Imagem de fundo do header
Olympus Stylus 1050SW: movida a tapas até debaixo d’água
Home  >  Review
REVIEW

Olympus Stylus 1050SW: movida a tapas até debaixo d’água

Com 10 MP de resolução, resiste a quedas de até 1,5m, pode ser mergulhada até 3 metros de profundidade e ser operada até -10ºC.

Monica Campi, repórter da PC WORLD

olympus_1050sw_150.jpg
Foto:

Você é um tanto quanto desastrado? Já deixou a câmera digital cair algumas vezes? E gosta de tirar fotos na piscina ou mesmo na praia? Pois a Olympus 1050SW é feita para você. O novo equipamento, testado por PC WORLD, resiste a quedas de até 1,5 metro, pode ser mergulhada a uma profundidade de até 3 metros e também resistente a baixas temperaturas (até -10ºC).

Durante testes feitos pelos Ratos de Laboratório, a câmera resistiu a quedas e funcionou bem dentro do aquário, apesar de as imagens feitas não terem sido tão nítidas.

Para começar, ao contrário de outros equipamentos feitos para agüentar condições extremas, ela tem um visual elegante. A câmera possui tela de 2,7 polegadas, 10 megapixels de resolução e grava vídeos em VGA e QVGA. Apesar de robusta, ela não é pesada, com 152 gramas, e cabe facilmente no bolso.

olympus_1050sw_300.jpg
Dura na queda: resiste a quedas de 1,5m e opera até -10ºC

A câmera traz memória interna de 41,6MB, o suficiente para armazenar até oito imagens, na resolução máxima, e até 205 fotos, na mínima. Também inclui opção de imagem em formato widescreen 16:9 (1920 por 1080 pixels).

A única decepção no formato de imagens é a Panorâmica, que só pode ser utilizada se o usuário adotar o cartão de memória da própria Olympus. Para as outras funções, um cartão MicroSD já resolve.

Usando uma lente embutida da própria Olympus e com apenas o zoom óptico de 3x, as imagens não ficaram muito nítidas, quando utilizado o zoom, e até mesmo imagens com a resolução máxima ficaram um pouco granuladas ou com pouco brilho.

Apesar disso, a Stylus 1050SW conta com ajustes manuais de exposição e ISO (de 80 a 1.600) e com 23 modos pré-configurados, incluindo fotos aquáticas, macro e até neve.

Um dos destaques é o recurso de vídeo. Ele pode ser produzido em VGA (640 por 480 pixels) ou QVGA (320 por 240 pixels), em formato .avi. Nos testes, ela gerou filmes com boa qualidade e ótimo áudio.

Outra ferramenta bacana na Stylus 1050SW é a possibilidade de tirar fotos estáticas e aplicar o som ambiente ao fundo, ou montar uma apresentação de slides com suas fotos com a opção de dois tipos de sons pré-configurados.

A câmera também possui um controle com acelerômetro para algumas funções. Basta dar “tapinhas” nas laterais do equipamento, na parte de cima ou na tela para ajustar o flash, iluminação ou rever as fotos tiradas. É uma opção interessante, principalmente se você estiver dentro d’água ou em situações em que precisa ajustar rapidamente essas funções.

A câmera também possui um detector de sorrisos e chega a tirar automaticamente até três fotos nessa função.

De maneira geral, as fotos deixaram um pouco a desejar, com algumas imagens com granulação. Outra limitação é o fato de os manuais que acompanham o produto não estarem disponíveis em português (ao contrário do menu da câmera). E o valor do produto é salgado, quando comparado com equipamentos com resolução semelhante. Mas é o preço por ter uma câmera tão resistente.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site