Imagem de fundo do header
Novo iPod touch tem ótimos recursos, mas a câmera deixa a desejar
Home  >  Review
REVIEW

Novo iPod touch tem ótimos recursos, mas a câmera deixa a desejar

A quarta geração tocador multimídia da Apple é um excelente upgrade, com vários recursos presentes no iPhone 4

Macworld / EUA

touch4g_150x100.jpg
Foto:

Para muitos, o iPod Touch é um iPhone sem os recursos de telefonia e GPS – sem chamadas por voz, sem mensagens de texto, sem EDGE (o “2G”) ou 3G. 

No caso do iPod touch da quarta geração – disponível nas versões 8GB (R$749), 32GB (R$999) e 64GB (R$1299) – os dois equipamentos estão mais próximos do que nunca.

Semelhanças e diferenças
Fino como o iPhone 4, o iPod touch 4G (quarta geração) consegue ser mais fino ainda – a espessura de dois iPods 4G juntos é comparável ao novo smartphone da Apple. Ele também é um pouco menor e mais leve do que o iPod de terceira geração. E suas bordas também estão mais anguladas; isso é nítido o suficiente para que os donos de iPhones e de iPods Touch mais antigos tenham que treinar um pouco para achar os botões de volume e de Sleep/Wake próximos à borda traseira do iPod, em vez de estarem ao lado e em cima, respectivamente.

Diferentemente dos modelos antigos, o iPod touch 4G não possui a proteção de plástico que ficava no canto esquerdo superior que cobria a antena Wi-Fi. Nesse canto agora fica o microfone integrado do iPod e a câmera de alta definição traseira (assim como o iPhone 4, o iPod touch 4G também possui uma câmera frontal de definição padrão). 

Graças ao microfone embutido, há uma maneira de controlar o iPod touch sem as mãos. Basta pressionar e segurar o botão Home até a tela de Voice Control  aparecer. Aí é dizer ao iPod o que ele deve tocar usando os mesmos comandos de voz do iPhone. Contudo, o Voice Control funciona somente para executar músicas; não é possível iniciar uma ligação via FaceTime, por exemplo (vamos falar mais dele depois).

Além disso, o iPod 4G possui um pequeno speaker, que fica do lado esquerdo do conector dock, na base do dispositivo. As segunda e terceira gerações do iPod touch também possuíam um pequeno alto-falante, mas o som era mais emitido geralmente de dentro do aparelho, em vez de o speaker em si. Seja a qualidade do componente interno ou do alto-falante externo, o speaker do iPod 4G é melhor do que a dos anteriores. Isso é muito bem-vindo já que os alto-falantes dos modelos anteriores eram muito pequenos e deixavam o som abafado; ele ainda não tem a qualidade do speaker do iPhone 4, mas já é um avanço em comparação às versões anteriores. 

A combinação de um microfone e um alto-falante significa que o iPod touch se tornou um dispositivo melhor para ligações por Skype/VoIP. No passado o usuário utilizava os aplicativos VoIP com o iPod touch (somente via Wi-Fi, claro), mas, pelo fato de os iPods não possuírem um microfone embutido, era preciso utilizar um headset, que incluía tanto fones quanto o microfone. Com o novo modelo, essas ligações podem ser feitas sem esse headset. Apesar de o microfone ficar na parte de trás do aparelho, é sensível o suficiente para captar a voz; e o speaker transmite um som com qualidade suficiente para manter a conversação. 

O botão Sleep/Wake mudou para a borda superior direita, e o volume é controlado por dois botões, mais discretos do que o design de interruptor. Apesar de a possibilidade de poder controlar o volume, a música e a navegação de vídeo com os headphones que incluem esses controles, o usuário não encontra esse acessório na caixa do iPod; a Apple inclui os fones básicos que não possuem nenhum tipo de botão.

Essa omissão é desapontadora, pois seria muito legal ter a opção de controlar remotamente o iPod enquanto ele está no bolso, por exemplo. Essa opção está disponível para aqueles que estão dispostos desembolsar 29 dólares pelo Apple Earphones with Remote and Mic

Assim como o iPhone 4, o iPod touch 4G, tem o display Retina, com resolução 960 x 640. O display tem um aspecto levemente mais amarelo em relação ao modelo antigo (essa característica é completamente imperceptível, a não ser que o usuário coloque os aparelhos lado a lado). Do mesmo jeito que acontece no iPhone 4, os pixels não são visíveis ao ler texto na tela do iPod Touch 4G – as imagens são extremamente limpas e a tela pode ficar muito brilhante.

