Imagem de fundo do header
Review – iOS 4.1 conserta bugs e investe nos games
Home  >  Review
REVIEW

Review – iOS 4.1 conserta bugs e investe nos games

Nova versão do sistema acaba com o problema com sensor de proximidade no iPhone 4 e acelera desempenho no 3G; upgrade não é recomendado para quem tem jailbreak

Macworld/EUA

4.1-150x100.jpg
Foto:

Como aconteceu nos últimos anos, a Apple seguiu rapidamente um lançamento principal do iOS com uma atualização “.1”, que promete não apenas consertar bugs notáveis, mas também trazer novos e "extraordinários" recursos ao sistema operacional móvel da companhia. Entre outras coisas, foram incluída uma nova rede social, uma engenhosa funcionalidade de câmera e algumas adaptações menores que muitos não devem ter notado.

Como o seu antecessor, o sistema 4.1 é compatível com os iPhones 3GS e 4, assim como com os iPod Touch de segunda, terceira e quarta geração. Infelizmente, o iPhone 3G é a ovelha negra da família, uma vez que recebe apenas alguns recursos do novo software. E o iPad continua de fora até novembro, quando o iOS 4.2 finalmente trará esses novos recursos, juntamente com o restante das habilidades da quarta versão do sistema.

E é bom lembrar que, conforme já noticiamos, o iOS 4.1 desabilita o jailbreak do aparelho (desbloqueio do aparelho para o uso de softwares não autorizados pela Apple). Como avisado pelo Dev-Team, grupo de hackers especializado em criar ferramentas para “destravar” o aparelho, essa nova versão é praticamente uma armadilha para quem possui jailbreak no smartphone.

Hora de jogar - Game Center
É inquestionavelmente a maior nova adição do iOS 4.1: um novíssimo aplicativo embutido que capitaliza o sucesso dos games nos aparelhos móveis da Apple.

O Game Center é a resposta da Apple aos concorrentes Microsoft (Xbox Live) e Sony (PlayStation Network), um serviço social que ajuda a conectar os gamers com seus amigos, alcançar metas (achievements) e encontrar oponentes online.

Quando você carrega o aplicativo pela primeira vez, ele exigirá que você confirme alguns detalhes do perfil e escolha um nome de usuário. O serviço utiliza sua Apple ID para realizar o login, mas é possível adicionar vários endereços de e-mail para que seus amigos possam te encontrar facilmente (você terá de verificar cada endereço ao clicar em um link que a Apple te envia).

ios4101.png

 Com o Game Center, a Apple quer popularizar ainda mais seus aparelhos móveis como plataformas de jogos

Uma vez que sua conta estiver registrada, o programa te permite visualizar a lista de amigos e seus respectivos status, navegar por uma lista de jogos do Game Center e definir o seu próprios status. A Apple afirma que você poderá baixar os jogos suportados pelo Game Center diretamente no aplicativo, assim como sessões iniciais, mas não pudemos checar isso, pois antes do lançamento do serviço não estavam disponíveis jogos compatíveis.

O Game Center irá te alertar com um e-mail, um emblema em seu ícone, uma notificação pop-up e um som de trompete quando alguém te fizer uma solicitação de amizade. Caso você não queira tanta “festa”, é possível desativar esse aviso, nas configurações do programa.

Você poderá ganhar ‘achievements’ de jogos e visualizar rankings para ver como você está em comparação aos seus amigos e rivais. E também pode disputar partidas com estranhos, se nenhum de seus amigos estiver disponível.

Ainda é um pouco cedo para ver como o Game Center irá se sair, assim como é preciso esperar para ver como os desenvolvedores irão integrá-lo aos seus títulos. Mas se pensarmos que o iPhone, o iPad e especialmente o iPod Touch tornaram-se surpreendentemente consoles portáteis de games, faz sentido a Apple criar uma infraestrutura para encorajar o mercado.

Há uma advertência, no entanto: nem todos os aparelhos terão o Game Center. Apenas os iPhones 3GS e 4, e os iPods Touch de segunda, terceira e quarta geração são compatíveis no momento. Se pensarmos que nem o iPhone nem o iPod Touch originais suportam o iOS 4, é especialmente o iPhone 3G que foi deixado de fora.

