Imagem de fundo do header
Norton Internet Security 2011 virá preparado para novas ameaças
Home  >  Review
REVIEW

Norton Internet Security 2011 virá preparado para novas ameaças

A versão mais recente do software, ainda em testes, integra recursos de verificação para o Facebook e combate a scarewares.

PC World/EUA

Foto:

A versão des testes do Norton Internet Security 2011 conta com alguns recursos desenvolvidos para proteger os usuários de malwares – em especial os que são espalhados por meio de links do Facebook e aqueles que se disfarçam de softwares antivírus, conhecidos como scareware.

Há também outras ferramentas e melhorias úteis, resultando em uma aplicação de segurança multiuso voltada para um ambiente que está mudando rapidamente, com novas ameaças surgindo a cada dia.

Norton Internet Security 2011


Monitorando links do Facebook
O novo Facebook Scan verifica links no Mural e no Feed de Notícias da rede social para saber se eles levam a um malware ou para sites conhecidos por espalhar malware. Quando é iniciada, a ferramenta leva o usuário a uma página do navegador, na qual mostra um relatório do progresso e resultados das verificações.

Para utilizar esse recurso – que é na verdade um aplicativo para o Facebook –, o usuário deve permitir que o Norton Internet Security 2011 acesse sua conta no Facebook. A ferramenta também pede permissão para publicar os resultados na sua página da rede social, mas isso é opcional.

A nomenclatura é meio confusa. A ferramenta pode ser acessada pela interface principal do software, mas na página que exibe os resultados, o nome é Norton Safe Web, que é a barra de ferramentas para o navegador, integrada ao pacote do Norton Internet Security 2011. Mas não há como verificar o Facebook diretamente da barra Norton Safe Web, e a barra por si não menciona a ferramenta de verificação do Facebook (ao menos nesta versão de testes).

Norton Internet Security 2011

O Facebook Scan ainda não funciona corretamente. Em alguns casos, a verificação trava com uma mensagem “gerando resultados”. Ao clicar no botão para visualizar os resultados a verificação começa novamente, e o processo só funciona fechando a página a iniciando novamente a partir do Norton Internet Security.

Briga contra o scareware
Um problema no combate ao scareware é que as peças individuais são tipicamente muito novas e as assinaturas dos antivírus precisam ser atualizadas para identificá-los.

A versão anterior do Norton integrou um recurso que verifica os arquivos enquanto eles são baixados para ver se são confiáveis, chamado de “Download Insight”. Se um software não for marcado como confiável, isso significa que ele não é seguro, e isso funciona como uma proteção contra a instalação de scarewares.

A nova versão amplia este recurso, adicionando suporte para mais navegadores, além de várias aplicações de mensagens instantâneas, e-mail e P2P.

Uma aplicação separada, o Norton Power Eraser, descobre e apaga scarewares que são difíceis de encontrar com softwares de segurança tradicionais. Depois de baixar, o programa verifica o sistema e envia a informação para os servidores da empresa, que analisam e registram os resultados.

Norton Internet Security 2011

É importante lembrar que o Norton Power Eraser é um verificador de sistema mais agressivo, portanto tem grandes chances de obter resultados falsos. Por isso, é uma boa ideia pesquisar antes de apagar um aplicativo para saber se é de fato um malware. Em nosso teste no Windows 7, por exemplo, o Power Eraser acusou o “shellfolderfix” como malware, quando na verdade é um software complementar que ajuda o Windows a lembrar melhor o tamanho e a posição das janelas do Windows Explorer.

Outras mudanças úteis
As versões anteriores do Norton AntiVirus e pacotes de segurança Norton eram parasitas de recursos do sistema e memória RAM. Desta vez, a Symantec decidiu dar mais atenção ao “peso” do software.

Norton Internet Security 2011

O Norton System Insight, que registra como o pacote Norton afeta o desempenho do sistema, foi melhorado na última versão. Agora, ele monitora as aplicações individualmente, conforme são utilizadas, e cria perfis de uso. Ele também alerta o usuário quando um programa está utilizando muitos recursos e está reduzindo o desempenho do sistema.

Há também outros recursos úteis, como o Norton bootable Recovery Tool, que limpa o PC de infecções perigosas sem ter que iniciar o sistema operacional. A novidade é um tutorial que ajuda na criação de uma mídia para inicializar o software, que também pode ser um pen drive.

Conclusão
A versão de testes está disponível no Norton Beta Center. Depois de baixar, o usuário tem sete dias para ativá-la gratuitamente utilizando um formulário de registro. No total, são 14 dias para testar, seguido por outro período de 14 dias. Para continuar testando depois disso, será necessário reinstalar o software. A empresa faz isso porque estima que uma nova versão de testes esteja disponível ao fim do período e quer ter certeza que apenas as versões mais recentes estão sendo testadas.

O Norton Internet Security 2011 oferece boas melhorias em relação às versões anteriores do pacote, especialmente a verificação no Facebook e a proteção contra scareware. Quando a versão final do programa estiver pronta, provavelmente em Setembro, qualquer usuário das versões anteriores poderá atualizar sem custo adicional, desde que tenha uma assinatura atual.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site