Imagem de fundo do header
Review: Palm Pre chega para brigar de frente com o iPhone
Home  >  Review
REVIEW

Review: Palm Pre chega para brigar de frente com o iPhone

O esperado smartphone será lançado no sábado (6/6), tem tela touch e interface envolvente. Mas o hardware está longe da perfeição.

Ginny Mies and Melissa J. Perenson, da PC World/EUA

palm_pre_150.jpg
Foto:

O Palm Pre, smartphone que será lançado comercialmente nos Estados Unidos no próximo sábado (6/6), está fazendo barulho por alguns motivos. Primeiro porque é uma cartada da Plam que viu sua participação no segmento de smartphones ser devorada, pouco a pouco, pela concorrência.

O Pre também é esperado com um dos poucos produtos no mercado capazes de enfrentar, como gente grande, o iPhone da Apple - não só pelas melhorias na interface touch mas também pela introdução de um novo sistema operacional, o webOS. O sistema, como o Android (do Google), promete uma plataforma aberta que permitirá aos desenvolvedores criarem os mais diversos tipos de aplicativos para o smartphone.

Nos Estados Unidos, o Pre começa a ser vendido com exclusividade pela Sprint (199 dólares por um contrato de dois anos). A Palm no Brasil informa que não há data para a chegada do aparelho por aqui e que isso só deve acontecer em 2010.

palm_pre_fechado.jpg

Se o Pre não chega a ser um smartphone perfeito, ele também não desaponta. A interface do webOS é limpa, envolvente e intuitiva. Mas os principais problemas estão relacionados à parte física do telefone da Palm.

Hardware
Com acabamento em preto fosco, o Pre possui um slider curvo quase totalmente dominado pela tela touch de 3,1 polegadas (320 por 480 pixels). A tela desliza para cima e se curva ligeiramente em direção ao usuário numa proposta de evitar reflexos e tornar o smartphone mais confortável de ser usado quando usado tanto nas mãos quanto em contato com o rosto.

>> Galeria: Conheça mais detalhes do Palm Pre 
>> Conheça a batalha da nova geração de smartphones

Quando utilizado em ambientes muito iluminados, a curvatura da tela torna mais fácil ler o que está no LCD do que a média dos smartphones do mercado. Com 9,9 centímetros de altura por 5,8 cm de largura por 1,8 cm de espessura, o Pre é incrivelmente compacto, mais até que o iPhone 3G, e suficientemente pequeno para caber no bolso de uma calça jeans feminina, mas ainda assim capaz de acomodar um completo teclado QWERTY.

palm_pre_580.jpg

Infelizmente, a Palm sacrificou a usabilidade do teclado em nome da miniaturização do smartphone. É claro que a presença física de um teclado é algo louvável, mas seu design não é lá essas coisas. A forma de mover o slide para revelar o teclado e mesmo sua aparência lembram o que existe no Palm Centro.

A diferença reside no fato de as teclas, ligeiramente rebaixadas, se apresentarem em preto com as letras em branco ou laranja (para aquelas que dão acesso ao teclado numérico combinado). As laterais do teclado e a parte inferior são em formato de bisel (chanfrado) e isso pode interferir na digitação.

Além disso, as teclas da fileira superior do teclado estão próximas demais do final do slider e é necessário inclinar um pouco a ponta do dedo para pressioná-las. O teclado é macio, mas ao mesmo tempo fino demais a ponto de dar a sensação de que pode não ser resistente o suficiente a condições severas de uso.

As teclas, contudo, têm um tamanho que não atrapalham mesmo quem tem dedos um pouco maiores. Ainda assim, parecem meio emborrachadas (como no Centro) e carecem da qualidade da resposta tátil que encontramos nos dispositivos BlackBerry da RIM.

palme_pre_teclado.jpg

O Pre não possui teclado touch. Por isso, enquanto não houver um aplicativo terceirizado que ofereça tal facilidade, você terá de se contentar com o teclado físico que, felizmente, não apresenta latência entre o que é digitado e o texto exibido na tela, como o que se vê em alguns dispositivos por aí.

Mas a Palm oferece um teclado numérico touch para realizar chamadas. A qualidade de voz (nos testes realizados na rede 3G da Sprint) é muito boa – em apenas uma chamada para um número fixo percebemos eco durante a ligação. As pessoas do outro lado da linha reportaram que a voz soa clara mesmo quando a ligação foi realizada a partir de uma esquina movimentada e barulhenta.

A carga da bateria, infelizmente, não é boa e recebeu classificação Fraca em nossos testes, com 5 horas e 17 minutos em média para conversação. Com isso, o Pre fica atrás do iPhone, que conseguir uma média de 5 horas e 38 minutos de tempo de conversação antes de a bateria morrer.

O teclado não é o único item a prejudicar o lançamento da Palm: o Pre não oferece slot para cartão de memória. A unidade vem com 8 gigabytes (GB) de memória interna. E, diferentemente do iPhone 3G, a Palm não possui um modelo com 16GB de memória (pelo menos até agora).