Porém, o display do iPhone 4 oferece uma visão "fora de ângulo" melhor; ao inclinar o iPod aproximadamente 45 graus, fica muito mais difícil enxergar do que no visor do iPhone, no mesmo ângulo. 

Por dentro, o iPod touch 4G tem o processador A4, da Apple – o mesmo chip encontrado no iPhone 4 e no iPad. Comparadas as performances do novo iPod touch de 32GB com o mesmo modelo da geração anterior, a diferença é muito rasa.

O novo dispositivo fez o boot dois segundos mais rápido (26 segundos, contra 28 segundos da versão anterior), mas os aplicativos abriram na mesma velocidade nos dois aparelhos, e ambos tiveram desempenho parecido em várias aplicações. O novo iPod touch, porém, foi visivelmente mais rápido do que os aparelhos da primeira e segunda gerações. 

Assim como os modelos anteriores do iPod touch, não há hardware para GPS – ele usa dados de localização Wi-Fi somente para determinar as coordenadas do aparelho. E, como configuração padrão, essa localização é incorporada às fotos tiradas com a câmera do dispositivo.

No entanto, assim como no iPhone 4, ele também possui um giroscópio. Esse componente deixa mais rica a experiência nos jogos que possuem o recurso, que fazem com que o giroscópio capte movimentos. 

E graças ao iOS 4.1, o novo iPod touch proporciona suporte para AVRCP (Audio/Video Remote Control Profile), um perfil Bluetooth que permite ao usuário controlar funções de execução de áudio ou vídeo com acessórios A2DP tais como fones de ouvido e alto-falantes.

Em termos práticos, isso significa que o iPod touch e o iPhone 4 não só respondem aos comandos de play/pause e volume de dispositivos A2DP, mas também de próxima faixa e anterior. Em um teste realizado com um headset Plantronics P590 estéreo, o iPod touch respondeu a todos esses comandos. O iOS 4.1 também traz o suporte AVRCP para o iPhone 4. 

O iPod touch como câmera de vídeo
As câmeras do iPod touch não são idênticas àquelas encontradas no iPhone 4. Apesar de a câmera traseira filmar com a mesma resolução de 720p (1280x720), ao comparar os resultados da mesma cena gravada com cada dispositivo, as diferenças são visíveis.

Para começar, os vídeos do iPod touch parecem estar mais afastadoss se comparados com os resultados no iPhone 4, já que a filmagem foi feita com os aparelhos lado a lado.  Além disso, a câmera traseira do iPod toch tem maior possibilidade de produzir imagens lavadas em condições com muita luz do que a câmera do iPhone 4. Ainda assim, apesar de os resultados não serem tão  bons quanto os obtidos no iPhone 4 ou em uma filmadora HD de bolso, o iPod Touch filma com uma qualidade razoavelmente boa em ambientes bem iluminados. 

ipodtouch4g01.jpg

Gravações feitas com o iPhone 4 (esquerda) e com o novo iPod touch (direita): além da perspectiva afastada, imagem fica com aspecto lavado em locais com muita luz  

Em locais com pouca luz, a diferença entre as câmeras dos dois aparelhos é mais visível ainda. As imagens feitas no iPod touch saem granuladas e exibem menos detalhes. E, diferentemente, do iPhone 4, não há a opção para ligar o flash. Em vez disso, há na parte de trás do iPod touch um sensor de iluminação, desenvolvido para melhorar o desempenho da câmera traseira em ambientes com pouca luz. Mesmo com esse sensor, os resultados foram muito inferiores em relação aos do iPhone 4, mas talvez sem o sensor fossem piores ainda. 

O novo iPod touch 4G suporta a versão 1.1 do aplicativo iMovie (5 dólares), lançada recentemente. Da mesma maneira que acontece no iPhone, é possível criar vídeos no iPod Touch e incrementar com títulos, temas e trilhas sonora e, nessa versão, também é possível fazer upload desses vídeos em HD.

Antes da atualização do sistema operacional, o usuário podia criar e exportar  vídeos de 720p, porém ao fazer o upload a partir do aplicativo Photos, a resolução era diminuída. Com o iOS 4.1, isso não acontece mais; o usuário pode fazer o upload dos vídeos em HD para o Youtube e para uma galeria no Mobile Me e os vídeos permanecem com resolução 720p.

