Imagem de fundo do header
Samsung Galaxy Nexus: rápido e elegante
Home  >  Review
REVIEW

Samsung Galaxy Nexus: rápido e elegante

Combinando bom hardware e software de ponta, novo “Google Phone” é o melhor Android atualmente no mercado.

Ginny Mies, da PCWorld EUA

Foto:

Estávamos ansiosos por colocar nossas mãos no Galaxy Nexus deste que ele foi anunciado durante um evento em Hong Kong em Outubro, e depois do que pareceu uma eternidade ele finalmente chegou à nossa redação. E será que o primeiro smartphone com o Android 4 “Ice Cream Sandwich” é tudo aquilo que esperávamos?

galaxynexus_geral-360px.jpg
Samsung Galaxy Nexus: o primeiro com Android 4.0 "Ice Cream Sandwich"

No geral, é sim. O aparelho (que nos EUA custa US$ 300 com um contrato de dois anos com uma operadora) impressiona com excelente desempenho, design fino, ótimas velocidades de download na rede móvel e, claro, todos os recursos do Ice Cream Sandwich. Mas ele não é perfeito: a câmera não se destaca, e não há nenhuma possibilidade de expansão de memória. Mesmo assim, o Galaxy Nexus é o melhor smartphone Android atualmente disponível.

Nota da equipe PCWorld Brasil: este review foi feito pela equipe da PCWorld EUA com um Galaxy Nexus comercializado pela operadora Verizon. Faremos um outro review do modelo nacional e destacaremos as diferenças, se houver alguma, quando ele eventualmente for lançado por aqui.

Design

O Galaxy Nexus com certeza é bonitão. A tela brilhante, a moldura preta e tampa traseira texturizada são elementos de design já típicos da Samsung. Mas ao contrário dos outros smartphones da família Galaxy que já analisei, o Galaxy Nexus passa a sensação de um produto de alta qualidade.

O peso de 140 gramas está na medida certa. E como é possível notar nas fotos, ele tem uma curva sutil, que faz com que se encaixe bem na mão. Mas se você tem mãos pequenas como as minhas, vai achar o Galaxy Nexus um pouco grande demais. Ele mede 13,5 x 6,7 cm, com pouco mais de 9 mm de espessura.

galaxynexus_design-360px.jpg

Galaxy Nexus: design ligeiramente curvo é mais ergonômico

À primeira vista a frente pode parecer estranha: não há os tradicionais botões (Back, Home, Menu e Search) presentes em todo aparelho Android lançado até hoje. Eles foram substituídos por botões “virtuais” sensíveis ao contexto, que aparecem apenas quando necessário em uma barra no rodapé da tela.

Tela Super AMOLED (sem Plus)

O Galaxy Nexus tem uma tela Super AMOLED de alta-definição, que não deve ser confundida com a tecnologia Super AMOLED Plus usada no Galaxy S II. Com resolução de 1280 x 720 pixels, a tela tem um arranjo chamado “PenTile”, onde os pixels compartilham alguns subpixels, como no Motorola Atrix, Motorola RAZR ou Samsung Galaxy S. Em teoria isso resultaria em menor nitidez e fidelidade de cor reduzida em relação a aparelhos como o Galaxy S II.

Mas para ser honesta, a única diferença que notei entre o Galaxy Nexus, Galaxy S II e o iPhone 4S foi na precisão de cor. As cores no Galaxy Nexus me pareceram um pouco amareladas, especialmente no caso de sites com fundo branco. O contraste é ótimo, e as fontes e detalhes nas imagens me pareceram bem nítidos. A não ser que você seja extremamente exigente em quesitos como densidade de pixels ou tenha olhos incrivelmente bons, não irá notar problemas com a tela. Ela tem 4.65 polegadas, mas parte do espaço é ocupado por uma barra de atalhos que aparece no rodapé da tela inicial e em alguns outros locais. Ainda assim ela é ampla o suficiente para jogar, assistir vídeo ou qualquer outra tarefa que você imaginar em um smartphone.

O Ice Cream Sandwich é uma delícia!

Se você já usou um tablet com o Android 3.x “Honeycomb”, irá encontrar muita coisa familiar no Ice Cream Sandwich. A tela inicial, por exemplo, pode ser personalizada com widgets redimensionáveis, e o botão “Recent Apps” no rodapé da tela permite ver uma lista com todos os aplicativos abertos e alternar entre eles com facilidade. Mas alternar entre os aplicativos não é tão rápido quanto eu gostaria que fosse: encontrei um atraso considerável ao fazer isso.

galaxynexus_recentapps-360px.jpg
Lista de aplicativos recentes facilita a multitarefa

Você já deve ter ouvido sobre a capacidade de “desbloquear” a tela do smartphone usando seu rosto como senha. A câmera frontal bate uma foto sua e usa um sistema de reconhecimento facial para compará-la com o rosto de quem estiver segurando o smartphone na próxima vez que for necessário desbloquear a tela. É interessante, mas não é o jeito mais seguro de proteger seus dados. O próprio Google avisa que uma pessoa parecida com você pode conseguir desbloquear a tela, e há relatos de que até mesmo uma foto do usuário serve. Apesar disso, temos que reconhecer que o Face Unlock funciona, e é legal. Especialmente para mostrar para os amigos.

O teclado virtual no Ice Cream Sandwich tem botões mais largos e mais “quadrados”, o que torna mais fácil digitar (embora eu ainda tenha cometido alguns erros aqui e ali). Agora há uma opção de ditar um texto, embora em meus testes ela não tenha sido sempre precisa. Por exemplo, a frase “This is a test of the auto-dictate feature” foi reconhecida como “Types of the otter dictate feature”.

