Imagem de fundo do header
Photoshop Elements 9 reconhece faces e tem integração com Facebook
Home  >  Review
REVIEW

Photoshop Elements 9 reconhece faces e tem integração com Facebook

Programa, que ensina os principais truques e técnicas para aperfeiçoar as imagens, também se destaca pela ferramenta de gerenciamento Organizer

Macworld/EUA

elementslogo.jpg
Foto:

O lançamento multiplataforma do Photoshop Elements 9  traz várias novidades para os usuários de Mac – o Adobe Elements 9 Organizer está finalmente disponível no mesmo pacote do software de edição de fotos para usuários menos avançados. Recursos de gerenciamento de imagens e inserção de tags do Organizer, já muito conhecidos por aqueles que utilizam PC, chegam ao alcance dos usuários do desktop da Apple, que podem tirar proveito de ferramentas como People Recognition, Smart Tags e, recentemente, da integração com o Facebook.

Outras novidades incluem um botão para máscara para a camada e as opções Content-Aware Fill (Preenchimento considerando o conteúdo) e PhotoMerge Stytle Match (analisa a qualidade de estilo de uma foto e a aplica em outra imagem), além da combinação de tons.

Organizer
O grande destaque no Photoshop Elements 9 é a chegada do Adobe Elements Organizer – uma aplicação de gerenciamento de imagens independente. O feedback dos usuários fez com que a Adobe incluísse o Organizer, antes só disponível na versão do Windows, nesse lançamento para o Mac, no lugar do antigo Bridge. Dado que a aplicação inclui opções reduzidas e uma interface mais simples (não possui as ferramentas avançadas do Bridge), foi uma troca lógica, considerando que o Elements é feito para consumidores que editam fotografias por hobby ou produzem scrapbooks. E para quem preferir, o Bridge ainda funciona.

elements01.jpg

Organizer insere etiquetas nas fotos de acordo com suas características

O Organizer pode ser usado tanto em fotografias quanto em vídeos, e suas ferramentas são separadas em quatro áreas: Organize, Fix, Create e Share. Mas alguns recursos ainda são exclusivos para PC e não estão disponíveis para a versão do Organizer para Mac, incluindo a ferramenta para criação de slideshows e a habilidade de usar informações de geolocalização para mapas.

Importação
Criar álbuns de fotografias, adicionar tags e pesquisar as fotografias foi simplificado ao máximo no Organizer. O recurso pega as fotos diretamente da câmera ou do leitor de cartões, encontra imagens existentes no disco rígido e importa fotografias do iPhoto para o catálogo do Organizer (por conta da maneira que o iPhoto armazena as fotos, os arquivos são duplicados e uma cópia é movida para a biblioteca do Organizer). É possível configurar múltiplos catálogos na aplicação, caso o usuário queira manter a biblioteca de imagens separada.

Durante a importação, o usuário pode nomear as fotos, salvá-las em pastas, inserir informações de direitos autorais e criar novos álbuns, entre outra funções. A interface simples permite importar todos arquivos ou apenas alguns, assim como apagar as imagens do dispositivo de origem. A única ressalva aqui está na hora de importar vários arquivos RAW; o sistema fica muito lento por alguns minutos até o Organizer lidar com os vários tamanhos do preview da imagem.

Smart Tags
Inserir tags ficou muito mais fácil no Organizer do Elements. É possível criar palavras-chave próprias ou utilizar alguma categoria padrão, e simplesmente arrastar e soltar sobre a foto. Para deixar esse processo ainda mais simples, há o Smart Tags: após importar as fotografias a partir do Organizer, entra em cena o mecanismo Auto-Analyzer, que analisa a qualidade e o conteúdo da imagem. Por exemplo, ele pode etiquetar fotografias com qualidade alta, média ou baixa, além do Additional Smart Tags, que gera categorias baseadas nos elementos da foto, como contraste, luz e objetos do cenário.

Reconhecimento facial
O Organizer possui também um algoritmo capaz de detectar rostos. Basta clicar duas vezes em uma foto e, caso o programa detecte um rosto, uma caixa aparece, perguntando ao usuário qual a identidade da pessoa detectada. Quanto mais pessoas o usuário identifica, o aplicativo vai coletando essas informações e começa a sugerir nomes às pessoas nas fotos.

Quando o programa tiver coletado dados suficientes, ele irá etiquetar automaticamente e irá perguntar “Is this [nome da pessoa]?”. O usuário pode também fazer com que o Organizer busque nas fotos rostos que ainda não estão identificados, porque o reconhecimento facial utiliza a distância entre os olhos para distinguir os personagens da imagem, e isso pode ser um desafio para fotos com óculos escuros, por exemplo. Entretanto, o recurso faz um ótimo trabalho ao identificar a mesma pessoa em idades diferentes.

