Imagem de fundo do header
LED Cinema Display é monitor feito só para MacBooks
Home  >  Review
REVIEW

LED Cinema Display é monitor feito só para MacBooks

Nova tela de 24" da Apple traz novas tecnologias integradas, como o conector Mini DisplayPort, mas por enquanto só funciona com a linha nova de portáteis da fabricante.

James Gailbraith, Macworld/EUA

dest-cinemaled24-72.jpg
Foto:

O novo LED Cinema Display é o primeiro monitor da Apple criado especificamente para uso com sua linha de notebooks. O design lembra um iMac de 24”, um pouco mais fino (cerca de 2,5 cm) e com a altura menor que a tela do iMac. Sua tela brilhante oferece alguns recursos interessantes, mas que podem ser usados apenas por poucos Macs por enquanto.

Faz mais de quatro anos que a Apple lançou seu monitor para desktop, o Cinema HD Display de 30” (junto com versões menores de 20” e 23”). O fato marcou o fim do uso do padrão proprietário ADC (Apple Display Connector), que foi substituído pelo padrão DVI. O novo LED Cinema Display traz algumas novas tecnologias, sendo a mais controversa delas o conector que, até então, tem uso apenas pela Apple, o Mini DisplayPort (baseado no padrão DisplayPort, da VESA).

Dito isso, hoje, em dezembro de 2008, os únicos computadores da Apple que podem usar o monitor são os novos MacBook Pro de 15”, os MacBooks monobloco de alumínio e o MacBook Air atual. A Apple diz que todos os Macs futuros virão com o Mini DisplayPort, e que vai lançar cabos compatíveis. Enquanto isso não ocorre, esse monitor tem pouca audiência.

Outros novos recursos são um backlight LED livre de mercúrio, que aquece mais rápido e que pode durar mais que os backlights CCFL encontrados na maioria dos monitores LCD. Um único cabo com três conexões é fixo à parte traseira do monitor, fornecendo energia ao notebook por uma porta MagSafe, sinal de vídeo pelo Mini DisplayPort e um hub com três conexões USB.

led-24-frente-interna

O novo monitor também vem com uma câmera iSight integrada, com microfone e alto-falantes estéreo 2.1 (dois na frente e um atrás). A qualidade sonora é melhor que a dos MacBooks, mas faltam graves se compararmos com os alto-falantes do iMac.

As especificações de tela são padrão para uma tela LCD de 24”: 320 candelas de brilho, taxa de contraste de 1000:1, 178° de ângulo de visualização e 14 milissegundos de tempo de resposta médio. A tela brilhante ajuda a aumentar a profundidade de imagens na tela, mas pode distrair alguns. Se você não gosta de brilho, fica o alerta de que esta é uma tela muito brilhante – e que até vira um espelho negro quando desligada.

Qualidade de imagem
Observamos diversos arquivos de teste no LED Cinema Display e descobrimos que ele tem um excelente ângulo de visualização, com pouca ou nenhuma mudança de cor de virtualmente qualquer ponto de visão. O texto fica claro e legível, até mesmo em fontes muito pequenas. Com exceção feita aos cantos da tela, a uniformidade de cor foi excelente, e não encontramos nenhum pixel morto no monitor.

tabela-led-24Ao visualizar uma tela cheia em preto, percebemos algum vazamento de luz na parte inferior do monitor. A tela ficou um pouco brilhante e fria, com brancos demonstrando um pouco de tom azulado. Calibramos o LED Cinema Display com o Eye-One Display 2, que mediu a temperatura de cor padrão em 6.700K.

Temos duas observações sobe o LED Cinema Display (e monitores da Apple em geral), ambas relacionadas a customização. O apoio do monitor permite apenas inclinar a tela (mas não rotacionar ou aumentar a altura), e o LED Cinema Display não tem botões – todas as configurações são feitas pelo Mac (exceto o brilho, controlado pelo teclado).

led-24-tras

Recomendação de compra
O LED Cinema Display representa muitas novidades para a Apple: é o primeiro monitor com LED backlit, é o primeiro monitor criado especificamente para notebooks da marca, além de ser o primeiro a usar o novo conector Mini DisplayPort. Sua falta de compatibilidade com outros Macs e a ausência de configurações de customização desaponta, mas funciona bem para sua audiência limitada. O LED Cinema Display oferece uma tela brilhante, é um produto ecologicamente correto e fica muito bem ao lado de um novo MacBook.

Como testamos
Conectamos o monitor ao MacBook Pro de 2,53 GHz com 4 GB
de RAM, rodando Mac OS X 10.5.5 com a placa de vídeo Nvidia GeForce
9600M GT habilitada. Avaliamos o desempenho do monitor com suas
configurações padrão e depois calibramos para 6.500K e gama de 2.2
usando o Eye-One Display 2. Os editores da Macworld viram diversas
imagens de teste na tela e avaliaram o monitor como Superior, Muito
Bom, Bom, Justo e Fraco em relação a cores, texto e ângulo de
visualização.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site