A Palm havia dito que o Pre, ao ser conectado a um computador (via cabo USB) , seria reconhecido com uma unidade de armazenamento em massa. Infelizmente, e por limitações impostas pela operadora, tal funcionalidade não está disponível no smartphone que testamos.

O controle do Pre se dá a partir de um conjunto primário de gestos realizados na tela touch, em uma área específica, localizada na parte inferior do LCD.

O smartphone reconhece ações comuns como scroll, paginação, retroceder, pinçar e aplicar zoom. Esta área substitui os botões dedicados de navegação e controle de modelos prévios da Palm. Aliás, o Pre possui apenas um botão na face onde está a tela: um botão circular que funciona como uma espécie de home.

Na face superior do Pre, a Palm manteve um botão deslizante que serve para desligar o volume do aparelho e que também funciona como atalha para mo modo Avião (algo que viajantes irão apreciar). Na parte central desta superfície está localizada a entrada (padrão 3,5 milímetros) para fones de ouvido. O ajuste de volume fica na lateral direita e, no lado oposto, a entrada mini-USB.

Na parte de trás do Pre estão posicionados uma câmera de 3 megapixels (MP), um grande espelho (atrás do slide) e um alto-falante. E pela parte traseira também que se tem acesso à bateria removível do smartphone.

Sistema operacional
Com o Pre, a Palm finalmente apresenta o tão esperado (e atrasado) sistema operacional para telefones, o webOS. Em nossos testes, o sistema parece ser a mais adequada e bem desenhada plataforma para smartphones que existe atualmente, superior até à da Apple e à do Google (Android).

Mas o webOS também tem suas mazelas. Embora na maior parte do tempo o sistema operacional proporcione uma navegação rápida, notamos demora na carga de aplicativos algumas vezes. Além disso, a organização e localização de certas funcionalidades parece confusa.

A interface principal (home) exibe, na parte inferior, widgets customizáveis dos aplicativos que está sendo executados. Basta tocar em qualquer deles para a aplicação em questão ser exibida instantaneamente.

palm_pre_multtask.jpg

Infelizmente, esta área comporta somente cinco atalhos: o Launcher (para carregar outras aplicações), que não pode ser removido; e outros quatro, que o usuário pode selecionar.

Como no Android, o novo sistema operacional da Palm é capaz de lidar com múltiplas tarefas simultaneamente – algo que o iPhone OS 2.0 não consegue.

A visualização das tarefas em execução é mostrada com um leque (deck) de carta de baralho. Você só pode ver uma aplicação por vez, pode posicioná-las da forma que escolher e descartar aquelas que se deseja fechar. E tudo isso é feito por meio de gestos, da forma similar à manipulação de cartas físicas

As aplicações permanecem em execução mesmo quando estão minimizadas dentro do deck de visualização; desta maneira, mudanças nelas continuam a ocorrer em tempo real mesmo quando o usuário está mexendo em outro aplicativo. Tal arranjo é muito atraente e faz com que o uso de multitarefas no Pre seja muito intuitivo.

O mecanismo de notificações do webOS impressiona. Um pequeno alerta surge na parte inferior da tela quando existe uma chamada de voz, mensagem de texto ou e-mail, e como no Android, isso ocorre sem atrapalhar nem interromper o aplicativo que estiver aberto.

Essa funcionalidade é muito bacana, mas sua localização – abaixo da barra de inicialização rápida é ruim. Nos testes, mais de uma vez alguma aplicativo foi acionado quando se queria acessar a notificação e vice-versa. No Android, as notificações surgem no topo da tela. No Pre, elas também são exibidas na tela de stand by.

Fãs do Palm OS ficarão felizes em saber que o Pre manteve a funcionalidade de copiar e colar: basta pressionar e segurar o botão Shift no teclado e selecionar o que se deseja na tela. Depois, abre o menu no canto superior esquerdo da tela e selecione a opção desejada (copiar, cortar ou colar).

Sinergia com redes sociais
Um dos mais importantes componentes do webOS é sua habilidade de sincronizar e sintetizar informações de várias fontes em uma única interface. A Palm batizou este conceito de “Synergy” e o incorporou aos aplicativos contatos, e-mail e mensagens.

Por exemplo, o usuário pode sincronizar as informações do Pre com contas do Google, Facebook e Microsoft Exchange. Desta maneira, todos os contatos de todas as essas redes sociais também iram fazer parte do aplicativo de contatos do Pre.

Na teoria, a ideia de ter todos os seus contatos agrupados em uma única lista parece ser boa. Porém, na prática, acaba sendo muito excessivo. Isto porque muitos de nossos contatos no Facebook, por exemplo, não são de pessoas que nos comunicamos o tempo todo e não seria necessário tê-los em nossos contatos. E infelizmente não existe um meio termo: ou você seleciona todos os seus contatos ou nenhum, não sendo possível selecionar um ou outro.