Fotos HDR
Outra melhoria importante que o CEO da Apple, Steve Jobs, anunciou na última semana é o suporte para fotos HDR (high dynamic range). Esse novo recurso parece ser limitado ao iPhone 4, o que não é muito surpreendente, uma vez que a câmera do smartphone possui a maior capacidade entre todos os aparelhos móveis da companhia.

Quando você habilita o recurso e tira uma foto, a câmera na verdade tira três fotos: uma com exposição normal, uma subexposta, e outra superexposta. Ele então combina essas três imagens em uma única fotografia, o que pode normalmente render imagens surpreendentemente impressionantes – apesar de algumas vezes elas terem um ar artificial.

ios4102.png

 Recurso HDR traz mais opções na hora de tirar fotos

No 4.1, você habilita o recurso ao tocar no botão HDR, que fica entre o controle de flash e a chave de câmera frontal/traseira – ativar o HDR desliga automaticamente o flash. Você também poderá escolher se quer ou não manter a versão normal da foto além da HDR (também é possível ligar ou desligar essa opção nas configurações de fotos).

iTunes
O iOS 4.1 traz algumas atualizações ao aplicativo iTunes, apesar de que se você estiver rodando o iOS 4 atualmente já tem uma delas: a inclusão do Ping, serviço não disponível para contas brasileiras. A nova rede social focada em música da Apple chegou na semana passada como parte do iTunes 10, e a companhia atualizou silenciosamente as versões para iPhone e iPod Touch (o Ping ainda não está disponível para iPad, no entanto, o que só deve acontecer com a chegada do iOS 4.2 em novembro).

O Ping no iPhone possui a maioria dos recursos que podem ser encontrados na versão para Mac e PC. Você pode visualizar atividades recentes de seus amigos e artistas que você segue, ver sua lista de seguidores e pessoas que, e dar uma checada no seu perfil. Além disso, dá para escrever comentários e “gostar” das músicas de seus amigos.

A segunda melhoria no iTunes é a adição do aluguel de programas de TV, também não disponível para contas brasileiras. A Apple está oferecendo aluguéis de episódios de algumas fontes, incluindo os canais norte-americanos Fox e ABC, entre outros. No entanto, a companhia escondeu um pouco esse recurso, por isso pode não ser tão óbvio encontrá-lo em um primeiro olhar.

ios4104.png

 Ping para iPhone: a nova rede social de música da Apple em versão móvel

No iTunes, você precisa visitar a área de vídeos, que é acessível tanto pela barra de ferramentas na parte inferior ou ao se tocar no botão Mais (More). Então, toque no cabeçalho TV Show (programas de TV) no alto e escolha um que possa ser alugado. Vale lembrar que vários recursos relacionados à loja online de multimídia da Apple não estão disponíveis para contas brasileiras do serviço.

Ao realizar o scroll pela lista de episódios, será possível ver que os conhecidos botões de compra (Buy) sumiram – tocar em qualquer episódio irá tocar um preview; para realmente alugá-lo, é preciso dar um toque duplo para visualizar informações sobre o episódio. Uma escolha pobre de interface por parte da Apple.

Vale lembrar que os novos iPhone 4 e iPod Touch de quarta geração são os únicos aparelhos com iOS que suportam aluguéis em HD (alta definição).

Alta definição, por favor
A câmera do iPhone 4 é capaz de filmar em alta definição (em 720p), mas até a chegada do iOS 4.1 a única maneira de tirar esse vídeo do aparelho com qualidade total era transferi-lo via USB para o seu Mac ou PC ou confiar em aplicativos de terceiros.

ios4106.png

Publicação de arquivos em HD: upload de vídeos direto do iPhone para o YouTube

Agora os usuários poderão realizar upload de seus vídeos em HD, tanto para o YouTube quando para o serviço MobileMe, direto do aplicativo Photos do iPhone. Você também pode optar em realizar o upload na definição padrão do vídeo, se preferir – na verdade isso é exigido se você estiver usando uma conexão 3G, uma vez que uploads em HD exigem uma conexão Wi-Fi.

