Imagem de fundo do header
Review: BlackBerry OS 6 traz boas novidades, mas não inova
Home  >  Review
REVIEW

Review: BlackBerry OS 6 traz boas novidades, mas não inova

Novo sistema da RIM traz busca universal e navegação por abas; limitação na caixa de entrada universal e agregador social confuso são pontos negativos.

PC World / EUA

Foto:

Apesar do BlackBerry OS 6 não ser uma mudança completa, ele adiciona algumas melhorias muito necessárias e refinamentos gerais ao sistema operacional móvel da RIM. Os usuários dos smartphones da companhia (os adorados BlackBerries) devem ficar satisfeitos com as atualizações. Mas o novo sistema é suficiente para ganhar novos consumidores e para competir com o exército sempre crescente de aparelhos Android? Veja abaixo o que há de novo, o que funciona – e o que não funciona.

Tela Inicial e Apps
O BlackBerry OS 6 pode ter uma interface de usuário mais moderna e arrumada, mas os donos de BlackBerry vão se sentir em casa. Os ícones e textos aparecem mais nítidos e suaves em relação às versões anteriores do sistema, mas o visual geral é definitivamente familiar.

bbos601.jpg

 Apesar das mudanças na tela inicial, o visual geral do OS 6 continua familiar aos usuários do sistema.

Em termos de aparência, a maior diferença entre as versões 5 e 6 do sistema operacional é a tela inicial. No OS 5, a tela inicial possui ícones de atalhopara os seus aplicativos frequentemente usados (mensagens de texto, e-mail, calendário, e por aí vai) na parte interior da tela, e as notificações de hora, data, sons, e e-mail no topo da tela. Pressionar a opção Menu te leva para uma visualização de todos os seus aplicativos. Já no OS 6, essas duas telas são combinadas.

De forma parecida aos sistemas pré-Android 2.0, o BlackBerry OS 6 possui uma “gaveta” vertical de aplicativos. Você pode deslizá-lo até o alto para visualizar todos os seus aplicativos, ou deslizá-lo para baixo para não visualizar nenhum deles. Também é possível ajustá-lo para visualizar uma ou duas fileiras de apps por vez.

bbos602.jpg

 No BlackBerry OS 6 é possível colocar filtros de categorias para visualizar os seus apps.

Você também pode deslizar esta "gaveta" horizontalmente e visualizar seus apps com filtros por categorias como Favoritos, Mídia, Downloads, e Frequentes. Para adicionar um app aos seus favoritos (Favorites) você simplesmente toca e segura o dedo sobre o ícone do software; um menu pop-up aparece com essa opção e muitas outras como “esconder”, “executar”, e “apagar”. Essas várias visualizações podem parecer um pouco “complexas” no papel, mas eu gostei de ter algumas escolhas em como definir minha tela inicial.

Busca universal
Finalmente a RIM trouxe a busca universal para o BlackBerry OS. E ela também é muito poderosa, uma vez que busca pelos seus contatos, aplicativos, músicas – praticamente em todos os lugares do seu telefone. Se você quer acelerar o processo, pode adaptar as configurações para que a busca seja feita apenas em áreas específicas do aparelho. Achei-a bastante rápida, entretanto, e confiei totalmente nela para encontrar o precisava em meus testes. Também gostei do fato dela te dar a opção de fazer bsucas no Google, YouTube, YellowPages (Páginas Amarelas dos EUA) e BlackBerry App World, se você não encontrar o que procura no próprio telefone. Muitas plataformas (Android, iOS, WebOS) oferecem busca universal, mas a versão da BlackBerry é a mais poderosa e abrangente de todas.

Navegador
Aleluia! O WebKit finalmente chegou ao BlackBerry OS. Até então, a maior cilada da plataforma BlackBerry era seu navegador web inferior. O novo browser não é perfeito (falaremos mais sobre isso depois), mas está muito à frente do anterior. O BlackBerry OS finalmente conseguiu alcançar os concorrentes: há o gesto de pinça para zoom, navegação por abas, e zoom com refluxo de texto (quando você dá zoom em uma coluna de texto, o navegador a redimensiona automaticamente para que nada dela seja cortado).

O recurso de zoom com o gesto de pinça não foi a experiência mais suave de todas, mas funcionou bem durante os testes. O auto-wrap também funcionou bem. Gostei de ter um cursor enquanto estivesse navegando para que pudesse facilmente copiar o texto e navegar como se estivesse em um navegador desktop.

A interface da navegação por abas é especialmente legal e fácil de navegar. Para abrir uma nova aba é preciso clicar em um ícone no canto superior direito da tela. Clicar nesse ícone também mostra em formato miniatura todas as suas páginas abertas no navegador. Basta um leve toque na tela para navegar entre elas.

bbos603.jpg

 A navegação por abas é uma das novidades do OS 6.