Se você preferir usar um aplicativo web para armazenar seus contatos, calendário e tarefas, como iCal e Address Book (Mac) ou o Outlook ou Palm Desktop (PC), você pode baixar um aplicativo de terceiros que sincroniza o software do seu desktop para uma conta do Google.

Só então você sincroniza o Pre com esta conta do Google. Você também pode sincronizar seu Outlook diretamente com seu Pre por Wi-Fi usando o aplicativo PocketMirror (disponível no Catálogo de Aplicativos da Palm).

O aplicativo Calendar tem coordenação por cores e suporte para múltiplos calendários. A grande novidade é que você pode se inscrever para um calendário público e específico, como os do Google e do Facebook.

Se você usar o Pre para adicionar alguma coisa ao seu Google Calendar, por exemplo, esta informação será sincronizada com os detalhes no website do Google Calendar (embora leve algumas horas para aparecer online).

O aplicativo de e-mail Synergy facilita a busca por entre múltiplas contas de correio eletrônico. Selecione um contato e o webOS irá enviar uma mensagem de e-mail com os dados desse contato. Ainda, você pode escolher qual endereço de e-mail utilizar para enviar tal mensagem.

O aplicativo de mensagens agora combina SMS e mensagens instantâneas. As conversas podem mudar de um sistema para o outro e podem representar conversas em andamento com um contato, através de múltiplos sistemas (por exemplo, você pode iniciar uma conversa por texto e continuá-la via AOL Instant Messenger).

O browser HTML do Pre exibe as páginas muito bem. Você pode abrir quantas janelas quiser; na realidade, o usuário fica limitado pela memória disponível. Na versão para iPhone do Safari, só é possível ter oito páginas abertas simultaneamente.

O Pre oferece a opção de o usuário salvar as páginas para visualizá-las offline – uma facilidade muito boa e que o Palm OS sempre teve e que os concorrentes precisam melhorar.

Em adição ao software de mensagens, o Pre vem corregado com alguns outros aplicativos: YouTube; Google Maps; loja MP3 da Amazon; visualizador de arquivos PDF e de documentos; calculadora; lista de tarefas;e um bloco de notas. Você também pode acessar a Palm App Catalog para comprar mais opções.

Multimídia
Sincronizar seus arquivos de mídia com o Pre é bem simples. Você pode baixar suas músicas via iTunes ou manualmente, arrastando e soltando os arquivos no smartphone.

O media player é padrão: você pode visualizar sua biblioteca de músicas por artistas, álbum, canções, gênero, pela arte da capa e ainda criar playlists. E, claro, você também pode rodar o aplicativo de música ao fundo, enquanto faz outras coisas com o smartphone.

palm_pre_player.jpg

O Pre suporta arquivos MP3, AAC, AAC+, WAV e AMR. Ouvir música com o fone de ouvido teve um resultado satisfatório, sem ruídos. Usuários do Pre terão de acessar a loja Amazon Mobile Music Store, de forma similar ao que se tem nos celulares com o Android. A loja facilita o download de músicas DRM gratuitas diretamente para o celular.

A qualidade do vídeo também ficou boa quando exibido no belo display do Pre. O smartphone tem um player de vídeo dedicado que suporta arquivos MPEG-4, H.263 e H.264. O aplicativo do YouTube que acompanha o Pre entrega vídeos em alta qualidade no formato H.264, não importando o tipo de conexão usada (Wi-Fi ou EvDO).

A câmera é adequada, oferecendo 3 megapixels (MP) de resolução e um flash LED, mas sem zoom. Apesar das suas especificações comuns, a câmera do Pre tirou fotos satisfatórias. Em ambientes fechados a nitidez e as cores tiveram bom resultado. Já as fotos externas foram ainda melhores, com ótima saturação de cor e pouca distorção.

palm_pre_camera.jpg

Não há botão dedicado para fotografar e você precisa clicar em um botão na tela para efetuar tal ação. Como no iPhone, fotografar gera certa instabilidade e pode resultar em fotos com borrões. Só que no Pre você pode manter o slide aberto e obter mais estabilidade.

A partir da tela da câmera, você pode acessar o álbum de fotos. Infelizmente, a experiência pode não ser muito boa: navegar entre as imagens foi muito lento e algumas vezes a tela congelava entre as imagens, mostrando somente metade de uma e de outra.

O Pre também não possui gravação de vídeo – algo que a segunda geração do iPhone também não possui. Mas já que o sistema operacional é de código aberto, então um aplicativo para gravar vídeos pode estar a caminho. Apesar das falhas em hardware, o Palm Pre passou uma sólida impressão. Seu design e fácil operação tornam este dispositivo um excelente smartphone.

pcw_logo_twitter_40.jpg
> Siga PC WORLD no Twitter em http://twitter.com/pcworldbrasil

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site