Imagem de fundo do header
Pages’09 resolve diversos problemas das versões anteriores
Home  >  Review
REVIEW

Pages’09 resolve diversos problemas das versões anteriores

Editor de textos do pacote iWork'09 traz uma interface melhorada e novos recursos que corrigem falhas presentes nas versões anteriores.

Jeffery Battersby, Macworld/EUA

Foto:

O lançamento do Pages’09 marca a quarta versão do editor de textos no pacote iWork, com melhoria nos recursos de processamento de textos e edição do layout de páginas, além de uma interface muito bem desenhada. Entretanto, cada versão anterior do Pages teve recursos inexistentes ou mal implementados, que não faziam o programa oferecer o máximo que pode.

Entre os principais problemas resolvidos no Pages’09 estão a melhor integração com bases de dados para dados variáveis, atualização automática em gráficos feitos no Numbers e a possibilidade de inserir rodapés, referências bibliográficas e equações matemáticas.

Leia também:
>>>Review: Keynote'09
>>>Review: Numbers'09
>>>Galeria de imagens do iWork'09
>>>Primeiras impressões: iWork.com

Mala direta
Agora, o Pages permite usar uma planilha do Numbers como banco de dados para criar uma mala direta. O processo é bastante simples, basta preparar a planilha antes e verificar se ela está pronta. Para testar isso, usei o Numbers para abrir uma planilha de Excel com cerca de 1.000 registros: selecione a coluna que quer usar no cabeçalho (nome, endereço etc.).

Depois disso, uma pequena seta aparece próxima ao número da célula. Clicar nela abre um menu que permite selecionar a opção Convert to Header Row. Após fazer isso e salvar a planilha, seus dados poderão ser usados pelo Pages para a mala direta.

Gráficos
No Pages’08, não era possível atualizar um gráfico do Numbers inserido no documento quando os dados mudavam. Isso foi corrigido no Pages’09.

Para inserir o gráfico do Numbers em um documento do Pages, basta copiar e colar. Clicar no gráfico já no Pages revela um pequeno botão de sincronia – se os dados foram atualizados e salvos no Numbers, o gráfico novo aparece no Pages com a informação nova.

Você também pode modificar o modo que os gráficos aparecem no documento, dando a eles um visual 3D sem afetar o gráfico original.

Dados matemáticos e bibliográficos
O novo Pages se integra a dois aplicativos de terceiros para completar alguns recursos ausentes das versões anteriores. Instale o MathType e o EndNote X2 no Mac e três novos itens aparecem no menu Insert: um para adicionar uma citação do EndNote, outra para trabalhar com uma bibliografia do EndNote e uma terceira para inserir uma equação do MathType no documento. Outra item relacionado ao EndNote está no menu Edit, para modificar o formato da citação e gerenciar suas frases.

Um clique duplo em uma citação ou equação abre o programa associado para editar e salvar as modificações. Essas mudanças se refletirão no seu documento.

Infelizmente, o EndNote é caro (250 dólares para download), e o Microsoft Word faz alguns desses recursos bibliográficos. O MathType é mais barato (95 dólares), e é bem melhor que o editor de equações do Office 2008.

A tela cheia
Um dos meus recursos favoritos do Pages é o modo de tela cheia (Full Screen), que reduz toda sua área de trabalho a uma ou duas páginas de texto. Menus, miniaturas de páginas, barras de rolagem e até mesmo uma paleta do Inspector estão a um movimento do mouse de distância. É um jeito de se concentrar no que precisa escrever, sem distrações.

Além disso, o modo Full Screen oferece um modo de visualização de duas páginas que funciona bem para editar textos, mas melhor ainda quando você trabalha com layout de páginas. Mesmo em um MacBook, a área de trabalho é bem espaçosa. O recurso tem dois problemas menores: não permite mudar a cor do texto para verde em um fundo escuro (um retrocesso ao Apple II) e não existem indicadores visuais de que seu documento foi salvo ou não.

Outros recursos
Existem diversas pequenas atualizações no Pages que, quando combinadas, tornam o trabalho com o programa mais satisfatório. E todos indicam que a Apple leva a sério os pedidos de usuários. Eles são:

- Acabaram os arquivos em pacote. O documento Pages padrão é um arquivo único (como um .doc do Word).
- Salvar como... Word. Não precisa mais exportar o arquivo para salvar no formato Word.
- Contagem de palavras em tempo real. Não precisa mais deixar o Inspector aberto para ver quantas palavras você digitou.
- Rastrear mudanças funciona em objetos também: além do texto, o Pages agora consegue rastrear mudanças feitas em imagens, tabelas e outros objetos.
- Suporte a gestos multitoque nos novos MacBooks.

Recomendação de compra da Macworld
Com exceção de algumas pequenas falhas, o Pages’09 é uma excelente atualização para um produto que já era bom, porém limitado.

A introdução de novas capacidades de mala direta, melhor integração com tabelas e gráficos do Numbers, a possibilidade de editar equações e notas de rodapé usando aplicativos de terceiros e recursos como o modo Full Screen elevam o Pages de um aplicativo de butique para poucos a um aplicativo de edição de textos pronto para o mundo corporativo e, por que não, para todos.

O pacote iWork começa a ser vendido em fevereiro no mercado brasileiro.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site