Os desenvolvedores irão adorar algumas opções sob medida, que permitem o acesso a ferramentas como um medidor de uso do processador, controles para medir o feedback da tela de toque e um limitador de processos em segundo plano. São recursos como estes que tornam o Android um sistema operacional realmente excepcional: há algo para todos os gostos.

Os aplicativos

O Gmail recebeu uma reforma, com um novo menu contextual chamado “Action Bar” no rodapé da tela. Ele muda de acordo com o que você está fazendo: se estiver lendo uma mensagem, mostrará opções para arquivá-la, apagá-la, rotulá-la ou marcá-la como lida. Quando você está em sua caixa de entrada, o menu mostra opções relacionadas à composição de novas mensagens. Também ficou muito mais fácil anexar imagens ou arquivos. Se você faz uso intenso do GMail, como eu, irá apreciar estas mudanças.

galaxynexus_gmail-360px.jpg
GMail: menu contextual no rodapé

O navegador do Ice Cram Sandwich é o mais próximo que você conseguirá chegar de um “navegador desktop” em um smartphone. É possível pedir ao navegador que exiba a versão “completa” dos sites por padrão em vez das versões mobile, geralmente inferiores. Você também pode sincronizar seus favoritos com a versão desktop do navegador Google Chrome. Também há suporte a navegação em abas (algo que existia em tablets Honeycomb, mas não em smartphones com Android 2.3 “Gingerbread”) e você pode ver rapidamente quais abas estão abertas, com uma amostra “ao vivo” de cada uma.

Minha vida praticamente depende do Google Calendar, então fiquei feliz em ver uma versão mais limpa e mais fácil de ler no Ice Cream Sandwich. Também gostei do fato de que é possível usar o “zoom de pinça” em um evento para ver mais informações sobre ele, algo que anteriormente exigia a abertura de uma nova tela. Com em todos os outros principais aplicativos, a Google deixou o Calendar mais eficiente e fácil de usar.

Infelizmente o Google Wallet, sistema de pagamentos da Google, não funciona em nossa versão do Galaxy Nexus, que é vendida pela operadora Verizon nos EUA. O hardware suporta a tecnologia NFC necessária para o sistema, mas sem o software correspondente ele é inútil.

Desempenho e autonomia de bateria

O Galaxy Nexus tem um processador dual-core Texas Instruments OMAP 4460 rodando a 1.2 GHz, com 1 GB de RAM e 16 ou 32 GB de memória interna (não expansível). Ele se saiu bem em nossos testes, que incluem o benchmark de javascript Sunspider e o GLBenchmark.

É interessante notar que o Nexus teve a mesma pontução geral que o Motorola RAZR, que também tem um processador dual-core da Texas Instruments a 1.2 GHz (OMAP 4430). O Galaxy S II teve pontuação um pouco superior ao Galaxy Nexus. Já no benchmark Vellamo, desenvolvido pela Qualcomm, o Galaxy Nexus chegou aos 803 pontos, contra 1040 no Motorola RAZR.

A qualidade de chamada na rede da operadora Verizon em San Francisco foi consistentemente boa, e notei ótima cobertura em qualquer lugar da cidade. As vozes das pessoas com quem conversei soaram naturais e com bastante volume. Um dos meus amigos reclamou que minha voz parecia “oca”, mas a maioria das pessoas disse estar satisfeira com a qualidade de áudio.

Ainda não finalizamos nossos testes formais de autonomia de bateria, mas o Galaxy Nexus sobreviveu um dia inteiro de uso intenso antes que eu precisasse recarregar sua bateria, o que é muito bom.

Camera

Durante o lançamento em Hong Kong a Google se gabou do fato da câmera do Galaxy Nexus tem “atraso zero” no obturador. Em meus testes confirmei que isso é verdade: as fotos são processadas instantâneamente, assim que você pressiona o botão do obturador. Outro recurso legal é a capacidade de acessara câmera a partir da lock screen, sem a necessidade de desbloquear o aparelho e passar por menus antes.

Infelizmente, a câmera simplesmente não é tão boa quanto o resto do aparelho. As fotos que fiz com a câmera de 5 MP do Galaxy Nexus pareceram “lavadas”, e os detalhes estavam um pouco borrados. Mas mesmo que suas fotos não sejam perfeitas, o Ice Cream Sandwich dá uma ajudinha com um conjunto de ferramentas de edição de imagens integradas à galeria. Há um conjunto de filtros (como no Instagram ou Hipstamatic) e ferramentas para rotacionar a imagem, remover olhos vermelhos, fazer recortes e mais. Todas as mudanças são feitas em uma cópia da imagem, então você pode experimentar à vontade sem medo de perder o origina.

galaxynexus_camera1-360px.jpg

galaxynexus_camera2-360px.jpg
Amostras da câmera: clique para ampliar

Já no modo filmadora é possível gravar vídeos em resolução Full HD (1080p). Em meus testes a qualidade foi boa, e notei que a câmera lida bem com objetos em movimento, sem artefatos ou pixelização. Veja os resultados no vídeo abaixo.

Nosso veredito

O Samsung Galaxy Nexus é um smartphone soberbo, e uma ótima forma de apresentar o Android “Ice Cream Sandwich” ao resto do mundo. O sistema claramente cresceu bastante nos últimos anos, e as mudanças feitas pelo Google nesta versão fazem uma grande diferença na eficiência e facilidade de uso. No momento, o Galaxy Nexus é o melhor smartphone Android que você pode comprar.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site