Acabando com bugs
O iOS 4.1 não é apenas sobre adicionar recursos, no entanto – também sobre acabar com alguns bugs incômodos. O principal deles é um problema apontado pelos usuários com o sensor de proximidade do iPhone 4. Ele é o pequeno pedaço de hardware que fica logo acima do receptor do telefone e detecta quando você está segurando o telefone próximo do rosto durante uma ligação. Assim ele desativa a tela sensível a toque para evitar digitação acidental.

No entanto, um bug na versão anterior do iOS significava que a tela touchscreen nem sempre realizava essa desativação corretamente, fazendo com que as pessoas acidentalmente desligassem ligações ou digitassem números com o rosto.

A Apple também afirma que o iOS 4.1 conserta outro problema controverso: o fraco desempenho do iOS 4 no iPhone 3G, que também não recebeu todos os recursos da versão 4 do sistema.

O iOS 4.1 parece melhorar o problema em quase todos os aspectos, mas ainda assim não compensa o fato de rodar em um hardware que é muito menos poderoso do que os aparelhos móveis atuais da Apple.

Outras melhorias
A Apple também incluiu algumas outras melhorias e mudanças no iOS 4.1 que aparentemente não mereceram tempo de exibição durante a apresentação de Jobs durante o evento musical na última semana. A maior parte são melhorias menores, mas muitas delas são bem-vindas.

Veja abaixo o que achamos até o momento:

Bluetooth: apesar de suportar áudio Bluetooth via A2DP desde o iOS 3.0, as funções de controle remoto wireless estavam limitadas a Play/Pause e ajustes de volume. Um dos editores da Macworld confirma que o iOS 4.1 finalmente traz o pacote completo do protocolo Bluetooth AVRCP, permitindo que você mude de faixa usando seu acessório de áudio Bluetooth.

Controle de conteúdo: além do conjunto usual de controles dos pais (“parental control”) em Ajustes, Geral, Restrições, a Apple adicionou alguns extras neste update. Os pais agora também podem desabilitar os recursos FaceTime e Multi Player Games do Game Center.

ios4107.png

Pode ou não pode? iOS 4.1 traz mais opções de controle para os pais

Verificação ortográfica opcional: para quem não se importar em ver suas frases sublinhadas por linhas vermelhas, agora é possível desativar a verificação ortográfica do iOS 4 indo em Ajustes, Geral, Teclado.

Internacional: o iOS 4.1 adiciona um novo layout de teclado de software – o Cherokee – mas também perde o formato calendário para a China, por alguma razão misteriosa.

Cores legais: o app Calendário abandonou as cores brilhantes para os diferentes calendários e eventos, substituindo-as por tintas mais claras.

ios4108.png

Mudança de cores no app Calendário

Sem conteúdo: se você não tem conteúdo iTunes U no aplicativo iPod, pode pular direto para a seção iTunes U da iTunes Store ao tocar em um pequeno ícone de flecha que será exibido.

Rostos conhecidos: agora você também pode adicionar os contatos do FaceTime aos Favoritos, no aplicativo Phone do iPhone. Toque na opção Adicionar aos Favoritos em qualquer registro de contato ou no botão Mais na tela dos Favoritos e escolha um contato habilitado para o FaceTime: se for um número telefônico (em vez de uma conta de e-mail), você poderá escolher se quer que seja um contato de Ligação de Voz ou FaceTime (vídeochamada).

De modo geral, o iOS 4.1 é uma atualização que vale a pena, trazendo novas habilidades e melhorias para recursos existente – e tudo isso de graça. Com os avanços de desempenho, até mesmo os usuários do iPhone 3G encontrarão algo para gostar na nova versão do sistema. Assim como na maioria das atualizações de iOS da Apple, praticamente não existem muitas razões para não se realizar o upgrade para essa versão mais recente, especialmente se o seu aparelho é um iPhone 4 ou 3GS.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site