 

elements02.jpg

Após inserir informações sobre as pesssoas, alguns rostos passam a ser reconhecidos automaticamente,

 

Faça edições rápidas
Essa ferramenta pode fazer muito mais do que arrumar a bagunça das fotos. No modo Fix, há vários recursos de edição que podem ser aplicados para uma ou várias fotografias, incluindo correção de cor, corte, nitidez e remoção de olho vemelho. O Create, usado para criar álbuns de fotos e colagens, possui uma interface simplificada e alguns novos temas, templates e melhorias.

Compartilhe
No modo Share há opções para criar álbuns de foto online em sites como Photoshop.com, Flickr, SmugMug, Kodak EasyShare Gallery e Facebook. O Organizer se conecta à conta do usuário no Facebook e permite que as fotos sejam postadas em um novo álbum ou em outro já existente (é possível controlar a privacidade, mas, como a configuração padrão é Friend Only – só seus amigos podem ver, a princípio). O Organizer também cuida do processo de upload e de redimensionamento da imagem. Caso o usuário queira publicar as fotos no Photoshop.com, há uma ferramenta para sincronização e backup.

Se houver a necessidade de reinstalar o Elements, é possível recuperar todo o  catálogo de imagens com resolução completa (são  2GB na conta gratuita e até 20GB por 49 dólares ao ano na conta Plus). O usuário tem acesso a dicas, truques, tutoriais, conteúdos criativos e novos temas, entre outros. A ferramenta para sincronização também funciona com múltiplos computadores, o que significa que não é preciso se preocupar com qual máquina possui as fotos.

Editar no Elements ficou melhor
Nesta nova versão, a Adobe fez algumas mudanças visuais e adicionou ferramentas que foram muito bem-vindas. Muito foi feito para reorganizar o espaço de trabalho do Photoshop Elements, deixando-o mais fácil de interagir. A nova interface usa fontes maiores, menos cores e ícones com maior contraste.

Layer Mask
Na base do painel de Layer há o novo botão Layer Mask, que facilita na hora de esconder o conteúdo de uma camada. A habilidade de adicionar uma máscara na camada economiza muito tempo e é muito mais prática, porque no processo anterior envolvia uma determinada ordenação das camadas, além da necessidade de usar um Clipping Group. Essas máscaras são essenciais para combinar imagens, head-swapping (troca de cabeças em uma imagem) e fazer com que o texto apareça como se estivesse escondido atrás de um outro item, entre outros.

Content-Aware Fill
O Spot Healing Brush agora contém o Content-Aware Fill, para remover objetos indesejados ou conteúdos da imagens. Essa ferramenta, retirada do Photoshop CS5, analisa os pixels próximos e preenche a área selecionada com o conteúdo do fundo (esse recurso faz um excelente trabalho, desde que os objetos a serem retirados não estejam perto demais de algo que precise ser mantido na imagem).

PhotoMerge
Essa tecnologia também aparece na ferramenta PhotoMerge Panorama, que elimina a necessidade de cortes excessivos de panoramas montados, devido a deformação da foto (um efeito colateral ao alinhar fotos). Ao ligar a ferramenta, o Elements analisa quais são as informações que estão faltando e preenche para o usuário. Outra novidade é o PhotoMerge Style Mach, que permite retirar propriedades de estilo de uma imagem e aplicar em outra foto (características como textura, tom de cor e brilho).

Edição guiada
Se você for novo no mundo da edição de imagem, o Guided Edit do Photoshop Elements exibe as ferramentas específicas necessárias para executar determinados procedimentos e dá instruções de como usá-las. Uma novidade nessa versão são os cinco Fun Edits, incluindo o efeito Out of Bounds. Há também o Lomo Carema, que desfoca os cantos e aplica um tom de verde e amarelo para imitar o resultado das conhecidas câmeras de brinquedo. O Pop Art cria uma serigrafia no estilo das obras de Andy Warhol; já o Reflection adiciona um lago que não estava ali antes e, finalmente, o Perfect Portrait mostra os truques para "alisar" a pele, clarear olhos e dentes e corrigir outras imperfeições do rosto.

 

elements03.jpg

Os tutoriais do Guided Edits tornam mais fácil aplicar efeitos

Ao terminar o trabalho no Guided Edit e voltar para o modo Full Edit, o Elements duplica a camada original, adiciona uma de ajustes se necessário e completa com uma máscara editável, e tudo isso pode ser alterado. Essa edição não-destrutiva funciona muito bem, e é um ótimo jeito para aprender a criar efeitos similares sozinho.

Conclusão
Esse é um ótimo update e a nova estratégia multiplataforma da Adobe para o Photoshop Elements, Photoshop Organizer e Premiere Elements dá um novo ar ao pacote. O botão layer mask já vale a atualização para usuários frequentes do programa e o modo Guided Edit é ótimos para os novatos. O Photoshop Elements 9 funciona em Macs com chip Intel com OS 10.5.8 ou superior; no Brasil, o software só será vendido dentro do pacote PEPE (199 reais) que inclui também o  Premiere Elements  9, e que deve chegar ao País afinal de  novembro.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site