Imagem de fundo do header
Software gratuito permite instalar o Snow Leopard no PC
Home  >  Review
REVIEW

Software gratuito permite instalar o Snow Leopard no PC

Projeto OSx86, da Brazilian Hackintosh Team, faz com que computadores que não são da Apple utilizem o sistema operacional Mac OS X

William Marchiori, especial para a Macworld Brasil

win7-snow-150.jpg
Foto:

Com o recente lançamento do Rebel EFI, da Psystar, alguns podem até pensar que instalar o sistema operacional Mac OS X em PC é novidade, mas não é.

Desde 2005, inúmeros métodos foram criados para rodar o Mac OS X na arquitetura x86. Um dos mais conhecido é o Projeto OSx86,
que reúne grande parte do conhecimento adquirido sobre a emulação do
sistema e disponibilizada para desenvolvedores. Até hoje, nenhum deles
é perfeito, mas estão cada vez mais aprimorados - para tristeza da
Apple, que briga na Justiça nos Estados Unidos contra empresas que
vendem computadores com seu sistema operacional sem autorização. 

A exemplo do que fez com o produto da Psystar, Macworld Brasil testou o Projeto OSx86 Brasil, da equipe Brazilian Hackintosh Team (HMBT).
Ao contrário do Rebel EFI, que custa 50 dólares, o download é gratuito.
A equipe disponibiliza o conteúdo para um CD com um sistema que inicia
a instalação, que pode ser baixado gratuitamente no fórum oficial da
HMBT.

A instalação foi simples, mas a configuração requer
conhecimentos avançados e persistência para obter 100% de
funcionalidade. Dependendo da configuração do hardware, alguns
dispositivos podem não funcionar corretamente.

A equipe internacional do Projeto OSx86 disponibilizal uma lista de compatibilidade, que abrange a maioria dos componentes atuais.

Não deixe ver

Vídeo mostra como instalar o Snow Leopard no PC


A instalação

O
nosso teste foi feito em um computador com processador Core2Duo E8400
com 4 gigabytes (GB) de memória RAM, placa mãe Gygabyte GA-EP43-DS3L e
placa gráfica Geforce 9800GT. A máquina já tinha o Windows 7 instalado
previamente, que não foi afetado pela nova instalação.

Os
primeiros preparativos foram alguns ajustes na BIOS do computador para
que a o sistema funcione corretamente, o que varia de acordo com a
configuração. Além disso, gravamos o software da equipe em CD para
iniciar o computador a partir dele.

Depois de iniciar pelo CD
criado, o programa emula a interface Darwin, típica dos computadores da
Apple. A tela exibida, com o logo da equipe brasileira, mostra todas as
unidades de armazenamento do computador. As partições são identificadas
com logos, como Windows, DVD-ROM, etc.

tela02.jpg

Tela inicial do software da HMBT mostra as partições e drives disponíveis

O próximo passo é inserir o DVD de instalação do sistema Mac OS
X e pressionar F5 para atualizar a unidade de disco. Utilizamos a
versão mais recente, o Snow Leopard, mas as outras versões também são
compatíveis, segundo os desenvolvedores.

Após inserir o DVD, a
opção para instalar o Mac OS X aparece. Basta selecioná-la e pressionar
Enter para começar a instalação, como em um computador da Apple.

tela03.jpg

Após inserir o DVD do Snow Leopard, basta selecionar o drive para iniciar a instalação

A instalação iniciou normalmente, com todos os recursos
originais. Foi preciso usar o utilitário de disco para criar uma
partição compatível com o sistema e depois clicar em instalar, simples
assim. Depois de aproximadamente 30 minutos, o sistema já estava
instalado com sucesso.

tela01.jpg
A instalação do Mac OS X no PC é identica à do Mac

Configurando o hackintosh
Após a instalação, foi
necessário inserir o CD da HMBT novamente para iniciar o sistema. O
vídeo estava sendo exibido corretamente, com resolução máxima, mas os
recursos de áudio e rede não funcionavam.

Para a configuração de
hardware, a adaptação precisa de arquivos kext, que funcionam como
drivers. Eles podem ser instalados facilmente com uma ferramenta do
Projeto OS X86, mas encontrar o kext certo pode ser uma tarefa
complicada, de acordo com a configuração do sistema.

Esse passo
foi o que mais demorou: pesquisar na internet e testar os arquivos
kexts um a um. Depois de algumas reinicializações, todos os componentes
responderam corretamente. Ao final dessa configuração, o nosso
Hackintosh já tocava música e acessava a Internet sem problemas.

O
último passo foi alterar as configurações para que o sistema iniciasse
também o Windows 7 ou o Snow Leopard. Essa configuração foi feita
através do Windows, utilizando uma ferramenta chamada EasyBCD.

No
fim do teste, ambos os sistemas funcionaram perfeitamente, sem erros ou
travamentos. A inicialização do Snow Leopard levou cerca de um minuto
no PC.

Mais e mais métodos

Além do sistema
desenvolvido pela HMBT, há vários outros meios de instalar o
Hackintosh. Diversas equipes modificam o DVD de instalação original do
Mac OS X e criam uma versão que inicia e instala no PC automaticamente,
restando ao usuário apenas configurar.

Entre elas estão o iPC,
iDeneb, Kalyway e iATKOS. São, basicamente, versões modificadas do
sistema da Apple, otimizados e com opções de configurações para rodar
em PCs.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site