Imagem de fundo do header
Primeiras impressões: RockMelt traz redes sociais para o navegador
Home  >  Review
REVIEW

Primeiras impressões: RockMelt traz redes sociais para o navegador

Novo browser permite que usuário se inscreva usando conta do Facebook e traz recurso para tornar mais rápidas as buscas na Internet

PC World / EUA

Foto:

O RockMelt, mais novo navegador do mercado, estreou com uma versão beta limitada nesta semana e tem como objetivo te ajudar a ficar em dia com a atividade de seus amigos no Facebook e em seus sites favoritos, além de tornar mais rápidas as suas buscas na web. Endossado pelo criador do finado Netscape, Marc Andreesen, o Rockmelt foi anunciado pela primeira vez em agosto de 2009, pelo jornal New York Times. Na época, ele supostamente seria um browser desenvolvido para aproveitar novos aplicativos e serviços da Internet.

Cerca de um ano depois o RockMelt chega e parece não ser muito mais do que mais um navegador focado em redes sociais, como o Flock. Assim como este, o RockMelt incorpora atividades de redes sociais em suas barras laterais para que você possa se manter atualizado sobre o que seus amigos estão fazendo enquanto navega por outros “lugares” na Internet. Ao contrário do Flock, no entanto, o Rockmelt possui um único perfil vinculado à sua conta no Facebook, que você pode carregar em qualquer computador com o browser. Os dois browsers são baseados no Chromium, o projeto de código aberto do Google que é uma espécie de base de testes para o navegador Chrome.

Se você quiser experimentar o RockMelt, é possível se inscrever (com sua ID do Facebook) no site Rockmelt.com e tentar uma das limitadas vagas para participar dos testes da versão beta.

Tudo sobre o Facebook
Você pode usar o RockMelt para navegar na web como qualquer outro browser. Mas o seu poder real só se manifesta quando você faz o login no navegador com sua conta do Facebook. Isso permite que o navegador exiba uma lista dos seus contatos na rede social em uma elegante barra lateral do lado esquerdo da janela; feeds dos seus sites favoritos à direita; e armazene remotamente suas preferências e bookmarks.

Todas essas informações personalizadas são salvas nos servidores do Rockmelt, para que você possa acessá-las ao fazer o login no browser em qualquer computador. No entanto, o navegador não salva suas buscas na web ou histórico de navegação, segundo uma entrevista com seus co-criadores, Eric Vishria e Tim Howes, realizada pelo blogueiro Robert Scoble. A companhia também afirma que todas as informações pessoais dos usuários são armazenadas de forma criptografada em seus servidores para mantê-las privadas. Não está claro se o Rockmelt possui a habilidade de “decodificar” seus dados, mas a empresa afirma não estar interessada em usar estas informações para direcionar anúncios publicitários.

É importante notar que, além de um investidor no RockMelt, Andreessen também faz parte do conselho de diretores do Facebook.

rockmelt01.jpg

No Rockmelt, seus amigos do Facebook ficam à esquerda e os sites favoritos à direita

Amigos do Facebook à esquerda
Do lado esquerdo da janela do seu browser há uma fina barra lateral que lista as fotos dos perfis dos seus amigos “favoritos” do Facebook. Não fica claro como o RockMelt determina quais são os amigos “favoritos” na rede social ou como é possível alterar essa configuração.

Ao passar o mouse sobre cada foto na barra lateral, você vê um sumário de suas atividades mais recentes no Facebook, assim como se eles atualizaram seu status ou quantas fotos subiram recentemente. Clicar na foto do perfil abre uma pequena janela pop-up em que é possível ver as atividades recentes no alto, juntamente com uma área de bate-papo na parte inferior para troca de mensagens instantâneas. Já a foto do seu próprio perfil na rede fica na coluna superior esquerda e você pode clicar nela para atualizar seu status a partir dali.

Sites favoritos à direita
No outro lado da janela do seu browser há uma segunda barra lateral onde é possível exibir feeds de seus sites favoritos, incluindo veículos de comunicação como o New York Times e a CNN. Também é possível adicionar outros sites de redes sociais como o Twitter e o já citado Facebook, que aparentemente mostra atualizações do feed de notícias – no entanto, o RockMelt não explicou oficialmente quais as diferenças entre as atualizações do Facebook à direita e à esquerda da janela do navegador.

À medida que cada site é atualizado, um contador surge próximo ao ícone do site para te informar quantos novos artigos ou atualizações ainda não-lidos existem. Clicar em um site traz outra janela pop-up que mostra um sumário das coisas novas que você ainda não viu. Se quiser ler mais sobre cada artigo, basta clicar no link para que o conteúdo seja aberto na janela principal do navegador.

Se você colocar sua conta do Twitter na barra lateral direita, poderá clicar no ícone da rede social para enviar um update, resposta ou retuitar uma mensagem e acessar qualquer lista de Twitter em que estiver inscrito.

O RockMelt também possui um recurso na barra de ferramentas que te permite compartilhar links de maneira rápida com seus amigos no Facebook e no Twitter.

rockmelt02.jpg

Barra da direita exibe novidades do feed de notícias do Facebook, enquanto à esquerda ficam seus amigos "favoritos" da rede

Busca no Rockmelt
O navegador possui duas caixas de busca: uma Omnibox padrão (no estilo do Chrome) e um campo de busca próprio. Esse último é desenvolvido para te ajudar a conseguir resultados mais rápidos na web, e a companhia afirmou que queria tornar a busca “tão simples quanto folhear uma revista”.

Vamos dizer que você esteja procurando por informações sobre vacinas contra gripe, e os links do topo da página sejam do Centro de Controle de Doenças, Wikipedia e um item de notícias da CNN seguidos por outros quatro links de sites. O RockMelt mostra os resultados da mesma maneira que você os veria no Google em um menu drop down. Você veria então um preview de cada site na janela principal do navegador à medida que você desçe pelos resultados no menu drop down. Dessa maneira, você pode visualizar um preview dessas páginas até encontrar o que está buscando.

E se você quiser apenas resultados de busca típicos do Google, então também pode usar a Omnibox em vez da caixa dedicada de buscas do RockMelt.

Conclusão

O RockMelt parece ser uma proposta interessante ao integrar recursos sociais em seu navegador de web e o novo recurso de busca pode ser útil. Mas o Rockmelt possui um caminho difícil pela frente para conseguir ganhar espaço em um mercado de navegadores já lotado, que inclui Internet Explorer, Firefox, Chrome, Safari, Opera, Flock e muitos outros.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site