Imagem de fundo do header
NDrive transforma o iPhone em GPS para carro
Home  >  Review
REVIEW

NDrive transforma o iPhone em GPS para carro

Software traz mapas de estradas (sem cobranças pela atualização) de todos os Estados do Brasil e informa por voz as ruas que devem ser seguidas

Daniel dos Santos, Macworld Brasil

map-150.jpg
Foto:

O aplicativo Mapas, do iPhone, é uma ferramenta muito boa para a localização de ruas e para traçar rotas, com a integração de imagens de satélite e mapas. Porém, ele não substitui um GPS automotivo, pois não oferece a navegação em tempo real, auxiliada por indicações de voz (ideal para quem precisa prestar atenção no trânsito, não na tela do telefone).

Para quem busca uma solução mais abrangente, há produtos como o navegador NDrive Brasil, que acaba de ser lançado na App Store (loja online da Apple) brasileira. Criado pela NDrive Navigations Systems, empresa portuguesa que oferece mapas de trânsito para mais de 20 países, o aplicativo traz informações sobre estradas de todos os Estados brasileiros (a abrangência da cobertura de vias em cada Estado varia, mas pode ser consultada clicando aqui),  com recursos como prédios em 3D.

Segundo a empresa, não é necessário pagar mensalidades para ter atualizações de mapas, pois a licença é vitalícia. O aplicativo oferece informações sobre mais de 100 mil pontos de interesse e sobre mais de 200 mil empresas.

Macworld Brasil utilizou o aplicativo em nosso iPhone 3G (aparelho de testes) durante quatro dias, rodando mais de 400 quilômetros entre as cidades de São Paulo, Cotia, Embu e Barueri.  Durante o período de avaliação, o software alternou entre bons e maus momentos, mostrando que ainda precisa ser aprimorado.

O programa tem uma interface simples e intuitiva em português
(brasileiro, apesar de algumas expressões de Portugal, como “mostrar no
arranque”). Basta selecionar a opção navegar e definir o endereço
tocando na tela. O teclado aparece em um formato estranho (ABC), mas
pode ser alterado para QWERTY em Preferências, Geral, Teclado.

Selecionado o endereço de destino, uma voz feminina informa em
português (há, também, a opção de idioma inglês, bom para turistas) que
a rota está sendo traçada. Surge na tela o tempo estimado e o mapa, com
a indicação do ponto atual e o caminho em azul a ser seguido.

Conforme
o veículo se movimenta, o motorista ouve em qual rua deve virar ou que
precisa se manter à direita  a mil metros.  Na maior parte das vezes,
as sugestões foram corretas, tanto no caminho quanto na sincronia da
voz com o caminho. Porém, em alguns momentos, falhou.

mapa300

NDrive Brasil: interface fácil de usar

Ao encontrar uma bifurcação em uma rua de Embu, SP, o mapa mostrava que era preciso virar à direita, mas não foi dito isso nas duas vezes que passei pelo mesmo ponto. Já ao seguir na Av. Escola Politécnica, sentido Raposo Tavares, o mapa mostrava que era necessário seguir em frente, enquanto que a voz dizia que era preciso virar à direita.

Em outro momento, na rodovia Raposo Tavares,  o caminho lógico para chegar a uma rua próxima ao quilômetro 26 era simplesmente seguir em frente. Porém, a voz dizia para entrar à direita, o que, com certeza, levaria a uma perda de tempo.

Ao atender o telefone duas vezes durante o uso do software, a rota não foi mantida, o que gerou uma nova busca. Já ao fazer ligações, o NDrive sempre perguntava se desejava utilizar a rota já traçada, o que é muito mais prático.

Alguns recursos que aparecem na interface do produto ainda não estão disponíveis no Brasil. É o caso da função Opções de trânsito (em preferências). Quem habilita essa informação achando que vai receber dados sobre o trânsito nas principais ruas, começa a receber a mensagem “Erro no estabelecimento da ligação por HTTP. E o serviço de localização de radar ainda não cobre todas as cidades. Uma atualização, que deve corrigir esse tipo de problema, deve estar disponível em cerca de 15 dias, segundo a NDrive.

O programa tem um preço salgado (65 dólares) para quem está acostumado a aplicativos de um dólar na App Store, mas softwares de GPS não costumam ser baratos (o Sygic Mobile Maps Brasil, por exemplo, está cotado a 79,99 dólares).  Em tempo: um GPS automotivo (solução que inclui hardware e software, tem preços a partir de 350 reais).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site