O iPod touch como câmera fotográfica
Como foi mencionado anteriormente, a câmera traseira do iPod Touch reproduz resultados que parecem que a imagem está mais afastada do que no iPhone 4. E o  oposto ocorre nas fotografias; nessas imagens, a câmera do iPod parece mais próxima, o que sugere um sensor menor. Inclusive, no iPhone 4, a resolução de captura de imagem é de 1936 x 2592 pixels, enquanto que no iPod touch a câmera traseira fotografa a 720 x 960 pixels. São 5 megapixels no iPhone 4, contra menos de 1 megapixel no iPod touch. 

 

ipodtouch4g02.jpg

Como câmera fotográfica, ocorre o inverso: a imagem no iPod touch (direita) fica mais aproximada do que no iPhone 4 (esquerda), além de perder definição

Dada a resolução menor e a falta de flash, não deveria ser surpreendente o fato de que a qualidade das fotos do iPod touch 4G não chegue perto das obtidas no iPhone 4. As imagens no iPod são menos detalhadas e a câmera tem maior chance de estourar ao caputurar cenas muito brilhantes – tons vibrantes de amarelo, rosa e vermelho, por exemplo. Em ambientes fechados com pouca luz, a câmera do iPod touch trabalha muito para conseguir a foto, mas esse processo pode produzir resultados granulados ou lavados. A não ser que o usuário fotografe nas condições ideais ou não tenha uma câmera melhor em mãos, essa não é uma câmera recomendável para fazer impressões. 

FaceTime e o iPod touch
Com as câmeras chega o FaceTime, e ele funciona tão bem quanto no iPhone 4. Assim como no smartphone, há a opção para alternar entre a câmera frontal e a traseira, e a voz é captada pelo microfone externo. Novamente, mesmo o microfone sendo na parte de trás do iPod – e, assim, de costas para o usuário, que geralmente fala na parte  da frente – o dispositivo é sensível o bastante para captar a voz.

E, como foi dito anteriormente, o alto-falante interno é alto o suficiente para que o usuário possa ouvir facilmente o interlocutor. Há ainda a opção de usar um headset – o microfone e os fones inclusos no headset do iPhone funcionam perfeitamente com o FaceTime. Em alguns testes, utilizando um headset Platronics Bluetooth, não foi possível fazer ligações com o FaceTime. 

A diferença entre o FaceTime no iPod touch e no iPhone é que no iPod não é preciso um número de telefone para fazer ou receber ligações via FaceTime. Em vez disso, o FaceTime pede somente um endereço de e-mail, que pode ser colocado ao executar o aplicativo pela primeira vez no iPod touch.

Após isso, a Apple envia uma mensagem de e-mail para o endereço que foi inserido e pede que o endereço seja verificado a partir de um link. Ele leva o usuário ao navegador e à página da Apple, na qual o usuário deve colocar seu Apple ID e a respectiva senha. Após clicar no botão para verificar o endereço, o iPod touch está liberado para receber ligações do FaceTime naquele endereço. É possível adicionar mais de um endereço de e-mail a partir das configurações do FaceTime. Após fazer isso, basta seguir novamente esse processo para cada endereço adicionado. 

Para fazer uma ligação, é só abrir um contato (que pode estar nos favoritos, recentes e nas janelas de contatos dentro do próprio aplicativo do Facetime  ou do app de Contatos). Na tela de contatos haverá um botão do FaceTime; basta tocar e a chamada é iniciada. Alternativamente, se o usuário sabe que a pessoa para quem vai ligar possui um iPhone 4, basta discar o número do telefone na tela de Contatos e o iPod Touch faz a chamada pelo FaceTime. Para tudo isso, basta uma conexão Wi-Fi; o FaceTime pode ser desativado facilmente a partir da tela de configurações do aplicativo, ao mudar o indicador entre ligado e desligado. 

Conclusão
O iPod touch é muito popular por uma boa razão: é um dispositivo extremamente versátil – é media player, plataforma para games, possui ferramentas de produtividade, se conecta com a Internet e, com esse último update, é uma câmera fotográfica e filmadora de bolso, gravador portátil e ainda faz chamadas de vídeo pelo FaceTime.

Enquanto as câmeras falham ao produzir resultados tão bons quanto no iPhone 4, o advento do FaceTime nos permite perdoar o fato de a qualidade de imagens e vídeos abaixo do esperado. 

Apesar das fraquezas das câmeras, o novo iPod Touch é um equipamento extremamente versátil (media player, game portátil,  ferramenta de produtividade, navegador para a Internet, gravador, fillmadora...), que pode valer o upgrade ou mesmo a primeira aquisição.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site