Imagem de fundo do header
Placa de vídeo da HIS tem alto desempenho, mas overclock não impresssiona
Home  >  Review
REVIEW

Placa de vídeo da HIS tem alto desempenho, mas overclock não impresssiona

O modelo HD 4870 iceQ 4 Turbo rodou jogos nas configurações máximas, mas esperávamos mais do “turbo”

René Ribeiro, analista de testes da PC WORLD

HIS_HD4870iceQ4Turbo_ilustra150.jpg
Foto:

Existem placas de vídeo no mercado que são apelidadas de “overclocadas”, que é um termo feio para identificar que a placa trabalha com a frequência de operação acima do normal. Lançada no começo do ano, a placa de vídeo HD 4870 iceQ 4 turbo, fabricada pela HIS, é direcionada para oferecer alta performance nos games e tem exatamente a  característica de overclock.

A iceQ 4 turbo utiliza a GPU RV770, da AMD/ATI. A GPU (unidade de processamento gráfico) funciona a 770 MHz e a memória trabalha a 1 GHz. A quantidade de memória instalada é de 1 GB, padrão DDR5.

> Confira teste entre duas placas gráficas de alto desempenho

Na parte física, a ventoinha da iceQ é pouco mais larga que o comum e, além disso, o dissipador de calor também é maior. Ela aceita Crossfire, técnica para conectar duas placas para aumentar desempenho. As saídas de vídeo são duas DVIs e o produto acompanha conectores para fazer a conversão para HDMI e VGA. Por fim, a energia. O mínimo para usar qualquer uma das placas é uma fonte de 500 watts.

A configuração do PC para executar foi a seguinte: processador AMD Phenom 8750, de 2,4 GHz, memória de 2GB DDR2, funcionando a 800 MHz e motherboard Gigabyte MA78GM. O disco é um Samsung padrão Sata II, de 500 GB. A resolução utilizada no monitor foi de 1680 por 1050 pontos. O sistema operacional foi o Vista Ultimate e o driver para a placa foi o Catalyst versão 9.3.

his_hd4870iceq4turbo_350.jpg

Rodamos três softwares de benchmarking, que foram o 3DMark06, 3DMark Vantage e CrystalMark. Respectivamente obtiveram os seguintes valores: 11.519, 7.708 e 137.955 pontos. Por ser uma placa com overclock, ela não surpreendeu, ficando apenas um pouco acima da HD 4870 do mesmo fabricante. Veja os resultados do teste dessa placa aqui. (Link para o review da 4870)

No teste prático, rodamos jogos exigentes e configuramos todas as opções gráficas no máximo. O jogo Crysis é o mais exigente e atingiu 24 fps (frames por segundo). Rodamos World in conflict, que tem outro tipo de interface visual e a taxa foi de 28 fps. No FarCry 2, que tem uma interface mais leve, a média foi 36 fps. Ainda rodamos mais um jogo, o Call of Duty 5 e o resultado foi 55 fps.

A performance atingida é ideal para quem quer se divertir com os últimos lançamentos de jogos. Apenas no jogo Crysis foi notado algumas paradas, quando a cena estava com cenários muito compelxos. Nos outros jogos testados, houve boa fluidez das cenas, sem irritantes movimentos espasmódicos dos personagens. Mas esperávamos um pouco mais, já que se trata de uma placa com overclock.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site