com o planeta ao centro, copia o slide e amplia o globo. Aplique a transição Magic Move para o primeiro slide e o Keynote anima e dá o zoom quando você fizer sua apresentação.

Além da posição e tamanho, o Magic Move permite alterar o preenchimento, contorno, sombra, reflexo, opacidade ou rotação, ampliando o espectro de efeitos possíveis. Mas, diferente de outras animações no programa, o Magic Move aparece como uma transição, e só funciona com objetos em slides consecutivos. Seria mais eficiente se você pudesse aplicar o Magic Move a objetos em um slide.

Leia também:
>>>Review: Numbers'09
>>>Review: Pages'09
>>>Galeria de imagens do iWork'09
>>>Primeiras impressões: iWork.com

Outra nova transição chamada Text Effects permite transformar uma linha de texto em outra usando um de quatro efeitos especiais, embora sua implementação seja um pouco complicada. Duas das transições – Anagram e Swing – funcionam apenas com texto. Se você escolher uma delas, as formas geométricas no slide atuam como se você tivesse escolhido o Magic Move. Os outros dois efeitos – Shimmer e Sparkle – se aplicam também a objetos e textos, o que é um tanto confuso.

No Keynote’08, você podia mostrar um objeto em movimento, seu rastro (path) e o ponto de partida e destino, mas o path e os trajeto sumiam assim que você clicava em qualquer outro lugar do slide. Agora, clicando com option no diamante vermelho em qualquer objeto com um rastro mantém o path visível até que você clique no diamante de novo. Isso torna bem mais fácil coordenar as posições intermediária e final de múltiplos objetos em movimento em um slide.

Um novo comando no menu Format permite usar um objeto como trajeto de movimento para outro. Quando você aplica o comando a dois objetos selecionados, a forma no fundo some e mostra o rastro para o objeto na frente. É muito mais simples que criar um trajeto do zero. E dá para copiar a animação de um objeto e colar em outro.

Demonstrando dados

O Keynote’09 traz novos meios de demonstrar informação numérica, incluindo gráficos com barras cilíndricas, barras mistas e linhas. O Keynote ainda permite modificar a perspectiva do gráfico 3D (algo que não pode ser aplicado em gráficos 2D). Existem opções ampliadas para eixos e séries de formatação para aprimorar a apresentação de resultados numéricos.

Outra nova opção deixa copiar gráficos do Numbers e colar no Keynote. Os gráficos continuam ligados à sua fonte de dados – as mudanças no Numbers se refletem no Keynote. A atualização, entretanto, não é automática: é preciso apertar um botão para atualizar o gráfico no Keynote.

O programa ainda traz novos formatos de célula para mostrar dados. Mostre números como unidades de tempo no Duration, por exemplo.

Melhor usabilidade
Algumas das novas capacidades do Keynote, como o Theme Chooser remodelado, simplificam o fluxo de trabalho ao eliminar passos. Mova o cursor sobre a miniatura do tema e ele mostra a estrutura, com exemplos de tabelas e gráficos para você ver antes como ficará sua apresentação. Um novo menu drop-down permite abrir arquivos recentes, e um slider aumenta todos as miniaturas de temas.

O Keynote’09 oferece oito novos temas, chegando a 44. Como os temas já existentes, são bem desenhados, com layouts e esquemas de cores agradáveis. Uma nova Connection Line une itens em comum nos três aplicativos do pacote iWork’09 com uma linha entre dois objetos.

O Graphics Inspector também tem novos recursos, incluindo estilos de linha e de borda. E finalmente o Keynote oferece uma opção de gradientes, a Advanced Gradient, para ajustar preenchimentos lineares e radiais.

Apresentações

Embora o Presenter Display tenha melhorado com o tempo, não oferece tudo que poderia. Sua mudança mais óbvia é uma barra de ferramentas com quatro ícones – Slides, Black, Options e Help – que aparece quando você move o mouse para o topo da tela.

Velhos problemas
Sempre foi um desafio compartilhar apresentações por e-mail sem comprimir os arquivos. Isso ocorria porque o Keynote armazenava seus documentos como pacotes, que pareciam arquivos, mas agiam como pastas. Para evitar o passo adicional, o Keynote’09 oferece um novo formato de arquivo que comprime automaticamente os slideshows quando você os salva. Isso, entretanto, leva mais tempo que antes, especialmente se tiver filmes. Uma preferência ajusta o processo de salvar o arquivo no formato antigo.

A Apple removeu alguns recursos do Keynote, como o Web View, para mostrar sites em slides, e você não pode mais exportar as apresentações como Flash.

Fiquei especialmente desapontado ao ver que a Apple não fez nada para melhorar como o Keynote lida com áudio. O programa precisa de um mecanismo para sincronizar trilhas sonoras com os slides para que ela não seja afetada quando você exporta como QuickTime ou apresenta em um computador distinto.

Também gostaria de ver a Apple melhorar a interface para gerenciar múltiplos objetos fixos e móveis, incluindo camadas com controle de visibilidade e uma timeline para controlar animações.

Recomendação de compra da Macworld
Embora longe da perfeição, o Keynote’09 é um aplicativo inspirado que ficou melhor com o tempo. Se você cria apresentações profissionais e não precisa de compatibilidade com o PowerPoint, ele vale o preço do iWork’09. Se você já usa o Keynote, a nova versão é um upgrade que compensa.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site