Imagem de fundo do header
McAfee Internet Security 2009 peca ao lidar com pragas desconhecidos
Home  >  Review
REVIEW

McAfee Internet Security 2009 peca ao lidar com pragas desconhecidos

Uma mistura de altos e baixos em algumas categorias deixa o pacote de segurança integrada apenas com desempenho mediano.

Erik Larkin, PC World / EUA

McAFee_150.jpg
Foto:

McAFee_150.jpgO McAfee Internet Security Suite 2009 (119 reais, 3 licenças) teve um desempenho mediano em nossos testes, ficando em quinto entre nove produtos testados.

Destaque para uma nova ferramenta de detecção de malware baseada na internet, chamada de Artemis, e suas boas taxas de detecção de malware. Junte a isso a baixa velocidade de scan, as chatices na interface e o baixo desempenho nos testes de detecção proativa e comportamental, e você terá uma visão completa do software.

Nos testes de detecção de malware realizados pela AV-Test.org, que utilizou 654.914 mil amostras de malwares, a suite a McAfee teve um respeitável desempenho. Vou capaz de identificar 97.4 % dos malwares, percentual que cai para 90 % quando submetido à identificação de spywares, bem abaixo dos 99 % alcançados pelo Avira e pelo Norton, mas muito melhor que os 55.7 % atingidos pelo pacote da Trend Micro.

Leia também: 
> Novato, Webroot Essentials tem falhas e fraca detecção de malwares
> Norton 2009 é a melhor suíte integrada, apesar das falhas
> Panda 2009 tem bons extras, mas peca na detecção de malwares
> Desempenho do Kaspersky 2009 não justifica preço tão elevado
> Suíte 2009 da Trend Micro falha no básico: detecção de malwares
> Com boas ferramentas, F-Secure 2009 apresenta detecção menos potente
> BitDefender 2009 oferece boa proteção por um bom preço
> Avira é técnico demais, mas tem a melhor taxa de detecção de malwares

A nova ferramenta Artemis envia a assinatura dos arquivos que serão verificados para os servidores da McAfee. A partir daí, os arquivos são comparados com um grande e atualizado banco de dados de assinaturas. E é o Artemis que fez a suíte da McAfee ter uma boa imagem.

McAfee_02.jpg

Por outro lado, o desempenho nos testes de comportamento - que examina como um antivírus pode identificar um malware desconhecido baseando-se somente nas suas ações – mostrou-se muito fraco.

O pacote da McAfee foi capaz de alertar sobre alguns aspectos do comportamento do malware apenas em duas de 15 amostras, 13 % do total. Todas as outras suítes (com exceção do F-Secure, com 33 %) foram capazes de alertar em pelo menos metade da amostra.

A solução da McAfee também falhou nos testes de velocidade de varredura. Ficou em penúltimo lugar em velocidade de acesso de scan. Porém, teve uma surpreendente melhora na velocidade de demanda, que envolve scans manuais ou programados, terminando em quinto lugar.

Seguindo a inconsistente performance da suite, a interface do programa se apresentou boa em alguns momentos e pouco atraente em outros.

A suíte faz um bom trabalho em organizar funções em categorias intuitivas como “Computer & Files” ou “Internet & Network”, e geralmente fornece boas informações no início.

Mas, surpreendentemente, a interface não contém um menu de ajuda contextualizada. Então se você clicar no link ajuda enquanto estiver vendo o mapa da rede, por exemplo, você não irá diretamente a seção de ajuda relevante. Em vez disso, você terá que manualmente procurar ou filtrar entre os tópicos para encontrar a informação que precisa.

Dito isso, a McAfee de fato oferece alguns toques mais convenientes. O mais notável: no mapa de rede, você pode clicar no ícone do roteador da sua rede doméstica para abrir a página da internet com as configurações do produto. É o único produto integrado que traz essa benvinda função.

Mas a ferramenta menos desenvolvida é a que lida com arquivos adware comuns. Quando tentamos baixar um protetor de tela do site Zango, que instala os adwares que muitas pessoas gostariam de ver distante de seus PCs, o software corretamente mostrou um alerta sobre a tentativa de download, mas a única opção de solução era remover o programa. O eleito para fazer isso é o desinstalador da McAfee, que falhou porque o programa do Zango não estava de fato instalado.

A solução fez a mesma coisa quando verificamos o adware do Zango que estava anexado a um thumb drive. A suíte pode ter ficado confusa com as entradas do Registro adicionadas ao site ou pelo download, mas os outros pacotes foram capazes de se livrar com sucesso delas.

Você encontrará uma vasta gama de ferramentas no pacote da McAfee, incluindo backups, controle dos pais e antispam, além de outros pequenos extras como um retaliador de arquivo. E a suíte fez um bom trabalho em detectar programas maliciosos nos testes. Mas para proteger o seu PC, você tem melhores alternativas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site