Infelizmente, o suporte completo ao Flash Player 10 ainda não está pronto, apesar de a RIM estar trabalhando com a Adobe para entregar a plataforma multimídia em atualizações e aparelhos futuros. Além disso, como o OS não possui suporte para HTML 5, você está praticamente preso ao YouTube para vídeos na web.

Eu posso viver sem o suporte a Flash por enquanto, mas não posso lidar com um navegador lento. Esse é provavelmente um problema mais de hardware do novo BlackBerry Torch 9800, mas achei o browser devagar para carregar, especialmente em sites com conteúdo de mídia pesado. Além disso, houveram alguns “crashes” no navegador, o que foi um pouco frustrante.

Mensagens de texto, e-mail e redes sociais
E-mail é onde a RIM realmente brilha, e o BlackBerry OS 6 adiciona alguns recursos que solidificam a companhia como a especialista em mensagens. Você pode obviamente sincronizar com o BlackBerry Enterprise Server da sua empresa e há suporte ao Exchange, Lotus Domino, ou Groupwise para recebimento em tempo real de e-mails. Com o BlackBerry Internet Service, você pode acessar até dez contas de e-mail pessoais/= ou corporativas, via POP3 ou IMAP4.

É aqui que as coisas ficam confusas: essencialmente quando você tem de lidar com caixas de entrada separadas para administrar suas mensagens. Há a caixa de entrada universal chamada Messages, que contém as mensagens SMS, mensagens de e-mail e do BlackBerry Messenger, mas há também as caixas dedicadas para outras contas (Gmail no meu caso). Nesta caixa de entrada dedicada, você tem opções de arquivamento, organização das mensagens em conversas, etiquetas e marcadores de favoritos – um arranjo que é o mais próximo possível do Gmail num PC Desktop. Na caixa de entrada universal, no entanto, você não possui acesso a nenhum desses recursos. Esse é um descuido bizarro por parte da RIM.

Os agregadores de mídia social são um item importante na competição entre smartphones, por isso não é surpresa o fato da RIM ter criado o seu próprio. Não sou um grande fã de agregadores sociais; acho-os um pouco bagunçados e prefiro ler meus feeds em locais separados. Não possuo um uso verdadeiro para eles e gostaria que as fabricantes de smartphones parassem de pensar que jogar todas as suas redes sociais em um só lugar aumenta sua produtividade. O aplicativo Social Feeds da RIM certamente não faz isso.

bbos604.jpg

 Junto e misturado: o Social Feeds combina suas redes sociais e outros aplicativos de mensagens instantâneas em um único lugar.

Como outros agregadores sociais, o Social Feeds combina seus apps de mensagens instantâneas (Gtalk, AIM, BlackBerry Messenger), Facebook, Twitter e feeds RSS em uma visualização unificada. Apesar de ser fácil adicionar contas (basta se registrar) e ter uma interface razoavelmente fácil de ser decifrada, ainda faltam muitos recursos no Social Feeds. Você pode postar atualizações de status e ver outras, e é basicamente isso. Se você quiser fazer alguma outra coisa, como comentar o status de outra pessoa no Facebook ou “tuitar”, é preciso mudar para um cliente específico para o Facebook ou Twitter.

Multimídia
Um smartphone BlackBerry pode ser um aparelho de entretenimento? A RIM certamente está tentando mudar a percepção do BlackBerry como um aparelho estritamente corporativo. Felizmente, as melhorias no OS 6  definitivamente ajudam. O tocador de música recebe uma mudança visual muito necessária, ganhando uma interface parecida com o CoverFlow (do iTunes da Apple) que exibe de forma bacana as capas dos álbuns da sua coleção musical. Você simplesmente passa o dedo sobre a arte do disco para navegar pela sua coleção.

bbos605.jpg

No OS 6, a RIM tenta tornar o BlackBerry mais multimídia.

Você também encontrará um novíssimo aplicativo do YouTube com uma interface razoavelmente direta, assim como um app chamado BlackBerry Podcast para gerenciar seus podcasts de áudio e vídeo diretamente no smartphone.

Conclusão
O BlackBerry OS 6 possui mais pontos positivos do que negativos, mas ainda carece do frescor necessário para ficar no mesmo nível de seus concorrentes. Os usuários de BlackBerry ficarão mais do que satisfeitos com as atualizações, mas temo que a RIM não conseguirá ganhar novos consumidores. Além disso, a experiência de usuário simplesmente não pode ser comparada ao que você pode encontrar em várias versões do Android (sistema operacional da Google), como nos aparelhos equipados com as interfaces HTC Sense ou Samsung TouchWiz. A RIM parece estar mais correndo atrás da concorrência do que inovando, o que é desapontador se considerarmos as contribuições que a companhia deu para o mundo dos smartphones.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site