Imagem de fundo do header
Mouse Lachesis, da Razer, mostra que resolução é com ele mesmo
Home  >  Review
REVIEW

Mouse Lachesis, da Razer, mostra que resolução é com ele mesmo

Dispositivo de apontamento tem como público-alvo fãs de games; tem bom tempo de resposta e pode atingir até 4 mil dpi.

René Ribeiro, analista de testes da PC World

lachesis_razer_150.jpg
Foto:

lachesis_razer_260Se há um periférico de computador que só é lembrado pelo usuário com um quando dá problema, esse equipamento é o mouse. Ele foi inventado em 1968 e funcionava com duas rodinhas, posicionadas uma na horizontal e outra na vertical.

Na base do equipamento, giravam potenciômetros (dispositivo eletrônico que passa as coordenadas para o apontador e enviava diferentes valores de tensão em corrente).

E a invenção é tão eficaz que o princípio se mantém até hoje, com avanços apenas em sua tecnologia de circuitos empregada na construção. O mouse com esfera foi um avanço, mas hoje é comum encontrarmos os modelos com sensor laser. Mais preciso e com menor acúmulo de pó, ele ganhou popularidade facilmente.

Quando se fala em qualidade de mouse, um dado importante é a resolução. Ela é medida em dpi (dots per inch) ou, em português, pontos por polegada. A maioria dos mouses comuns utiliza de 600 a 800 dpi. Isso significa que, a cada polegada, o mouse é capaz de “fotografar” essa quantidade de pontos da superfície da mesa.

Dessa forma, se o mouse tem uma resolução, o cursor irá mover-se mais rapidamente, mesmo com um deslocamento pequeno do mouse.

++++

lachesis_razer_150Para navegar por telas do Windows ou Linux, não é necessário usar uma alta resolução, mas quando se trata de jogos, ela faz muita diferença. O mouse Lachesis, da Razer, é construído especifi - camente para games. Prova disso é que ele é um dos primeiros mouses do mundo a alcançar a resolução de 4 mil dpi.

A resolução pode ser alterada para mais ou para menos (mínimo de 500 dpis), de acordo coma interface do jogo, em intervalos de 125 dpi, por meio de dois botões localizados na parte central em cima do mouse. Isso é interessante para alterar a resolução mesmo durante o jogo.

Um software acompanha o mouse para configurar todos os botões. Além da wheel (tecla central de rolamento), há quatro botões nas laterais.

Interessante notar que esse mouse vem com memória de 32 KB. Ela é útil para armazenar a calibragem do mouse para cada jogo, tanto a configuração dos botões quanto a resolução desejada. É possível guardar até cinco configurações.

Durante os testes com o jogo Crysis, da Eletronic Arts, foi possível verificar a agilidade do mouse e nem foi necessário deixá-lo na resolução máxima. Os botões direito e esquerdo também mostraram ótima precisão, sem falhar, mesmo sendo requisitados várias vezes em alta velocidade.

Seu formato atende a destros e canhotos e o plástico, na cor preta fosca, é resistente. Os apoios, na base, são revestidos de teflon, ótimo para não acumular poeira. E o desenho mostra que realmente que foi construído para gamers.

Com dimensões de 7,1 centímetros de largura, por 12,9 de profundidade e 4 de altura, é um mouse grande. Pessoas não acostumadas a jogar levarão certo tempo para se adaptar com a ergonomia do produto. O Lachesis mostrou que foi feito para suportar muitas horas de jogo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site