Imagem de fundo do header
PdaNet transforma seu smartphone Android em um modem 3G
Home  >  Review
REVIEW

PdaNet transforma seu smartphone Android em um modem 3G

Aplicativo permite compartilhar a conexão de dados com seu notebook, para que você possa acessar a internet mesmo sem ter uma rede Wi-Fi por perto.

Brent Rose, da PC World EUA

Foto:

O PdaNet é o sonho de todo o viajante. A versão paga (US$ 19) deste aplicativo permite acesso completo à internet com seu notebook onde quer que você tenha cobertura da rede 3G de sua operadora de telefonia. Depois de instalado ele é fácil de usar, e funciona bem. A versão gratuita tem algumas limitações: você pode acessar a web, mas sites e aplicativos que exigem uma conexão segura (HTTPS) como e-mail, Twitter e mensagens instantâneas podem não funcionar. Já a versão completa (desbloqueada com um número de série obtido após a compra) não tem limitações, e é basicamente uma conexão de banda larga no seu bolso.

Na primeira vez em que você abre o aplicativo, ele lhe pede para instalar um software em seu notebook, algo simples de fazer mas que requer uma conexão à internet (seja via cabo ou Wi-Fi) para baixar o programa, portanto não deixe para fazer isso na última hora no aeroporto. Depois disso, basta plugar o smartphone ao computador via USB, clicar no botão “Connect” no aparelho, fazer o mesmo no computador e você estará online.

PdaNet Android - 360px

PdaNet transforma seu smartphone Android em um modem 3G (imagem:AndroLib)

A versão 2.2 do sistema operacional Android tem suporte a tethering, mas por enquanto usuários de Mac (como eu) não podem utilizar este recurso. Além disso, algumas operadoras cobram a mais pelo uso do tethering do Android, enquando o PdaNet faz o serviço de graça.

Em teoria o PdaNet também permite a conexão via Buetooth, mas em meu Motorola Droid (sem root) eu não conseguir utilizar este recurso. Fui informado de que ele funciona bem em outros aparelhos, embora a conexão seja mais rápida, e o consumo de bateria menor, via USB.

Recentemente fiz uma viagem de trem de 12 horas nos EUA, cenário perfeito para testar o PdaNet. Mesmo quando eu tinha cobertura fraca da rede 3G da operadora Verizon consegui uma conexão rápida o suficiente para assistir vídeo via streaming em meu laptop, algo impressionante. Em casa, consegui velocidades de download de 2.51 Mbit/s e 0.67 Mbit/s no upload, mais rápido que muitas conexões ADSL. As velocidades, claro, podem variar dependendo da cobertura 3G em sua região, da rede de sua operadora e de seu plano 3G.

Só tenha cuidado para não exagerar no tráfego de dados, já que sua operadora pode não gostar de ver você fazendo tethering de graça. Não é ilegal, mas ele podem querer cobrar mais pelo volume de dados. Mas se você usar o recurso para navegação ocasional na web e leitura de e-mail quando estiver fora do alcance de uma rede Wi-Fi, não deve ter problemas.

Para quem viaja muito, a versão paga do PdaNet com certeza será muito útil, e é mais barata do que pagar o acesso por hora em um hotspot qualquer.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site